Exchange Descentralizada da Decred (DEX) está com novidades

Novidades de um grande projeto!

Siga no

O futuro das criptomoedas caminha para conhecer um dos projetos mais promissores do ponto de vista tecnológico. Isso porque, com a Exchange Descentralizada da Decred (DEX) caminhando, trocas entre diferentes criptomoedas poderão ser realizadas no ambiente.

Certamente, a Decred é uma criptomoeda conhecida pela sua governança descentralizada. Com a criação da Politeia, projetos que estavam nos sonhos dos desenvolvedores puderam ser debatidos pela comunidade envolvida. Entretanto, o projeto da Exchange Descentralizada (DEX) promovida pela Decred vai possibilitar o uso de atomic swap.

Com os atomic swap (trocas atômicas) neste ambiente, usuários poderão trocar moedas diferentes direto de suas carteiras.

Exchange Descentralizada da Decred (DEX) com novidades para comunidade

No dia 31 de julho a Decred soltou mais novidades sobre o ambicioso projeto. Isso porque, o desenvolvimento do market place da Decred ganhou mais um capítulo.

A Decred anunciou por seu GitHub os próximas fases do projeto desta criptomoeda. Certamente a comunidade pôde acompanhar que o caráter de descentralização é o foco deste projeto.

Com a criação da DEX, os usuários poderão trocar criptomoedas sem ter que depositar em uma corretora. Isso porque, como é uma operação descentralizada, os fundos são trocados entre carteiras de forma peer-to-peer (P2P).

Além disso, um usuário que possui Bitcoin em sua carteira poderá realizar trade por Decred, e vice-versa. Certamente o projeto irá permitir tais trocas, mesmo sendo uma exchange de carteira para carteira, graças ao atomic swap.

Cabe o destaque que a Decred hoje vale cerca de R$ 100 por unidade, ocupando a posição 35 do market cap. Com o anúncio, a altcoin se valorizou mais de 5% nas últimas 24 horas.

Críticas a exchanges centralizadas motivaram projeto

Apesar de muitos usuários ainda deixarem suas criptomoedas em exchanges, é de conhecimento geral que tais ambientes não são seguros. Isso porque, assim como bancos, corretoras são operações centralizadas e suscetíveis a falha e ataques hackers. Além disso, o volume de negociações dessas corretoras, na vasta maioria, são falsos.

De acordo com o anúncio da equipe de desenvolvedores, vários dos problemas conhecidos serão agora solucionados. Finalmente, como este é open source, a comunidade de desenvolvedores interessados no projeto poderá auditar e propor melhorias para o código.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Cachorro Shiba Inu, símbolo da Dogecoin, prestando atenção criptomoeda

Buscas por Dogecoin superam as por Bitcoin no Google pela primeira vez na história

Dogecoin é uma das criptomoedas que mais chamaram atenção nos últimos meses. Após ter sido promovida por Elon Musk e várias outras celebridades, a...
Criptomoeda Ethereum preço

Taxas do Ethereum ultrapassam R$ 1.550

Fazer uma transação na rede Ethereum agora custa mais de US $ 300, cerca de R$ 1.564 - o motivo é que a rede...
ICP Internet Computer

O que é a “Internet Computer”? Criptomoeda já nasce no top 5 do mercado

Uma nova criptomoeda surpreendeu o mercado nesta terça-feira (11), ao alcançar a oitava posição em valor de mercado. Criada há alguns anos, o projeto...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias