Falar que Bitcoin facilita crimes é tática desonesta de políticos

Disse cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto!

-

Siga no

Uma das falas preferidas de políticos que são contra o Bitcoin é associar esta a crimes. Entretanto, para o cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto, isso é apenas uma “tática desonesta destes políticos”.

O Bitcoin tem sido atacado constantemente, associado a lavagem de dinheiro, evasão de divisas e crimes virtuais de todos os tipos. Além disso, muito se fala sobre a falta de segurança das corretoras de criptomoedas pelo mundo. Entretanto, a realidade é que o Bitcoin, assim como criptomoedas alternativas, não tem uma participação tão relevante assim.

Bitcoin facilita crimes? Não é a realidade dos fatos

Em uma recente entrevista, o cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto pôde comentar o assunto. Certamente, o tema está em alta desde o ataque de Donald Trump ao Bitcoin nos últimos dias.

Para Pierre Rochard (vídeo abaixo), a fala de Trump contra o Bitcoin é a sua menos preferida do ano de 2019. Isso porque, para Rochard, a fala de Trump é histórica para o Bitcoin, visto que é o primeiro presidente dos EUA a mencionar a moeda digital.

Entretanto, para Rochard a fala de Trump que o Bitcoin não é um dinheiro legítimo é motivo de comemoração. Para o entusiasta do Bitcoin, essa fala poderia ser alvo de orgulho do criptomercado.

A parte ruim da fala de Trump, entretanto, seria ao bradar que o Bitcoin é utilizado para atividades criminais. Isso porque o Bitcoin é uma ameaça ao Dólar e não para as pessoas, de acordo com o analista. O Bitcoin desde sua criação tem como objetivo apenas ser um contraponto na visão de reserva do Dólar na opinião de Rochard.

A tática usada para manchar o Bitcoin é desonesta.

Dinheiro fiduciário é utilizado para crimes há anos, Bitcoin tem só dez de idade

Para Joe Kernen, o Bitcoin não deverá ser o equivalente ao sistema financeiro atual. Isso porque há condições de fazer com que a criptomoeda não possua a mesma corrupção presente no atual sistema financeiro.

o sistema existente nunca foi usado para atividades ilícitas (Ironia), mas vamos garantir que as criptomoedas não sejam usadas para atividades ilícitas como o sistema atual.

Kernen afirmou ainda que é possível evitar que o Bitcoin se torne o equivalente a “contas numeradas da Suíça”. Para o analista (vídeo abaixo), certamente moedas em espécie ainda é a melhor forma de lavagem de dinheiro.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://livecoins.com.br
Entusiasta e estudante de Bitcoin, graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Divulgação/Polícia Federal

Ligado ao caso Telexfree um Policial Federal foi preso

No mês de fevereiro, a Polícia Federal havia iniciado a Operação Ousadia, que buscava apurar um crime cometido dentro da instituição. Isso porque, um...
XTR Corporation atrasa pagamentos

Suposto áudio de presidente assusta investidores da XTR Corporation

A XTR Corporation é uma empresa que apresenta para seus investidores um negócio suspeito, envolvendo Bitcoin. Com início em janeiro de 2020, o negócio...

Justiça russa diz que ladrões não precisam devolver Bitcoins roubados

O roubo de Bitcoins é um problema com solução difícil, já que dificilmente descobre quem foram os criminosos. Mas e se os criminosos e...