Falar que Bitcoin facilita crimes é tática desonesta de políticos

Disse cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto!

Siga no

Uma das falas preferidas de políticos que são contra o Bitcoin é associar esta a crimes. Entretanto, para o cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto, isso é apenas uma “tática desonesta destes políticos”.

O Bitcoin tem sido atacado constantemente, associado a lavagem de dinheiro, evasão de divisas e crimes virtuais de todos os tipos. Além disso, muito se fala sobre a falta de segurança das corretoras de criptomoedas pelo mundo. Entretanto, a realidade é que o Bitcoin, assim como criptomoedas alternativas, não tem uma participação tão relevante assim.

Bitcoin facilita crimes? Não é a realidade dos fatos

Em uma recente entrevista, o cofundador do Instituto Satoshi Nakamoto pôde comentar o assunto. Certamente, o tema está em alta desde o ataque de Donald Trump ao Bitcoin nos últimos dias.

Para Pierre Rochard (vídeo abaixo), a fala de Trump contra o Bitcoin é a sua menos preferida do ano de 2019. Isso porque, para Rochard, a fala de Trump é histórica para o Bitcoin, visto que é o primeiro presidente dos EUA a mencionar a moeda digital.

Entretanto, para Rochard a fala de Trump que o Bitcoin não é um dinheiro legítimo é motivo de comemoração. Para o entusiasta do Bitcoin, essa fala poderia ser alvo de orgulho do criptomercado.

A parte ruim da fala de Trump, entretanto, seria ao bradar que o Bitcoin é utilizado para atividades criminais. Isso porque o Bitcoin é uma ameaça ao Dólar e não para as pessoas, de acordo com o analista. O Bitcoin desde sua criação tem como objetivo apenas ser um contraponto na visão de reserva do Dólar na opinião de Rochard.

A tática usada para manchar o Bitcoin é desonesta.

Dinheiro fiduciário é utilizado para crimes há anos, Bitcoin tem só dez de idade

Para Joe Kernen, o Bitcoin não deverá ser o equivalente ao sistema financeiro atual. Isso porque há condições de fazer com que a criptomoeda não possua a mesma corrupção presente no atual sistema financeiro.

o sistema existente nunca foi usado para atividades ilícitas (Ironia), mas vamos garantir que as criptomoedas não sejam usadas para atividades ilícitas como o sistema atual.

Kernen afirmou ainda que é possível evitar que o Bitcoin se torne o equivalente a “contas numeradas da Suíça”. Para o analista (vídeo abaixo), certamente moedas em espécie ainda é a melhor forma de lavagem de dinheiro.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...