Conheça FatMan, o homem que desmascarou a LUNA

Após perder boa parte de suas economias com o colapso do ecossistema da Terra (LUNA), incluindo a stablecoin TerraUSD (UST), um investidor se tornou um símbolo de busca à justiça. Seu nome, FatManTerra, tornou-se tão popular na indústria das criptomoedas quanto os super-heróis de quadrinhos.

Em conversa com a Fortune, publicada nesta sexta-feira (7), FatMan revelou mais detalhes sobre sua história, apontando que sua fama repentina também veio acompanhada de paranoias. Afinal, seus comentários sobre a LUNA estavam incomodando pessoas grandes.

Como destaque, FatMan conta que tudo começou quando realizou uma proposta sobre a crise da stablecoin UST, realizada no próprio fórum da Terra. Após isso migrou para o Twitter, onde já conta com mais de 100.000 seguidores, todos interessados em vazamentos de informações confidenciais.

O motivo é simples. FatMan tornou-se o centro de denúncias sobre irregularidades da LUNA e da UST, criptomoedas que valiam 166 bilhões e 76 bilhões de reais, respectivamente.

“Minha teoria é que elas sabem que sou apenas um cara que não é apoiado por nenhuma força, nem estou associado a nenhum site de notícias”, disse FatManTerra à Fortune sobre ser contactado por denunciantes. “Não tenho nenhum editor para conversar, não sou financiado por alguma corretora, sou literalmente apenas um cara em seu quarto.”

FatMan começou com a Terra, mas não parou nela

Segundo FatMan, a escolha de seu apelido foi feita por conta de sua condição física, “peso 150 quilos”. Quanto a sua identidade, ele apenas revelou que possui entre 20 e 35 anos, mora no Reino Unido e trabalha como gerente de projeto na indústria de criptomoedas.

“Era para ser uma conta descartável, então fiz com que tivesse um nome bobo que meus amigos pudessem rir. ‘FatMan’ porque sou um homem gordo, certo? Algumas pessoas acham surpreendente que eu tenha 150 quilos.”

De qualquer forma, suas denúncias rapidamente chamaram a atenção da comunidade. Como destaque, até mesmo Changpeng Zhao, fundador da Binance, contou que estava analisando as denuncias feitas por FatMan. “Bastante interessante. Não tenho certeza de quanto disso é verdadeiro ou falso”, comentou CZ na época.

Dentre as acusações, FatMan colocava grandes corretoras como envolvidas no caso da LUNA, bem como acusações de fraudes internas. Afinal, a Terra Luna Foundation tinha bilhões em mãos.

Sobre a verificação dos fatos, comentou que precisou começar a filtrar denuncias à medida que a procura por seu “serviço” crescia.

“Nos primeiros dias, apenas trabalhei com isso. Se um cara me enviasse uma mensagem, eu verificaria o LinkedIn para ter certeza de que ele era legítimo. As histórias eram muito detalhadas, precisas e correspondiam ao que eu já sabia”, contou FatManTerra à Fortune. “Mas com o passar do tempo, tive que criar um processo de verificação. Agora preciso ver que você é um funcionário verificado e investigado. E, se você me disser algo louco, eu pessoalmente tenho que acreditar que é verdade e ter referências cruzadas por duas ou três fontes diferentes.”

Nas últimas acusações, FatMan foi bem além da LUNA. Como exemplo, afirmou que Roger Ver estava por trás da insolvência da corretora Flexcoin.

Missão final de FatMan é colocar fundador da LUNA atrás das grades

FatMan também contou à Fortune que começou a se sentir paranóico conforme sua popularidade crescia. Afinal, temia que pudesse se tornar um alvo dos gigantes que estava denunciando. Como destaque, conta que sua missão final é colocar Do Kwon, fundador da Terra (LUNA), na prisão.

“Uma vez que Do Kwon for levado à justiça e houver algum tipo de resolução satisfatória para tudo isso, definitivamente vou postar muito menos e focar em coisas da vida real.”

No momento, tudo parece estar se encaminhando para isso. Nesta semana, as autoridades prenderam o chefe de assuntos gerais da Terra. Quando a Do Kwon, o mesmo já está sendo procurado pela Interpol, parecendo apenas questão de tempo até que o fundador da Terra esteja depondo sobre suas criações que deixaram muitos investidores no prejuízo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias