Filho de John Lennon critica políticos anti-Bitcoin: “palhaços burros”

Lennon, que tem se interessado cada vez mais por criptomoedas, ressaltou as vantagens do Bitcoin sobre as moedas tradicionais e outros ativos financeiros.

Sean Ono Lennon, filho mais novo do lendário músico John Lennon, manifestou-se contra a recente proposta de lei anticripto sugerida pela senadora Elizabeth Warren. Conhecida como “Digital Asset Anti-Money Laundering Act”, o projeto de lei americano tem gerado debates acalorados nas redes sociais.

Comentando um vídeo postado por Dennis Porter, cofundador e CEO do Satoshi Action Fund, Lennon expressou seu descontentamento com a abordagem dos legisladores.

O vídeo em questão mostra o coautor da proposta, Senador Roger Marshall, admitindo que ele e Warren buscaram ajuda da American Bank Association para elaborar o ato legislativo contra as criptomoedas e reconhecendo sua falta de conhecimento sobre o assunto.

Lennon criticou a inteligência dos legisladores, insinuando que alguns podem ter um QI abaixo de 90, e destacou que as criptomoedas são vistas como inimigas dos bancos tradicionais, principalmente devido a taxas de transação mais baixas, maior velocidade de transações e controle dos fundos pelos próprios usuários.

“Como esses palhaços de 90 de QI conseguem escrever projetos de lei assim, wtf?” — Disse Lennon.

Filho de John Lennon investe em criptomoedas

Lennon, que tem se interessado cada vez mais por criptomoedas, ressaltou as vantagens do Bitcoin sobre as moedas tradicionais e outros ativos financeiros. Ele se envolveu no projeto Friend Tech e tem sido um defensor do Bitcoin desde 2020.

O cantor afirmou que o Bitcoin ajuda as pessoas de uma forma que elas nunca viram antes. Em uma conversa com Max Keizer, Lennon disse que a moeda digital é um “sopro de otimismo em um ano destrutivo”.

Em contraste, o diretor de tecnologia da Ripple Labs, David Schwartz, expressou um apoio parcial à proposta de Warren. Em um tweet recente, Schwartz sugeriu que Warren pode ter um ponto válido com seu ato de combate à lavagem de dinheiro, parte da regulamentação de criptomoedas nos EUA.

Warren acredita que, sem supervisão adequada, as criptomoedas podem ameaçar a economia americana. Ela reconhece o potencial das criptomoedas para inclusão financeira dos desbancarizados, mas vê o Bitcoin e outras criptomoedas como meios para lavagem de dinheiro, evasão fiscal e outras atividades criminosas.

Suas declarações, incluindo uma alegação de que a Coreia do Norte usa criptomoedas para financiar metade de seu programa nuclear, geraram reações sarcásticas na comunidade.

A proposta de Warren e as opiniões divididas no setor de criptomoedas destacam o debate em curso sobre a regulamentação e o impacto futuro das criptomoedas na economia global.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Últimas notícias