GenBit quer “pagar” investidores com remédios, sushis e sapatos

-

Pixabay

A matéria foi atualizada nesta sexta-feira (21) com a resposta da GenBit. Veja a íntegra da nota no final da reportagem. 

Na última semana, o presidente da GenBit, Nivaldo Gonzaga, anunciou em uma live no Instagram o lançamento e a instalação das POS Treeppay.

As POS são pequenas maquininhas de cartão que aceitam o Treep Token (TPK), ativo digital criado pela Gensa Serviços Digitais (Grupo Tree Part), holding que controla a exchange.

Segundo lista enviada pela GenBit à reportagem do Livecoins, pelos menos 24 pontos comerciais em São Paulo e no Paraná já receberam o aparelho e aceitam a “criptomoeda” do grupo, que recentemente teve R$ 800 milhões bloqueados pela Justiça.

Cinco dos estabelecimentos estão em Jundiai (SP), nove em São José do Rio Preto (SP), três em Catanduva (SP), dois em Pindorama (SP), um na capital paulista e três em Curitiba (PR).

Clientes podem comprar de tudo um pouco

Entre os pontos comerciais parceiros da empresa há espaços que vendem açaí com granola e banana, cabeleireiros, farmácias, supermercados, lojas de sapatos e até restaurantes japoneses.

Ou seja: aqueles clientes aqueles que investiram na antiga Zero10 Club com a promessa de receber até 15% de lucro ao mês em cima do capital aportado (em reais) – ganharam como “compensação” até 30% de desconto em produtos.

A reportagem apurou que na loja Family Calçados, no centro da capital paranaense, é possível comprar uma sandália da marca Modare, que custa R$ 82,90 à vista, por R$ 62,30 (20% de desconto).

Reprodução/Facebook

Já no na Drogaria João Paulo, em São José do Rio Preto, os clientes que pagam com TPK têm 30% de desconto nos genéricos e 10% na perfumaria.

Clientes não curtiram

Os clientes da empresa não estão gostando nada na história. “Na minha cidade (Campinas) não tem nenhum ponto credenciado. No momento, ter o cartão Treeppay e nada é a mesma coisa”, disse um deles ao Livecoins.

Outros investidores, em grupos de conversa, dizem que esses estabelecimentos parceiros pertencem a líderes ou parceiros da GenBit, e eles estariam aumentando os preços antes de oferecer um suposto desconto. A reportagem não conseguiu confirmar essa informação.

Alguns clientes ouvidos em outras ocasiões também criticaram o TPK. “Eu investi na empresa para receber lucros em reais e agora querem me pagar com moedas que me dão somente a possibilidade de comprar produtos? Assim não dá”.

O único que pelo jeito está gostando da novidade, segundo um release enviado pela GenBit à imprensa, é Elifelete Marcondes.

No texto, no entanto, a empresa identificou Marcondes como cliente do grupo, mas na verdade ele é líder e ex-ancião da Congregação Cristã no Brasil, como revelou o Livecoins.

De acordo com o release, Marcondes participou em janeiro de um evento da empresa, ocasião em que a POS Treeppay teria sido apresentada a mais de 100 clientes.

Lá, o líder disse que sempre acreditou na GenBit e achou a novidade (a maquininha de cartão) um marco. “Estamos começando a fazer algo que não está sendo feito no mundo”, falou.

Nota de resposta da GenBit

Em resposta a publicação do Livecoins veiculada nesta quinta-feira, 20/02, o Grupo Tree Part esclarece:

A afirmação de que a Genbit “quer pagar investidores com remédios, sushis e sapatos” é falsa e tendenciosa. A intenção da empresa é promover mais usabilidade para os TreepTokens, valorizando o ativo no mercado.

A própria comunidade já aderiu, efetuando inúmeras transações comerciais Peer to Peer, compra e venda de bens de consumo, entre outras, como pode ser facilmente verificado nas mídias sociais.

Além disso, desde que começaram as ativações, os POS’s Treeppay foram instalados em quase 50 comércios no estado de São Paulo e do Paraná, e mais de 300 estabelecimentos estão em processo de análise. Assim, os clientes já podem utilizar os seus ativos como moeda no dia a dia.

A usabilidade do ativo digital, TreepToken, faz parte do projeto empresarial iniciado em 2018. A implantação das maquininhas em estabelecimentos do mercado, consiste na realização da 3º fase do projeto, em que empresa consolida a nova economia digital.

Esclarece também que a informação de que os estabelecimentos estão aumentando o preço dos produtos é infundada. Além disso, a empresa não tem nada a ver com a precificação de produtos dentro dos comércios que instalaram os POS’s.

Sobre Elifelete Marcondes, afirmamos que ele é cliente da empresa e destacamos que no release enviado no dia 13/01/2020, havia outros entrevistados. Acreditamos que o jornal optou por falar apenas dele, devido as notícias caluniosas que estão surgindo em seu nome.

Por fim, conforme já esclarecido, a Genbit é uma exchange que promove intermediação de criptoativos, nos mesmos moldes de operação de qualquer outra do mercado, e opera dentro da legalidade e legitimidade dos parâmetros de mercado existentes, inclusive da IN 1.888/19. Em relação a plataforma Zero10, serviço opcional disponibilizado, essa operação foi encerrada em julho/19 em respeito a orientação da CVM.

Ademais, a conquista da usabilidade de ativos digitais como forma de pagamento sempre foi o desejo do mercado digital, e a tecnologia desenvolvida, homologada, e validada atende esse desejo.

---------------------------------------------- BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos! Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! www.bitcointrade.com.br
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Saiba tudo sobre:
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Já escreveu para UOL, Gazeta do Povo, Agência Estadual de Notícias (AEN) e outros veículos.

Escreva seu comentário:

15 COMENTÁRIOS

  1. A idéia das maquininha POS é excelente o único problema é que os estabelecimentos só aceitam 10% do valor em Treep Token. Exemplo se fizer uma compra de R$ 100,00, você poderá pagar R$ 10,00 em Treep Token

  2. Tá de piada esse camarada , ah esqueci ele é “evangelico” , e esta acima do bem e do mal , afinal pra essa gentalha o mal são os “macumbeiros ” e eles são os bonzinhos

  3. É uma vergonha! Só mesmo em um país sem lei que espertalhões se apropriam de dinheiro alheio prometendo mundos e fundos, ostentando carros, mansões, jatos e cruzeiros paradisíacos na hora de tomar o dinheiro, e o resultado real, que não é tão real assim, ficam sem o dinheiro ou sem os ativos digitais que possam ser sacados ou transferidos para outra prestadora de serviços honesta e transparente, que cumpra o prometido. Não investi porque suspeitei desde o início que as promessas eram estapafúrdias demais. Estou indignado por todos aqueles que foram iludidos, enganados e enredados nessas falsas promessas, na facilidade de abrir empresa e abandonar empresa, só porque a “entidade” pegou no pé. Ora se a empresa foi criada, não sabiam das regras, das normas e das legislações em vigor para operar, afinal não eram amadores e sim especialistas em ativos digitais. Tal qual casos de família, a controladora, a holding ou a progenitora da Zero10 simplesmente abandona o filho porque não conseguiu ser proficiente. Não tinha na família gente especializada em “compliance” para estarem em conformidade com as leis e regulamentos? Seria a CVM tão incompreensível que não aceitasse a devida adequação e correções das inconformidades para se ajustar e atender a regulamentação em vigor? Foi mais fácil transferir para outra empresa do grupo a missão de continuar o esquema sem que pegassem no pé?
    Não bastasse todo esse embróglio, fiquei curioso em saber quem foi o “guru” das finanças que autorizou investir 1bi na compra dos iToquen´s, descapitalizando a empresa a ponto de colocar toda a operação em risco e quebrar a empresa. (se bem que tenho minhas dúvidas sobre a concretização ou a veracidade dessa operação).
    Enfim, escrevo tudo isso sem ter colocado um real. Estou inconformado, indignado, perplexo com tamanho descaso das nossas autoridades e a cegueira daqueles que acreditaram e acreditam nas promessas desses que se aproveitam da falta de informação, ganância e ignorância de irmãos em nome de deus (minusculo mesmo).
    Para finalizar, é uma incoerência absurda as promessas de uma vida de independência financeira, carros importados e uma vida de luxo para terminar com um cartão de descontos trocando seu rico dinheirinho em sushi bar, farmácias e postos de gasolina. Poderiam pelo menos terem colocado uma maquininha dessas em uma concessionária de carros importados para os amigos, investidores, empreendedores, embaixadores e familiares, sacarem um carro ao invés de lenços na farmácia do seu João ou papel higiênico no mercadinho, pra limparem a cagada que fizeram.

  4. Aqui em São José do Rio Preto já temos 30 pontos de venda com pdv… arruma a materia sensacionalista…
    há tem locais com 100% em token… 80% em token… se quiser te envio a lista… abração

    • Mas duvido mesmo, qdo é 100% são tipos de serviços ou mercadorias que quase ninguém têm necessidade. Se é tão verdade o que está dizendo, passe a lista aqui, se for carro, faculdade, motos, imóveis, instituições que aceitam o tpk para pagar cartão de crédito aí sim eu tiraria o chapéu, os que receberam cartão foram pouquíssimas pessoas, só para maquiar. E os lugares que aceitam é no máximo 20%, alguns até um pouquinho a mais, assim a empresa paga em “parcelinhas” o que deve para os associados. Hoje já é 29 de fevereiro e tudo está quieto. Eu e muitos estamos esperando entrar março, se não andar será uma multidão entrando na justiça.

  5. Bem, sempre tendenciosa as matérias deste portal…
    Os títulos sensacionalistas passam a ideia de proteger o consumidor, mas, sempre parece que o interesse é, na verdade, difamar qualquer empresa que tenha uma ação significativa no mercado financeiro com ativo digital.

    O que me surpreendeu mais ainda foi que li a exata matéria em um portal estrangeiro (https://sahiwal.tv/genbit-wants-to-pay-investors-with-drugs-sushi-and-shoes/), acrescentando apenas algumas linhas difamando Elifelete Marcondes e citando o nome de uma instituição religiosa que não tem nada a ver com o projeto. Seria uma afiliada ou algo assim?

    Bem assim fica fácil identificar portais sérios de outros!

  6. Bom o titulo da matéria esta equivocado . A Genbit já pagou todos os investidores com a TPK . Agora os investidores tem que se vira pra vende ou compra coisas em estabelecimentos credenciados que recebem só 10 a 15 % da compra . No entanto a Genbit não deve nada para os investidores . Ela deu TPK ( ou um vale nada ) .

  7. boa tarde sr. Lucas Gabriel Marins, porque voce realmente nao procura noticias quentes e verdadeiras e não simplesmente “copy and paste”? vou te dar uma dica: voce poderia pesquisar sobre a Investimento Bitcoin a qual Datena(sim ele mesmo, o grande Datena da rede bandeirantes) e Rodrigo Faro endossaram pra dar golpe bilionario no povo, mas adianto que voce vai ter que ter culhão porque vai mexer com graúdo e parceiro seu de jornalismo vendido(todos sabemos que o UOL pra quem voce trabalhou faz parte da rede ITAU), voce tambem pode ir até o presidio onde estao os bandidos 171 da Unick e questionar sobre o dinheiro que enviaram a Belise. `a parte se voce quiser saber sobre o Genbit e fazer uma reportagem sensacional pergunte a verdadeiros investidores e nao especuladores, se não gostou da dica e se ofendeu com alguma palavra podemos resolver no judiciario, mas pare de escrever baboseiras velhas, os aprendizes tendem a progredir com as criticas. Obrigado e Aguardo

    • Meu amigo, vc não pode dizer muita coisa sobre essa empresa sacana que deixou um monte de famílias passando o maior desespero da vida. Não se esqueça, que nesse meio há famílias com crianças que dependiam do dinheiro investido e agora estão passando a maior necessidade, fora milhares de investidores que agora estão devendo até a alma e pagando juros absurdos de dívidas que dependiam do capital investido. E o que a empresa fez? Usou de pessoas evangélicas para dar o golpe, e agora vc vêm falar essas asneiras? Até agora não aconteceu nada e pelo que sei está cada vez pior com a justiça. Se chegar a acontecer algo que tira os associados do sufoco te darei razão, mas por enquanto a empresa não fez por merecer e só prejudicou um monte de gente. Até agora a maioria que está quietinho esperando entrar março, só está esperando o momento para entrar na justiça, nem que for para infernizar esse maldito de Nivaldo que ferrou com um monte de gente do bem. Do jeito que vc diz dá até impressão que vc faz parte da nata da Zero10 que destruiu as vidas das pessoas que levaram anos para juntar um capital. Se para você não é nada porque já está nadando em dinheiro, mas para quem não têm nada e investiu o pouco que tinha que ganhou suado e levou muito tempo, para esse a vida se transformou num inferno.

  8. Me envie a lista amigo, estou com 150.000 pontos pra comer e não consigo lembrar de mais nada a não ser no nabo que tomei quando investi meus suados 27k.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

airbit club bloqueado

“CVM” da Itália derruba pirâmide financeira que usou Cafú e igreja para promover esquema

A AirBit Club, esquema acusado de esquema ponzi aqui no Brasil, teve seu site bloqueado pela autoridade financeira da Itália, a Consob. O regulador financeiro...
Soldados Chineses Carregando Bandeira da China - Imagem de Ray Wong por Pixabay

Blockchain Ethereum ajuda população da China driblar censura

A censura em tempos de crise financeira aumentou consideravelmente, com a população da China buscando driblar estes efeitos com a Ethereum. Os tempos pós-crise...
Baleia de Bitcoin

Baleia de Bitcoin prevê mais dor na economia

A crise financeira de 2020 já é notável, com o mercado global congelado e pessoas permanecendo em suas casas. O movimento, de fato, é...

Por que a Binance comprou o CoinMarketCap?

Recentemente o criptomercado recebe uma notícia surpreendente com a Binance oficializando a compra do CoinMarketCap. Ao comprar o maior site agregador de dados sobre...

Leidimar Lopes, da Unick Forex, afirma ter R$ 1 bilhão na FullBank

O presidente da Unick Forex, Leidimar Lopes, afirmou ter cerca de R$ 1 bilhão na empresa Softpay, detentora da FullBank, plataforma online para processamento...