General Motors pode aceitar bitcoin, “basta clientes pedirem”

Informação foi confirmada pela Presidente da General Motors em evento de resultados do quarto trimestre de 2020. No Brasil, a Chevrolet representa a marca.

Siga no
Camaro Amarelo, fabricado pela General Motors, que no Brasil é representada pela Chevrolet
Camaro Amarelo, fabricado pela General Motors, que no Brasil é representada pela Chevrolet / Flickr

A General Motors (GM), através de sua presidente, Mary Barra, afirmou que a empresa pode seguir os passos da Tesla e aceitar bitcoin no futuro. A informação vazou durante a apresentação de resultados da empresa referente ao quarto trimestre de 2020.

Na última segunda-feira (8), a Tesla foi a primeira montadora de veículos a confirmar a compra de bitcoin. Segundo informações, a empresa comprou cerca de 40 mil moedas para compor sua reserva de emergência.

Dessa forma, a Tesla colocou pressão para as demais empresas da indústria automobilística, que passam a considerar essa adoção. Contudo, a GM confirmou que não pretende investir em bitcoin.

Na última quinta-feira (11), com alta nas ações da Tesla, a montadora se tornou a quarta maior do mundo, de acordo com o Industry Week. A empresa agora perde em valor de mercado apenas para a Toyota, Daimler e Volkswagen.

Nos Estados Unidos, tanto a GM quanto a Ford, tradicionais montadoras, foram ultrapassadas pela Tesla no último ano.

General Motors considera aceitar bitcoin para compra de veículos

Até a última semana, poucas pessoas no mundo estavam animadas com a possibilidade de comprar um carro com bitcoin. Um bilionário até fez uma proposta para Elon Musk aceitar bitcoin em troca de um Cybertruck, mas não passava de especulação.

Tudo mudou na última segunda, quando a Tesla enfim revelou detalhes sobre seus planos de aceitar bitcoin. Além de investir na moeda digital, a empresa pretende aceitar a criptomoeda por clientes que queiram comprar seus veículos.

Desse modo, as montadoras rivais começam também a prestar atenção ao movimento. Na última quinta, a GM foi apresentar seus resultados do quarto trimestre de 2020, e uma pergunta sobre bitcoin chegou a presidente da empresa.

A pergunta feita por Adam Jonas, um analista da Morgan Stanley, questionou sobre a estratégia da GM sobre bitcoin. Para Adam, o bitcoin poderia ser uma oportunidade para a montadora, principalmente com o dólar perdendo poder de compra.

“É inevitável. Posso muito bem arrancar o Band-aid, certo, Mary? Um número crescente de empresas de alto perfil, incluindo um grande concorrente, está possuindo bitcoin e criptomoeda como uma forma de diversificar e maximizar seus investimentos em dinheiro e resultados de tesouraria em um mundo onde moedas fiduciárias como o dólar americano estão sendo degradadas e o poder de compra diminuindo e também o meio de pagamento potencial. Quero dizer, um BTC de US$ 45.000 é ideal para uma compra cara, como um carro. Então, como a GM analisa essa oportunidade?”, questionou Adam

Mary Barra, primeira mulher a ser CEO de uma montadora de carros no mundo, confirmou entendimento sobre o bitcoin. De acordo com ela, a GM não pretende investir em bitcoin.

No entanto, a General Motors pode aceitar bitcoin como pagamento sim, no que depender de seus clientes. A presidente da GM, de acordo com transcrição de áudio pelo site Fool, não esticou muito o assunto.

“Claro, Adam. Bem, em primeiro lugar, não temos planos de investir em bitcoin, então pare por aí. Isso é algo que monitoraremos e avaliaremos. E se houver uma forte demanda dos clientes por ele no futuro, não há nada que nos impeça de fazer isso”, afirmou a Presidente da GM

É possível dizer ainda que a presidente da GM não descartou investimentos em bitcoin no futuro, uma vez que ela deixou claro que a empresa monitora o mercado. De qualquer forma, a notícia para amantes de carros e Bitcoin é positiva, a segunda na mesma semana.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Chia SSD

Mineração da criptomoeda Chia pode destruir seu SSD em 40 dias

ChUma nova criptomoeda chamada Chia foi lançada recentemente com o objetivo de resolver problemas conhecidos de mineração. Diferente do Bitcoin, Ethereum e outras moedas, a...
Criptomoeda Ethereum ao lado do Bitcoin

Mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin

Os mineradores de Ethereum estão lucrando mais que os de Bitcoin, de acordo com dados divulgados por um estudo do The Block. A mineração de...
Criptomoeda Bitcoin sobre notas de Dólar dos Estados Unidos

46 milhões de americanos investiram em criptomoedas, aponta pesquisa

O número de pessoas que já compraram criptomoedas nos Estados Unidos tem aumentado nos últimos anos. De acordo com um novo levantamento, 46 milhões...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias