Halving do Bitcoin sempre acontece em ano eleitoral, coincidência ou parte do plano?

Crises financeiras quase sempre ocorrem em anos eleitorais, apontou analista

Siga no

Você já deve ter reparado que as eleições presidenciais costumam combinar com importantes eventos. Aqui no Brasil a eleição acontece no mesmo ano que a Copa do Mundo, a eleição dos EUA coincide com as Olimpíadas.

No entanto, um famoso analista chamou atenção para o fato de que a Eleição dos EUA acontece junto com o Halving do Bitcoin!

Pode parecer algo até bem óbvio, mas o famoso analista PlanB chamou a atenção ao apontar para esse detalhe e perguntar se tudo seria coincidência ou algo proposital feito pelo criador da maior criptomoeda do mundo.

“O halving do Bitcoin coincide com as eleições presidenciais (2012, 2016, 2020, etc..) pura sorte ou genialidade do Satoshi?”

O halving do Bitcoin é um evento programado para acontecer a cada quatro anos, dependendo levemente da taxa de mineração de blocos.

Essa parte da programação é fundamental para garantir um dos principais pilares do Bitcoin: O fato de ela ser uma moeda deflacionária.

Por possuir um limite de moedas mineiradas (21 milhões BTC), o halving impede que todos os tokens sejam minerados rápido demais. A estimativa do código que que o último Bitcoin seja minerado em 2140, ou seja, ainda temos um bom tempo até essa data.

O halving também é tido como um dos catalisadores de grandes altas no preço da criptomoeda. Em 2012 vimos o preço da moeda subir cerca de 10x. Depois do halving de 2016 tivemos o ATH (preço histórico) de US$20 mil.

Coincidência ou genialidade?

Halving durante eleição
A eleição presidencial nos EUA possui influência em todos os mercados.

Diversas pessoas comentaram na publicação de PlanB, tentando oferecer um pouco de possibilidades para essa coincidência. A grande maioria deles acredita que tudo foi proposital e parte do plano de Satoshi Nakamoto.

Como apontado por um participante da conversa, crises financeiras quase sempre ocorrem em anos eleitorais, a última grande crise, em 2008, é um exemplo disso.

PlanB chegou a concordar com essa ideia, acrescentando que realmente é comum um aumento de volatilidade em ano eleitoral.

Outros especularam que a intenção de Satoshi era que os anos de alta caíssem em anos bissextos. O que não faz muito sentido, considerando que a valorização de preço vem sempre meses após o halving (com o halving de 2016 que elevou o preço em 2017).

Tudo aponta para uma grande percepção de Satoshi ao mercado como um todo. E para tornar tudo ainda mais curioso, o halving desse ano coincidirá com a maior crise econômica desde 2008.

Claro, tudo não passa de especulação baseada no entendimento de mercado. Afinal, até Satoshi finalmente revelar quem ele é (o que provavelmente nunca vai acontecer), não tem como a gente adivinhar quais eram as suas intenções fora do que está descrito no whitepaper.

Enquanto isso, continuamos comemorando o “aniversário” de Nakamoto.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

“Perdi meu amigo”, diz homem que viu amigo entrar em depressão após bitcoin cair...

Comprar bitcoin por $ 20 mil em 2017 foi um risco que muita gente assumiu. Para alguns esse risco resultou em situações complicadas tendo...
Samy Dana

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy...

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Últimas notícias

“Pessoal do Bitcoin me odeia, mas não entende o que eu falo”, diz Sammy Dana

Samy Dana é uma figura conhecida no criptomercado brasileiro, sendo até mesmo um meme na comunidade por causa de suas opiniões negativas sobre o...

Hackers derrubam TRF1 e vazam dados de concursos e funcionários

Hackers continuam derrubando sistemas do governo. Dessa vez, o grupo hacker @CIllucionLab assumiu autoria de um vazamento de dados do Tribunal Regional Federal...

Polícia da China apreende R$ 22 bi em criptomoedas do maior golpe com Bitcoin

A polícia da China apreendeu pelo menos $ 4 bilhões em criptomoedas. Do valor, foram apreendidos uma grande quantidade de bitcoins, cerca de 1%...