Homem perde R$ 77 milhões após cair em golpe com criptomoeda

A polícia disse que o homem foi roubado em junho depois que um grupo que se apresentava como consultores de criptomoedas desapareceu com seu dinheiro.

Siga no

uanto mais o criptomercado cresce, mais cresce o número de golpes ligados ao setor. Um lugar onde os crimes estão aumentando consideravelmente é Hong Kong, que recentemente bateu recordes de valores roubados em crimes ligados ao criptomercado. 

De acordo com o site de notícias South China Morning Post, 2021 tem sido um ano bem movimentado para os golpes envolvendo criptomoedas, com os primeiros seis meses do ano tendo um recorde de crimes, tanto em quantidade quanto em valores roubados.

O site apontou que no primeiro semestre de 2021 os golpes no criptomercado conseguiram roubar de suas vítimas cerca de US$ 27 milhões, quase R$ 140 milhões. 

Segundo as informações esse valor milionário é resultado de um total de 429 casos de golpes em Hong Kong. Isso foi apenas na primeira metade do ano, para se ter uma ideia, durante todo o ano de 2020 houveram “apenas” 208 casos e uma perda de pouco mais de US$ 14 milhões (cerca de R$ 72 milhões), ou seja, só metade do que os primeiros seis meses desse ano.

Vítima perde R$ 77 milhões

O SCMP também afirmou que impressionantes US$ 15,9 milhões (cerca de R$ 77 milhões) foram roubados de uma única vítima de 30 anos de idade.

A polícia disse que o homem foi roubado em junho depois que um grupo que se apresentava como consultores de criptomoedas desapareceu com seu dinheiro.

Os tipos de golpe em Hong Kong são similares a de outros lugares do mundo, com ataques de phishing, ataques hackers e outros. Mas a região tem visto um aumento em um tipo diferente de crime: os ataques pessoais e assaltos em transações de criptomoedas.

Hong Kong registrou em 2021 três casos locais em que pessoas foram roubadas ou enganadas em transações “cara a cara”. Esse tipo de crime é quando a vítima é enganada a se encontrar pessoalmente para vender ou comprar criptomoedas e quanto vai ao local marcado, é assaltado ou então sofre o golpe com a pessoa fugindo com o dinheiro combinado. 

Aparentemente esses casos de violência têm se tornado mais comuns, não apenas na China, mas também em outros países, com investidores arriscando suas vidas para conseguir fugir dos crimes. 

Segundo o inspetor de polícia Ip Cheuk-yu, do departamento de segurança cibernética e tecnologia, dois fatores foram responsáveis por esse aumento. O primeiro é o fato de que os investimentos no criptomercado estão se tornando muito populares esse ano e também a pandemia da Covid-19 que foi um fator importante no aumento dos crimes na região.

“As pessoas estão ficando mais em casa, o que quer dizer que elas ficam mais tempo na internet, então os golpistas têm muito mais oportunidades para uma aproximação. Essa é uma tendência não apenas em Hong Kong, mas em todo o mundo.”

Com isso é fundamental garantir segurança na hora de fazer qualquer negociação dentro do criptomercado e, principalmente, nunca falar para ninguém que você têm criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Praia do Forte em Cabo Frio pirâmide com Bitcoin

Eagle Eyes, empresa do “Pastor do Bitcoin” em Cabo Frio suspende saques

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio (RJ), é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas...

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável...

Empreendedores vs investidores, quem ganhou mais dinheiro com criptomoedas?

Qual será a melhor estratégia para ganhar dinheiro, investir direto em criptomoedas ou empreender em setores essenciais relacionados a elas? Neste artigo faremos um comparativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias