Indeal acumula R$ 1,1 bilhão em dívidas e pode demorar até oito anos para pagar, segundo especialista

Demora e atrasos em pagamentos poderão se estender por longos anos através de processos na justiça brasileira.

-

Siga no
Pagamento poderá demorar até oito anos na Indeal
Anúncio

A espera por pagamentos referentes a Indeal poderá demorar até oito anos. Pelo menos essa é a previsão de Marcelo Peruchin. Em entrevista a Gaúcha Zero Hora, o professor de direito afirmou que os clientes devem esperar pelo processo judicial envolvendo a Indeal. E essa espera pode demorar entre três a oito anos.

A Indeal oferecia produtos relacionados a investimentos com o lucro fixo de 15%. Após a Operação Egypto deflagrada no final de maio de 2019, cinco sócios da empresa foram detidos. Além disso, as operações da Indeal foram encerradas desde a operação da Polícia Federal.

Indeal com mais de 23 mil clientes e R$ 1,1 bilhão em dívidas

Como resultado da Operação Egypto, milhares de clientes da plataforma deixaram de receber seus investimentos. Estima-se que a Indeal possui mais de 23 mil clientes em todo o Brasil. A empresa, que foi apontada como pirâmide financeira pelo procurador, possui uma dívida de mais de R$ 1,1 bilhão.

Anúncio

Marcelo Peruchin comenta que os clientes devem demorar para receber o que foi investido na Indeal. Até então, mais de 20 ações judiciais tentam reaver o valor aplicado na plataforma. Mas para Marcelo, esse pagamento poderá demorar entre três a oito anos.

Esse seria o prazo necessário para que o processo seja movido por todas as instâncias judiciais. Além disso, o prazo permitirá que todos os recursos da empresa possam ser apresentados de acordo como determina a justiça. Sendo assim, somente após o trânsito em julgado é que supostamente os investidores receberiam o que foi investido na empresa.

Atrasos causaram ameaça e até apedrejamento

Quinze pessoas foram indiciadas na Operação Egypto que investigou os negócios da Indeal. Após uma determinação judicial, os cinco sócios que foram presos na operação puderam aguardar o julgamento em liberdade.

A medida concedida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) concede a liberdade aos sócios da empresa que estão recebendo ameaças. Investidores descontentes com as falsas promessas da plataforma, apedrejaram residências de sócios da Indeal. Além de casas, carros foram apedrejados e mensagens são enviadas para os sócios com ameaças.

Novo prazo para pagamento da Indeal termina dia (28)

A Indeal enfrentou a paralisação de suas operações desde o fim de maio de 2019. Desse modo, fazem cerca de quatro meses que os pagamentos na plataforma permanecem em atraso. Inicialmente foi proposto pela Indeal uma data para os pagamentos acontecerem.

A empresa solicitou um prazo de 90 dias para que os investidores recebessem aquilo que foi aplicado na plataforma. Mas, após esse prazo vencer, uma nova data foi apresentada pela Indeal aos clientes. Ficou determinado que o pagamento aconteceria em 120 dias. Dessa forma, os pagamentos em atraso da Indeal estão previstos para aconteceram neste sábado (28).

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....
Itau demissão criptomoedas

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...
Bitcoin e gráfico em queda de preços

Bitcoin cai 5% e pode não romper marca de 2017

O Bitcoin se aproxima do fechamento do mês de setembro e cai pelo menos 5% nesta segunda. Com a queda no preço do Bitcoin,...

Últimas notícias

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...

Bitcoin cai 5% e pode não romper marca de 2017

O Bitcoin se aproxima do fechamento do mês de setembro e cai pelo menos 5% nesta segunda. Com a queda no preço do Bitcoin,...

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...