Indeal acumula R$ 1,1 bilhão em dívidas e pode demorar até oito anos para pagar, segundo especialista

Demora e atrasos em pagamentos poderão se estender por longos anos através de processos na justiça brasileira.

Siga no
Pagamento poderá demorar até oito anos na Indeal

A espera por pagamentos referentes a Indeal poderá demorar até oito anos. Pelo menos essa é a previsão de Marcelo Peruchin. Em entrevista a Gaúcha Zero Hora, o professor de direito afirmou que os clientes devem esperar pelo processo judicial envolvendo a Indeal. E essa espera pode demorar entre três a oito anos.

A Indeal oferecia produtos relacionados a investimentos com o lucro fixo de 15%. Após a Operação Egypto deflagrada no final de maio de 2019, cinco sócios da empresa foram detidos. Além disso, as operações da Indeal foram encerradas desde a operação da Polícia Federal.

Indeal com mais de 23 mil clientes e R$ 1,1 bilhão em dívidas

Como resultado da Operação Egypto, milhares de clientes da plataforma deixaram de receber seus investimentos. Estima-se que a Indeal possui mais de 23 mil clientes em todo o Brasil. A empresa, que foi apontada como pirâmide financeira pelo procurador, possui uma dívida de mais de R$ 1,1 bilhão.

Marcelo Peruchin comenta que os clientes devem demorar para receber o que foi investido na Indeal. Até então, mais de 20 ações judiciais tentam reaver o valor aplicado na plataforma. Mas para Marcelo, esse pagamento poderá demorar entre três a oito anos.

Esse seria o prazo necessário para que o processo seja movido por todas as instâncias judiciais. Além disso, o prazo permitirá que todos os recursos da empresa possam ser apresentados de acordo como determina a justiça. Sendo assim, somente após o trânsito em julgado é que supostamente os investidores receberiam o que foi investido na empresa.

Atrasos causaram ameaça e até apedrejamento

Quinze pessoas foram indiciadas na Operação Egypto que investigou os negócios da Indeal. Após uma determinação judicial, os cinco sócios que foram presos na operação puderam aguardar o julgamento em liberdade.

A medida concedida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) concede a liberdade aos sócios da empresa que estão recebendo ameaças. Investidores descontentes com as falsas promessas da plataforma, apedrejaram residências de sócios da Indeal. Além de casas, carros foram apedrejados e mensagens são enviadas para os sócios com ameaças.

Novo prazo para pagamento da Indeal termina dia (28)

A Indeal enfrentou a paralisação de suas operações desde o fim de maio de 2019. Desse modo, fazem cerca de quatro meses que os pagamentos na plataforma permanecem em atraso. Inicialmente foi proposto pela Indeal uma data para os pagamentos acontecerem.

A empresa solicitou um prazo de 90 dias para que os investidores recebessem aquilo que foi aplicado na plataforma. Mas, após esse prazo vencer, uma nova data foi apresentada pela Indeal aos clientes. Ficou determinado que o pagamento aconteceria em 120 dias. Dessa forma, os pagamentos em atraso da Indeal estão previstos para aconteceram neste sábado (28).

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Leão. Imagem: Shutter Stock

Banco Central Europeu: “Bitcoin é um animal muito perigoso!”

O Bitcoin já foi chamado de várias coisas diferentes por autoridades do mundo todo, mas agora ele acaba de ganhar uma definição um tanto...
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock

Vídeo mostra mineradores chineses de Bitcoin desligando equipamentos

A China continua reprimindo a mineração de criptomoedas e não dá sinal que vai recuar. A última ofensiva tem como alvo a província de...
Gates e Buffet. (Imagem: Flickr)

Por que é inútil seguir os bilionários quando o assunto é criptomoedas?

Sem dúvidas, Warren Buffett, Ray Dalio, e Carl Icahn são grandes investidores, e sabem como ninguém comprar ativos tradicionais. No entanto, quando o assunto é...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias