Mais de R$ 6 bilhões em Ethereum foram perdidos para sempre

Conor Grogan, diretor da Coinbase, realizou um estudo sobre quantos ethers (ETH) estão inacessíveis, ou seja, perdidos para sempre. Até então, o executivo descobriu mais de R$ 6 bilhões (636.000 ETH) extraviados devido a erros de digitação e bugs.

Conforme hoje o Ethereum possui uma oferta circulante de 122,3 milhões de ETH, isso significa que o montante perdido é equivalente a 0,52% deste total. Obviamente o estudo não considerou a perda de chaves privadas, por exemplo, o que aumentaria ainda mais esses valores.

Como exemplo, um endereço possui 250.000 ETH parados em sua carteira desde o lançamento do Ethereum, em 2015. Com a quantia valendo R$ 2,4 bilhões atualmente, muitos acreditam que seu dono tenha perdido o acesso a ela. No entanto, como ninguém pode provar isso, a soma não é incluída em estudos como este.

Maioria dos ethers perdidos tem ligação com bug de uma carteira

Dos R$ 6 bilhões em Ethereum perdidos para sempre, Conor Grogan afirma que quase R$ 5 bilhões estão relacionados a um bug de uma carteira, a Parity. O evento ocorreu em 2017 e afetou 178 usuários.

Já outros 2.638 investidores teriam cometido erros de digitação, contribuindo para mais R$ 121 milhões nesta conta.

  • R$ 4,9 bilhões (513.746 ETH) — Bug na carteira Parity
  • R$ 821 milhões (85.746 ETH) — Contratos com bug
  • R$ 232 milhões (24.187 ETH) — Endereço de queima
  • R$ 121 milhões (12.619 ETH) — Erros de digitação
  • R$ 6,3 milhões (654 ETH) — ETH travados no contrato wETH

Detalhando as perdas, Conor também cita alguns casos bizarros. Um deles envolve a falida corretora QuadrigaCX, uma das mais polêmicas dos últimos anos.

  • A Web3 Foundation tem 306.000 ETH (R$ 2,94 bilhões) preso devido ao bug na Parity Multisig;
  • A QuadrigaCX perdeu 60.000 ETH (R$ 576 milhões) em um contrato defeituoso;
  • A Akutars perdeu 11.500 ETH (R$ 109 milhões) em um cunhagem de NFT que deu errado;
  • As pessoas enviaram coletivamente 24.000 ETH para um endereço de queima por algum motivo.

“Para ser claro, esse número de mais de US$ 1,1 bilhão (R$ 6 bi) é significativamente inferior ao valor real de ETH perdido/inacessível — ele cobre apenas os casos em que o Ethereum está bloqueado para sempre.”

Lista das maiores perdas de Ethereum.

Por fim, muitos acreditam que essas perdas sejam benéficas para o preço do Ethereum. Afinal, estes ethers fora do mercado significam menos pressão de venda e aumentam a escassez da moeda. No entanto, isso também pode afastar outros players que temam que o mesmo aconteça com seus fundos.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias