Moradores de Miami em breve poderão receber salário em Bitcoin

Siga no

A adoção do Bitcoin é algo que ganha espaço aos poucos, mas de forma constante. A mais nova possibilidade de uma maior adoção da criptomoeda é o projeto da cidade de Miami, que vai possibilitar que alguns de seus cidadãos recebam seus salários em Bitcoin e outras criptomoedas.

Atualmente Miami está sob administração de Francis Suarez, que, entre várias visões políticas, é um grande apoiador das criptomoedas, principalmente do Bitcoin. O prefeito deixa claro que sempre foi fascinado pelo Bitcoin e tem projetos em andamento que devem aumentar a adoção do ativo digital na cidade.

Os projetos são:

Miami pode pagar salário de funcionários municipais em Bitcoin

Suarez revelou que está considerando dar aos funcionários públicos da cidade a opção de receber salários em Bitcoin ou altcoins. Curiosamente a cidade de Miami, através dessa administração está se tornando um ponto de interesse para a adoção geral do Bitcoin.

Além do projeto de tentar permitir salários em criptomoedas, a cidade já revelou que pretende também criar iniciativas para que taxas e impostos sejam pagos com criptoativos. Suarez também já revelou planos de alocar parte das reservas da cidade em Bitcoin.

Claro que tudo são apenas planos, já que esse tipo de alteração exige muito mais do que o interesse do prefeito. Mas isso demonstra que há um movimento muito interessante em tentar adotar a criptomoeda como uma ferramenta cada vez mais constante dentro do setor público.

Francis Suarez. Foto: Reprodução.

EUA continua a alavancar a adoção do Bitcoin

Além de Suarez, outra força política que tem muito interesse no Bitcoin é a Senadora Cynthia Lummis, de Wyoming. Lummis é uma das líderes em alavancar a adoção do Bicoin, já tendo alocado parte da reserva do estado em Bitcoin.

Suarez parece estar se inspirando na sua companheira de profissão para criar novos planos para Miami. Isso quer dizer que podemos ver mais movimentos parecidos por outras administrações do país norte-americano. Dado o contexto econômico e geopolítico dos EUA, é claro que isso é algo que pode ser replicado em outros locais.

Em meio a uma corrida de diferentes governos para aumentar a competitividade da moeda fiduciária em relação às criptomoedas, adotar o Bitcoin pode não ser uma má ideia, estando até mesmo na frente das CBDCs, já que é um produto testado e aprovado por mais de 11 anos.

É preciso aguardar para saber onde isso vai levar o criptomercado e se essa adoção terá um futuro estável. Mas cada vez mais o ativo digital e as outras altcoins ganham um ar de mais seriedade e maturidade perante diferentes setores políticos e legislativos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias