Microsoft compra o GitHub

Uma das maiores empresas do mundo, a Microsoft, comprou o famoso repositório de códigos fonte, Github, em uma transação bilionária para se aproximar do mercado de softwares open-source.

Microsoft compra o GitHub

Uma notícia abalou o mercado de tecnologia mundial na data 04/06/2018, a Microsoft irá dar um passo na direção do softwares open-source.

A operação da compra ainda não foi finalizada, a expectativa para concretização da operação é até o fim do ano de 2018 devido a dependência da aprovação de órgãos reguladores dos EUA e UE.

O valor do negócio foi de 7,5 bilhões de dólares. De acordo com a Microsoft a aquisição “vai emponderar os desenvolvedores”. O GitHub é uma plataforma de hospedagem de código-fonte utilizada no mundo todo, ela permite o versionamento e colaboração de projetos.

Os códigos hospedados na plataforma são open-source, com opções de serem públicos para qualquer pessoa colaborar, ou privados, como projetos de empresas.

No caso do Bitcoin e outras criptomoedas, os projetos são open-source e públicos, e qualquer pessoa pode ajudar no desenvolvimento dessas soluções.

Aproximação da Microsoft com o Ecossistema Cripto

A Microsoft já lançou a sua colaboração ao ambiente das criptomoedas com a solução Coco Framework, e está cogitando que a mesma seja open-source em breve. Com isso, a grande empresa mostra que está de olho no potencial dos projetos colaborativos, e com esse anúncio se projeta fortemente no mercado.

Como fica para os projetos relacionados a Blockchain?

Um fato é que o GitHub é uma empresa privada que trabalha com controle de versão usando o GIT, que é um software livre para trabalhar com versionamento de códigos.

Já existem soluções extras que fazem o que essa plataforma faz, como a GitLab e a BitBucket.

Um dos trabalhos do movimento cypherpunk é justamente se adaptar as modificações que ocorrem no cotidiano, e com certeza ferramentas irão surgir semelhantes ao GitHub.

Seguiremos acompanhando essas movimentações no mercado das criptomoedas.