MicroStrategy agora tem mais bitcoins que o governo dos Estados Unidos

Onda de adoção institucional ao Bitcoin pode colocar pressão sobre países que não comprarem Bitcoin para reserva de valor? Governo dos EUA era o quarto maior detentor da moeda digital.

Siga no
Moeda digital Bitcoin em cima de pilha de dólares
Moeda digital Bitcoin em cima de pilha de dólares

O Bitcoin é a primeira moeda digital, que não tem nenhum vínculo com empresas e nem governos. Mas segundo um levantamento feito pela comunidade, uma empresa tem mais bitcoins hoje que os Estados Unidos.

Maior potência militar do mundo, os Estados Unidos são os responsáveis pela emissão do dólar. Ou seja, a moeda considerada hoje como principal reserva de valor internacional, é emitida oficialmente por apenas um país.

Essa centralização de poder nos Estados Unidos foi aceita pela Conferência de Bretton Woods, 1944. Na ocasião, vários países concordaram em dar o poder da moeda ao país norte-americano, em meio à Segunda Guerra Mundial.

Com o passar dos anos, a inflação das moedas fiduciárias começam a apertar a população. Considerando o poder de compra do Dólar ao longo de sua história, US$ 100 em 1913 valeriam apenas US$ 3,87 em 2019, de acordo com o HowMuch.

Em 2020, contudo, com a pandemia da COVID-19, o banco central dos EUA, o FED, imprimiu trilhões de moedas novas. Dessa forma, o mundo teme que o Dólar perca grande valor já nos próximos anos.

Algumas empresas então passaram a buscar reservas em ativos descorrelacionados com o Dólar. O Bitcoin, que surgiu entre as opções, passou a ser reserva de valor de grandes empresas, como a Tesla, na última segunda-feira (8).

Considerando apenas esse movimento, uma empresa pode ter hoje mais reservas que um país.

Levantamento da comunidade aponta que uma empresa pode ter mais Bitcoin que os Estados Unidos

Alguns países, como a Venezuela, Irã, entre outros, começaram a colocar reservas em Bitcoin. Nesses países, inclusive, há relatos de operações estatais de mineração da criptomoeda.

Contudo, alguns países não investiram diretamente no Bitcoin, como os Estados Unidos, por exemplo. No país, algumas operações policiais apreenderam bitcoin de pessoas, principalmente ligadas à internet obscura.

Dessa forma, é estimado que os Estados Unidos tenham em sua posse hoje 70.124 bitcoins. Essa quantia, vale o destaque, pode ter sido impulsionada pela apreensão da Silk Road, uma das maiores já registradas no mundo.

Com o movimento de adoção do Bitcoin, a MicroStrategy, por outro lado, já comprou 71.074 Bitcoins. Ou seja, a empresa tem mais bitcoins que o governo dos Estados Unidos, principal potência econômica do mundo.

Essa informação foi compartilhada pelo perfil no Twitter Documenting Bitcoin, que recebe informações repassadas pela comunidade. Caso seja verdade, pode mostrar que o Bitcoin seria uma moeda que pode alterar os rumos da economia no futuro, com grande participação de empresas em uma eventual mudança do padrão Dólar para Bitcoin.

Em 2018 o governo dos EUA era o quarto maior detentor da moeda digital.

No entanto, segundo um pesquisador inglês, o padrão Dólar está muito enraizado na economia, podendo demorar décadas para uma mudança para o Bitcoin. Ainda sim, o Banco Central do Quênia afirmou que irá adicionar Bitcoin em suas reservas.

Vale o destaque que o primeiro movimento dentro dos Estados Unidos de adicionar Bitcoin como moeda aconteceu também nos últimos dias. Considerada uma das principais cidades da Flórida, Miami acendeu sinal verde para até pagar salários de funcionários públicos com Bitcoin.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Citi

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...
Francis Suarez em entrevista à "Axios on HBO". Imagem: Youtube

Governos não podem manipular o Bitcoin, diz prefeito de Miami

Francis Suarez, o prefeito de Miami, quer tornar o Bitcoin parte do futuro econômico de sua cidade e, em uma entrevista à "Axios on...
Google Finance

Google Finance cria página dedicada a criptomoedas

O Google Finance, o site de dados sobre finanças mantido pela gigante de tecnologia, adicionou uma guia dedicada a criptomoedas, com um posicionamento de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Governos não podem manipular o Bitcoin, diz prefeito de Miami

Francis Suarez, o prefeito de Miami, quer tornar o Bitcoin parte do futuro econômico de sua cidade e, em uma entrevista à "Axios on...

Google Finance cria página dedicada a criptomoedas

O Google Finance, o site de dados sobre finanças mantido pela gigante de tecnologia, adicionou uma guia dedicada a criptomoedas, com um posicionamento de...

Hacker ameaça vazar dados que “podem prejudicar toda indústria de criptomoedas”

A Tether disse que está sendo extorquida e que o criminoso exigiu 500 bitcoins para não vazar documentos que podem "prejudicar todo o ecossistema...

Não mate a galinha dos ovos de ouro, diz vice-presidente da Nigéria sobre Bitcoin

No início de fevereiro, o Banco Central da Nigéria (CBN) proibiu os bancos de fornecer serviços para pessoas e empresas que negociavam criptomoedas, a...

Coinbase diz que Satoshi Nakamoto é um risco para seus negócios

A Coinbase deve se tornar oficialmente uma empresa de capital aberto nos próximos dias, ela será listada no índice da Nasdaq Global Select Market....