Grupo misterioso ganhando poder de mineração na rede bitcoin

Acompanhe!

-

Siga no
Anúncio

A mineração de Bitcoin é feita por grandes empresas e pools, só que um grupo de mineradores desconhecidos têm crescido sua influência.

Para desempenhar o papel de mineração de Bitcoin, é necessário grande poder computacional para realizar as atividades de Proof of Work e devido a esse motivo a nova força mineradora desconhecida está chamando a atenção do mundo.

De acordo com dados do site Coin.Dance, no momento da escrita deste artigo, mais de 6% da mineração de Bitcoin era controlado por “others“. Essa palavra significa outros, e é usada neste no gráfico para designar mineradores desconhecidos.

Anúncio

No YouTube, entre vários analistas que buscam descobrir a identidade desta força computacional, o Crypto Lark é um dos que faz algumas suposições, das quais destaca que poderiam ser a Binance, China, Rússia, Samsung, Irã, Coreia do Norte ou Fidelity.

Devemos lembrar que os fundamentos da suposição do crypto tuber leva em consideração o alto custo de energia necessário para manter a atividade, por isso a estimativa de ser um país ou uma grande empresa.

É claro que pode ser mais de um país ou mais de uma empresa também, essa hipótese não é descartada, mas mesmo assim rumores sempre são levantados quando algo desconhecido surge, sendo este caso ainda um mistério.

Isso acontece em um momento em que a mineração vem sendo confrontada como um negócio sustentável, tanto do ponto de vista ambiental quanto em relação ao econômico. Recentemente um analista disse que a mineração está mais cara do que o valor do Bitcoin.

A maior parte das empresas estão na China, e são necessários equipamentos próprios de placas de processamento para a atividade ser rentável, além de uma energia barata.

Ter novos participantes na rede é positivo para que a mineração fique mais descentralizada, principalmente pelo fato que o Bitcoin como blockchain pública está sempre atento a possibilidade de um ataque 51%, caso que nunca aconteceu com o Bitcoin, mas é bom evitar.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Ministério da Justiça - Palácio

Ministério da Justiça promove a blockchain no setor público

Na próxima segunda-feira (21), o Brasil acompanha um webinário importante sobre tecnologia. Promovido pelo Ministério da Justiça, a tecnologia blockchain aplicada ao setor público...
Moeda digital Bitcoin em destaque com fundo preto

MPF destaca evento sobre Bitcoin feito pela Interpol

Autoridades de todo o mundo buscam entender mais sobre as criptomoedas e o Bitcoin. Em um evento na próxima semana, feito com apoio da...
Carvão e tecnologia blockchain

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Últimas notícias

MPF destaca evento sobre Bitcoin feito pela Interpol

Autoridades de todo o mundo buscam entender mais sobre as criptomoedas e o Bitcoin. Em um evento na próxima semana, feito com apoio da...

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...