Empresa listada na Nasdaq investe R$ 2.4 milhões em Ethereum

O comunicado da empresa foi feito no mesmo dia em que o preço do Ethereum ultrapassou os US$ 3,000.

Siga no

A Mogo Finance, uma empresa canadense listada na Nasdaq, investiu o equivalente a R$ 2.5 milhões na segunda maior criptomoeda por capitalização de mercado, o Ethereum, comprando no total 146 ETH a um preço médio de US$ 2,780 (R$ 15,000) por moeda.

Segundo um comunicado à imprensa, o investimento da Mogo no Ethereum está em linha com os planos da empresa de investir no ecossistema blockchain e tecnologia financeira enquanto monetiza o seu portfolio de investimentos, que no final do ano passado valia mais de US$ 18.4 milhões (R$ 99 milhões).

No comunicado a empresa anunciou também ter investido em Bitcoin, comprando “aproximadamente 16 bitcoins” em transações feitas em mercado aberto.

A empresa comprou Bitcoin a um preço médio de US$33,083 (R$ 178,880) por BTC. Acrescentou ainda que pretende investir 5% do seu portfolio em criptomoedas.

Greg Feller, presidente e CFO na Mogo, acrescentou:

“Este investimento inicial em Ether complementa nossos investimentos anteriores em Bitcoin e reflete nossa crença no potencial de longo prazo da tecnologia blockchain e sua posição como um componente central de uma plataforma de tecnologia financeira de próxima geração.”

O comunicado da empresa foi feito no mesmo dia em que o preço do Ethereum ultrapassou os US$ 3,000. A moeda digital agora é negociada por cerca de RS $17,280, segundo o índice de preços do Livecoins.

A forte subida no preço da criptomoeda ajudou um dos seus co-fundadores, Vitalik Buterin, a se tornar bilionário.

Esta não é a primeira vez que a Mogo se aventura no mundo das criptomoedas. A empresa lançou no início do ano um programa de cashback que permitiu aos seus clientes receberem recompensas em Bitcoin sobre hipotecas ou refinanciamentos feitos com a empresa.

O programa chamado “MogoMortgage” permitia aos seus clientes receberem até US$ 2,461 (RS$13,230) de volta.

Este valor é depositado nas contas dos clientes, que podem depois usar um programa de compra de criptomoedas criado pela Mogo para comprar Bitcoin através da sua aplicação.

David Feller, CEO da Mogo, defendeu este plano de recompensas como uma potencial entrada de muitos clientes com perfis de risco mais defensivos no mundo das criptomoedas, pois permite aos clientes participar no mercado “sem arriscarem o seu dinheiro.”

Além disto, a Mogo anunciou em fevereiro que pretendia comprar 19.99% da corretora de criptomoedas Coinsquare, com direito a aumentar a sua participação na empresa até 40% no futuro.

O preço das ações da Mogo na Nasdaq e Toronto Stock Exchange (TSX) dispararam este ano desde que anunciou o seu envolvimento no mundo das criptomoedas, indo de perto de RS$ 13.16 no final do ano passado para RS$ 46.9 agora.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Francisco Memoria
Francisco juntou-se à comunidade crypto em 2016, altura em que começou a escrever para várias publicações na área, incluindo Bitcoin.com, CCN, e The Merkle, entre outras. Apoia o libertarismo, e é grande fã e tecnologia.
Carrinho de Compra e Bitcoin

Preço do Bitcoin está no nível mais “barato” dos últimos dez anos, entenda

Com o segundo dia consecutivo de queda do Bitcoin, o momento pode ser interessante para quem esperava comprar, com um índice observado por Michaël...
NFT. Imagem: ShutterStock

Mercado de NFTs bate novo recorde de negociações

A onda dos NFT (tokens não fungíveis) não acabou no criptomercado. Atualmente, esse setor vem crescendo dentro, principalmente depois da febre do Axie Infinity,...

Bitcoin SV do falso Satoshi Nakamoto sofre mais um ataque 51%

A Rede do Bitcoin Satoshi Vision (BSV) - fork do Bitcoin Cash, que por sua vez é um fork do Bitcoin - é uma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias