“Não há chances do Bitcoin cair como em 2018”, diz Pantera Capital

O CEO da Pantera, Dan Morehead, resumiu o resultado da pesquisa e afirma que cada vez mais a tendência de queda se tornara rasa, como aconteceu entre 2019, 2020 e 2021.

Bitcoin dentro de porquinho quebrado e seta apontando para queda
Bitcoin dentro de porquinho quebrado e seta apontando para queda

Com o Bitcoin rompendo novos níveis de preço e sendo negociado em um novo recorde, muitos continuam bem positivos em relação ao preço da moeda, com alguns apostando em uma alta que pode levar o bitcoin para US$ 100 mil, já outros estão imaginando que algo como em 2018 pode voltar a se repetir, com o Bitcoin caindo 80%.

No entanto, uma recente pesquisa aponta que a tendência para uma queda desse tipo no Bitcoin não é mais uma possibilidade.

Uma pesquisa da Pantera Capital analisou o histórico de quedas do Bitcoin após momentos de alta, dando foco para as quedas de 2016 e principalmente a de 2018, onde o Bitcoin caiu em 80% em ambos os casos.

Enquanto isso é preocupante, principalmente na atual alta que estamos, a análise dos dados mostrou que a pressão dos ursos perdeu cada vez mais força a cada ciclo de alta. 

Ursos perdem força

As quedas de preço de 2019-2020 e o que vimos em 2021, apesar de terem assustado muitos, foram de 61% e 54% respectivamente. Por causa dessas métricas sobre o ecossistema do Bitcoin, a Pantera Capital acredita que a pressão dos ursos no futuro diminuirá cada vez mais.

O CEO da Pantera, Dan Morehead, resumiu o resultado da pesquisa e afirma que cada vez mais a tendência de queda se tornara rasa, como aconteceu entre 2019, 2020 e 2021.

“Eu sempre defendi que quanto mais o mercado cresce, mais valor e mais instituições participam, a amplitude de mudanças de preço vai ficar moderada.”

Ciclos

Ciclos menos severos de quedas após uma diminuição na pressão de venda significam uma trajetória de alta para o preço do ativo e é sempre um grande sinal de positividade no longo prazo.

Mas claro, há um contraponto. Enquanto para a Pantera Capital a tendência do Bitcoin cair em 80% não é uma possibilidade, a diminuição da volatilidade também indica que algo não pode acontecer no caminho oposto.

A possibilidade do Bitcoin em US$ 100 mil para estee ano existe, principalmente levando em consideração o histórico da moeda após seus halvings e também a aproximação de uma possível aprovação de um ETF.

No entanto, Morehead comentou que vai ser raro vermos momentos em que o Bitcoin terá altas de 100x em um ano, como aconteceu no passado. Com isso, teremos cada vez menos volatilidade para o futuro do Bitcoin, mas uma tendência bem positiva no longo prazo e que é bem menos preocupante do que nos anos anteriores, sem a possibilidade de uma queda brusca e devastadora.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias