Pesquisa aponta que bitcoin está ficando mais confiável que banco

Apesar de os jovens aprovarem o bitcoin, nove entre dez idosos entrevistados disseram acreditar que a criptomoeda não passa de uma bolha financeira.

Siga no
Moeda Bitcoin é confiável
Moeda Bitcoin é confiável

Bitcoin é mais confiável que os bancos tradicionais? Ou será que a criptomoeda é vista como uma bolha, como dizem alguns por aí?

Para chegar à resposta, o site The Tokenist entrevistou quase 5 mil pessoas – entre 18 e 65 anos – de 17 países diferentes. A pesquisa foi feita em abril.

Do total de entrevistados, quase 2,5 mil disseram que a criptomoeda de Satoshi Nakamoto é sim mais confiável que as instituições financeiras tradicionais. Esse número é 29% maior do que o registrado em 2017.

“Os dados indicam que o bitcoin tem um futuro brilhante e provavelmente se beneficiará significativamente da atual crise do mercado. Com a confiança nos instrumentos de investimento tradicionais diminuindo, o bitcoin está pronto para oferecer aos investidores uma reserva alternativa de valor a longo prazo”, diz a pesquisa.

45% dos entrevistados preferem investir em bitcoin que em ouro

O levantamento também constatou que 45% dos entrevistados preferem investir em bitcoin do que em ações, imóveis e até mesmo em ouro, que foi beneficiado pela pandemia do coronavírus.

Outro achado é que 61% dos entrevistados disseram estar familiarizados com o conceito por trás da moeda. Além disso, 60% consideraram o bitcoin como uma inovação positiva na área financeira.

Millenials acreditam em bitcoins

A pesquisa do Tokenist apontou ainda que 51% dos millenials – aqueles que nasceram entre o final da década de 80 e o início da de 90 – falaram que confiam no bitcoin.

Eles acreditam tanto no potencial da moeda digital que 44% deles  provavelmente vão comprar BTC’s nos próximos cinco anos.

Essa preferência pela criptomoeda já havia sido inclusive constatada em pesquisa feita no final de 2019 pela empresa Charles Schwab. Na época, foi apontado que a geração Y prefere investir em bitcoin do que na Disney ou no Netflix.

Terceira idade tem “um pé atrás” com bitcoin

Apesar de os jovens aprovarem o bitcoin, nove entre dez idosos entrevistados disseram acreditar que a criptomoeda não passa de uma bolha financeira.

De acordo com os responsáveis pelo levantamento, essa percepção ocorre provavelmente por falta de conhecimento sobre a moeda digital.

Vale lembrar que, apesar das dúvidas dos integrantes da terceira idade sobre o ativo digital, há exceções. Uma delas é a senhora de 89 anos que perguntou como comprar bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Condomínio Arte, em Miami, aceita Bitcoin como meio de pagamento

Condomínio de luxo em Miami passa a aceitar Bitcoin

Já pensou alugar um condomínio de luxo em Miami que aceita até Bitcoin como meio de pagamento? Muitas pessoas estão dispostas a morar no...
Tom Brady

Tom Brady adere ao Bitcoin e coloca foto com olhos a laser

A comunidade Bitcoin está alvoraçada com mais um fã da criptomoeda - Tom Brady (43). Ele, que é um famoso esportista, também é marido...
Bitcoin Brasil

Criptomercado está crescendo no Brasil, mas falta regulação

O mercado de criptomoedas está crescendo no Brasil e, em sua grande parte, impulsionado por traders que veem novas oportunidades de surfar nas ondas...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias