Economista que previu crise financeira de 2008 zomba investidores de Bitcoin: “eu avisei”

Mesmo com a recente queda, o Bitcoin valorizou 73% desde a fala acima de Schiff. Já o ouro, seu principal investimento, subiu apenas 10,5% no mesmo período.

Peter Schiff, famoso investidor de ouro, aproveitou a queda do Bitcoin nesta terça-feira (23) para zombar dos investidores de criptomoedas. No estilo “eu avisei”, Schiff diz ter sido ridicularizado quando afirmou que os ETFs seriam um evento do tipo “compra o rumor, venda a notícia”, mas que agora o mercado provou que ele estava certo.

No momento desta redação, o Bitcoin está sendo negociado por US$ 38.600, uma queda de 21% em relação ao dia 11 de janeiro, quando os ETFs foram aprovados nos EUA.

Além do Bitcoin, Schiff também deu palpites sobre uma gigante do setor. O alvo da vez foi a corretora Coinbase, que apesar de estar servindo de apoio para esses ETFs, pode estar perdendo clientes na outra ponta.

Peter Schiff diz que avisou sobre a queda do Bitcoin

Conhecido por ter previsto a grande crise imobiliária de 2008, Peter Schiff é um dos maiores críticos do Bitcoin. Em suas redes sociais, Schiff ataca frequentemente o Bitcoin enquanto seus investimentos em ouro seguem sem grandes ganhos.

Antes mesmo dos ETFs serem aprovados, o ‘gold bug’ alertou que o lançamento desses produtos poderiam ter um evento reverso no mercado, provocando queda. Poucos o escutaram.

“A introdução de um ETF Bitcoin à vista provará ser um não-evento”, comentou Schiff em dezembro de 2023 sobre um vídeo de Michael Saylor. “Será historicamente insignificante. Haverá uma procura mínima dos investidores e os especuladores que compraram com base nas notícias provavelmente venderão o fato.”

Já nesta terça-feira (23), após o Bitcoin estender sua baixa e ficar abaixo dos US$ 39.000, Schiff comemorou o acerto de sua previsão.

“Os “especialistas” em Bitcoin que ridicularizaram a mim e a qualquer outra pessoa que alegou que os novos ETFs de Bitcoin seriam um evento “compre o boato, venda as notícias”, agora estão ignorando o tamanho da queda, alegando que é apenas um evento clássico do tipo “compre o boato, venda as notícias”, que era de se esperar”, comentou Schiff nesta terça-feira (23) após Bitcoin cair abaixo dos US$ 39.000.

Embora tenha acertado dessa vez, Schiff parece um relógio quebrado. No início de 2023, Schiff recomendou que as pessoas vendessem seus bitcoins, apontando que o BTC cairia para US$ 3.800.

Mesmo com a recente queda, o Bitcoin valorizou 73% desde a fala acima de Schiff. Já o ouro, seu principal investimento, subiu apenas 10,5% no mesmo período.

Peter Schiff fala sobre Coinbase, corretora de Bitcoin listada na Nasdaq

Aproveitando o dia de queda do Bitcoin, Peter Schiff aproveitou para mostrar suas dúvidas sobre a Coinbase. Listada na Nasdaq, a Coinbase está sendo a corretora usada por gestoras para comprar e vender bitcoins para seus ETFs.

“Um dos maiores perdedores dos novos ETFs de Bitcoin é COIN [ação da Coinbase]”, escreveu Schiff. “Embora a Coinbase custodie o Bitcoin mantido nesses ETFs, os especuladores que antes negociavam Bitcoin através da Coinbase agora estão negociando os ETFs.”

“Além disso, muitos que compraram COIN como proxy de Bitcoin agora estão comprando ETFs.”

Ou seja, Schiff acredita que a Coinbase estará ganhando menos com os ETFs do que ganhava com as negociações que aconteciam diretamente em sua corretora. Desde o início de 2024, os papéis da Coinbase caíram 21,5%, similar a queda do Bitcoin no mesmo período.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias