Prefeito de Nova York quer que Bitcoin seja ensinado nas escolas

Eric Adams, eleito como prefeito de Nova York na última terça-feira (2), declarou que as escolas devem ensinar sobre a tecnologia do Bitcoin. A afirmação ocorreu em entrevista à CNN quando Adams foi questionado sobre qual foi a sua motivação para querer receber seu salário em Bitcoin.

Com isso poderemos ver uma nova geração melhor educada sobre economia no futuro, possivelmente adotando o Bitcoin como sua moeda. Embora o Bitcoin seja sinônimo de dinheiro, ele também envolve questões culturais como sua filosofia de liberdade de escolha.

Um caso semelhante é o de El Salvador que, embora não tenha planos para ensinar sobre Bitcoin, estará construindo 20 novas escolas por conta da receita ganha com os seus mais de mil bitcoins comprados nos últimos meses.

Bitcoin nas escolas

Atualmente a maioria das escolas não possui nenhum cronograma para ensinar economia básica para seus alunos. Com isso os jovens crescem sem nenhum conhecimento sobre o que é dinheiro, parte fundamental das nossas vidas.

Além de afirmar em suas redes sociais que deseja receber seus primeiros três salários em bitcoin, Adams também deseja que escolas ensinem sobre Bitcoin, sua tecnologia e filosofia. Quando questionado para explicar o que é o Bitcoin, Adams notou que isso é desafiador até mesmo para especialistas no assunto.

“Isso é desafiador até para especialistas. [O Bitcoin] é uma criptomoeda, uma nova forma de pagamento por bens e serviços pelo mundo inteiro. E é isso que nós devemos fazer, abrir nossas escolas para ensinar sobre a tecnologia e esta nova maneira de pensar.”

Educar as pessoas sobre o Bitcoin é algo complicado pois devemos, antes de mais nada, explicar a história do dinheiro. Além disso, também é um desafio explicar aspectos técnicos de forma objetiva para pessoas leigas.

Por consequência, teremos uma nova geração mais ciente das falhas das moedas fiduciárias, como o dólar, bem como uma melhor noção sobre outros aspectos do Bitcoin, como liberdade de escolha e privacidade.

Escolas, por conta do Bitcoin

No dia 7 de setembro, El Salvador aprovou a Lei do Bitcoin, tornando-a moeda legal no país. Lei que hoje completou dois meses e durante este tempo foi alvo de críticas, afinal o Bitcoin foi criado para ser usado por quem deseja, e não por obrigação.

Voltando às escolas, também é importante citar que El Salvador está planejando construir 20 escolas com o lucro obtido com a compra de seus bitcoins. No total, o país acumula 1.120 BTC comprados ao longo destes últimos dois meses.

Embora não tenha anunciado a pretensão de ensinar Bitcoin nas escolas, os salvadorenhos estão aprendendo na prática como é usar uma moeda descentralizada e não controlada por um país.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias