Prepare-se para os piores meses das criptomoedas, diz fundador do CoinGecko

Ele também apontou que a CoinGecko não realizará demissões de funcionários durante o mercado de baixa, destacado nos tweets abaixo.

Crypto Winter
Crypto Winter

De acordo com o cofundador do site de estatísticas de criptomoedas CoinGecko, o mercado de baixa das criptomoedas está apenas começando. Para Bobbу Ong, a pressão de queda se deve a fatores macroeconômicos, como tensões geopolíticas.

Além disso, segundo Bobby, as ações do banco central dos Estados Unidos (Fed) desempenham um papel significativo, que não tem outra escolha a não ser aumentar as taxas de juros para reduzir a inflação.

Bobby Ong, que é diretor de operações do CoinGecko, afirmou que as criptomoedas estão no meio de um mercado de baixa, com a invasão da Ucrânia pela Rússia e problemas na cadeia de suprimentos gerando inflação persistente.

Bobby afirma que o Fed “não tem escolha” a não ser aumentar as taxas de juros para conter a inflação e que as ações de crescimento estão sendo atacadas como resultado.

“Com o envolvimento institucional, as criptomoedas agora estão altamente correlacionadas com as finanças tradicionais e vistas como ativos de risco, por isso também sofrem muito.

“Nos últimos 6 meses, a capitalização de mercado de muitas ações públicas de empresas de tecnologia caiu 75%. Estamos no fundo? Nessa perspectiva, estamos no início de um ciclo de aperto de juros pelo Fed, que terá que aumentar constantemente os juros nos próximos trimestres para domar a inflação.”

Prepare-se para mais quedas

Enquanto a maioria dos investidores começa com o Bitcoin e o Etherium, eles rapidamente passam para as altcoins em busca de maiores lucros. Todo o ecossistema foi afetado pela queda recente do Bitcoin. Em novembro de 2021, o Bitcoin atingiu um pico de quase US$ 69.000. Ele despencou para US$ 33.000 este mês.

De acordo com o cofundador do Coingecko, o mercado de criptomoedas é altamente volátil, como demonstrado após o colapso da criptomoeda Terra(LUNA), que perdeu 99% de sua capitalização de mercado nas últimas duas semanas.

Além disso, a retração do mercado de criptomoedas está sendo catalisada por um mercado em baixa macro como a guerra na Ucrânia, e os problemas da cadeia de suprimentos continuam causando inflação persistente.

12 a 18 meses de queda

Em relação à duração do mercado de baixa das criptomoedas, Ong acredita que não será curto, e a CoinGecko teve que ‘se preparar para tempos difíceis, ter cuidado com os gastos, focar na otimização da receita e construir coisas que a comunidade deseja.

Ele também apontou que a CoinGecko não realizará demissões de funcionários durante o mercado de baixa, destacado nos tweets abaixo.

“Infelizmente, estamos apenas no início do ciclo de aperto das taxas pelos Feds. Os Feds terão que aumentar continuamente as taxas de juros nos próximos trimestres para domar a inflação e mais dor está chegando. Dissemos à nossa equipe que esperasse que os próximos 12 a 18 meses fossem desafiadores.”

“Já estamos no mercado de baixa e provavelmente não será curto. Temos que nos preparar para tempos difíceis, ter cuidado com os gastos, focar na otimização da receita e construir coisas que a comunidade deseja. Agora é a hora de arregaçar as mangas e BUIDL [construir] para o próximo ciclo.” 

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias