Qual foi o primeiro valor do Bitcoin em uma exchange?

Direto do túnel do tempo até os dias de hoje!

Siga no

O Bitcoin já é um jovem entrando em sua adolescência, mas mostrou que a sua rebeldia é fora de controle, principalmente no quesito preços de negociação em exchanges.

Já no seu primeiro ano de vida, o menino Bitcoin com todas as suas dificuldades chegou a ser listado em uma bolsa de criptomoedas, a primeira da história chamada de BitcoinMarket que não vive mais entre nós.

A primeira exchange do mundo começou suas operações em Março de 2010, conforme aponta uma conversa no BitcoinTalk, e que no dia 17 de março de 2010 havia 9 cadastros e apenas 4 depósitos, de uma moeda virtual que valia apenas U$ 0.003 cada unidade de BTC.

Os primeiros blocos que Satoshi Nakamoto minerou não foram movidos até hoje, uma montanha intocada e que pode apenas ser apreciada visto a transparência da blockchain.

Mas o fato não influenciou em nada o embalo que os traders mais entusiastas da tecnologia fizeram para o preço chegar até U$ 0.07 por unidade, na data 16 de agosto de 2010.

Uma das grandes valorizações do ativo em um mesmo ano, que por volta de 01 de outubro do mesmo ano chegava ainda a valer pela primeira vez U$ 0.1 a unidade.

Após menos de um ano, ainda aprendendo a andar e já sem o seu pai por perto, em Fevereiro de 2011 o BTC chegou pela primeira vez no valor de U$ 1 a unidade, e já em Junho do mesmo ano viu a comunidade elevar o preço do ativo a cerca de U$ 30 dólares cada, sendo que no fim de 2011 amargou para U$ 2 novamente.

Foi o primeiro estouro da bolha, uma das vezes em que o Bitcoin foi morto, uma verdade é que tudo isso é apenas em relação a seu preço, visto que a tecnologia estava a toda prova e 1 Bitcoin continuava a valer 1 Bitcoin. No momento em que escrevi este texto, o BTC já havia sido considerado morto 326 vezes.

Fonte: https://99bitcoins.com/bitcoinobituaries/

Os preços do Bitcoin só voltaram aos valores de trinta dólares no ano de 2013, valorização que só foi parar acima de U$ 200 a unidade, ou seja, quem holdou até lá fez uma boa grana.

O Bitcoin é o ativo mais valorizado da última década, e para quem acredita no mesmo com uma perspectiva de longo prazo tende a se beneficiar. Afinal, nos últimos sete anos a valorização do mesmo foi de mais de 130.000%, e tende a ficar maior com a sua escassez e adoção de mercado.

Fonte: https://www.buybitcoinworldwide.com/price/

As criptomoedas nos últimos dias não tem deixado os investidores com ânimo apesar de bons presságios, está difícil olhar os aplicativos que gerenciam os fundos ou mesmo o saldo nas exchanges, e o mês de Novembro virou as costas para o mercado com mais força ainda.

Para dar uma visão otimista aos entusiastas, o site smartereum.com fez uma cobertura da visão de investidores que ainda acreditam que o Bitcoin vai chegar aos U$ 25.000 por unidade em 2018, e cerca de U$ 125.000 em 2022.

Trabalhando com a análise do primeiro valor do Bitcoin listado em uma exchange, em um ativo que já tocou U$ 20.000 por unidade no fim de 2017, temos que a volatilidade do Bitcoin pode ter sim o potencial de subir de forma inesperada ainda neste fim de 2018, afinal neste mercado tudo já se mostrou possível.

No momento da escrita deste, o Bitcoin estava cotado em cerca de U$ 4.200 por unidade.

Cabe ao investidor de qualquer forma cautela na compra de ativos digitais, o estudo é fundamental para evitar prejuízos.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Kings of Leon lança novo álbum como criptomoeda NFT

De acordo com a revista RollingStone, a banda americana Kings of Leon lançará seu novo álbum When You See Yourself como um token não...

Terceira fase da Operação Egypto mira investigados da Indeal e prende cinco pessoas

O caso Indeal ganhou desdobramentos nesta quarta-feira (3) com uma nova fase da Operação Egypto, denominada Fractais, deflagrada pela Polícia Federal. Foi nessa mesma...
Procuradora-geral de Nova York, Letitia James. Imagem: Youtube

Investir em criptomoedas não é prudente e pode causar perdas devastadoras, diz procuradora-geral de...

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, fez um alerta sobre os "riscos extremos" de se investir em criptomoedas e alertou os profissionais da...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Terceira fase da Operação Egypto mira investigados da Indeal e prende cinco pessoas

O caso Indeal ganhou desdobramentos nesta quarta-feira (3) com uma nova fase da Operação Egypto, denominada Fractais, deflagrada pela Polícia Federal. Foi nessa mesma...

Investir em criptomoedas não é prudente e pode causar perdas devastadoras, diz procuradora-geral de Nova York

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, fez um alerta sobre os "riscos extremos" de se investir em criptomoedas e alertou os profissionais da...

Coluna do TradingView: Moedas parecem ter encontrado fundo. BTC já performa mais de 15% na semana.

Feliz semana que as criptomoedas parecem ter achado o fundo da correção. Muitas moedas já viraram candles positivos, mas o Bitcoin lidera com retomada...

Netflix deve ser a próxima a investir em Bitcoin, diz Tim Draper

Tim Draper, um dos maiores bilionários em Bitcoin do mundo, investidor veterano do mercado e empresário americano, disse acreditar que a Netflix pode ser...

Homem perde R$ 3.6 milhões em Bitcoin após tentar usar mixer

Um usuário do fórum bitcointalk publicou uma postagem onde relata a perda de 13 bitcoins após tentar usar um mixer. Ele afirma que perdeu...