“Quem não tem bitcoin é louco”, diz maior influenciador de finanças do Brasil

O Economista Sincero é um dos maiores defensores do Bitcoin no Brasil, com seu canal sendo reconhecido como um dos melhores sobre o assunto no país.

Charles Mendlowicz, conhecido como o Economista Sincero, afirmou que ‘quem não tem bitcoin é louco’. Em participação no podcast Você mais Rico, com Bruno Perini, Charles argumentou que o Bitcoin deve ser considerado não apenas como um investimento, mas também como um instrumento potencial de liberdade econômica.

O Economista Sincero, vale lembrar, foi reconhecido pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) como o maior influenciador de finanças do Brasil em 2023. 

Com mais de 880 mil inscritos no Youtube, 158 mil seguidores no X (antigo Twitter), 563 mil no Instagram e 307 mil no Facebook, o Economista Sincero também foi eleito pelo Prêmio Livecoins 2023 como um dos melhores canais sobre Bitcoin do Brasil.

Quem não tem Bitcoin é louco, diz Charles Mendlowicz

Em conversa com Bruno Perini, também influenciador de finanças e grande defensor do Bitcoin, Charles argumentou que estamos vivendo em um tempo de mudanças, onde as liberdades estão diminuindo e os governos estão se tornando cada vez mais autoritários.

Ele cita exemplos de países como Argentina, Venezuela, Canadá, Afeganistão, e até mesmo alguns estados dos Estados Unidos, onde políticas governamentais restritivas estão em vigor. Nestes contextos, ele vê o Bitcoin como um investimento e meio essencial para preservar a liberdade financeira.

“Quem não tem Bitcoin é louco, é loucura porque, eu acho assim, vou até perdoar quem não tem, tudo bem, mas tenha uma tomada de consciência, a situação está mudando, os países estão mudando, os estados estão avançando, os impostos estão aumentando, as liberdades estão diminuindo… então se você não tem [Bitcoin] ainda, começa a acender o alerta… tenha essa tomada de consciência” — disse Charles.

A afirmação foi endossada por Bruno Perini, que abordou a questão da normalidade e da loucura do ponto de vista estatístico. Ele comparou a situação atual do Bitcoin com a percepção de uma realidade alternativa.

Segundo ele, se uma pessoa vê algo que ninguém mais vê, ela é considerada louca. Mas se um grande número de pessoas começa a ver e acreditar na mesma coisa, a percepção muda.

Perini aponta que, com a crescente adoção do Bitcoin por investidores individuais, grandes fundos e empresas, não possuir Bitcoin pode começar a parecer uma escolha irracional.

Além disso, Perini menciona a natureza escassa do Bitcoin, contrastando-a com a emissão abundante de dinheiro pelos bancos centrais. Na sua visão, com o tempo, as pessoas tenderão a migrar para ativos que retêm valor, tornando o Bitcoin uma escolha lógica.

“Todo mundo comprando [Bitcoin], começa a se questionar se louco é aquele que comprou ou se, com um olhar estatístico, louco é você que não comprou ainda. Se a adoção continuar crescendo, e tem tudo para crescer porque de um lado você tem algo escasso que valoriza com o tempo e do outro lado um monte de moedas fiduciárias abundantes criadas em cada vez maior quantidade, a tendência é todo mundo migrar para o que têm valor, e nessa hora quem ficar por último passa a ser o maluco” — argumentou Perini.

Economista Sincero fala sobre Bitcoin há 7 anos

Charles Mendlowicz começou a falar sobre Bitcoin em seu canal no Youtube há sete anos, quando a moeda digital chegou a ser negociada por 900 dólares. Quem seguiu os conselhos do influenciador naquela época, portanto, teve um lucro de 4900%, considerando que o Bitcoin hoje está sendo negociado acima de 45 mil dólares.

O Economista Sincero também alerta sobre o mercado de criptomoedas em geral, afirmando que “99% das criptomoedas não valem nada”. Ele destaca que muitas criptomoedas são cheias de promessas sem nenhuma utilidade real, o que pode levar a pirâmides e golpes.

Mendlowicz também defende a importância de diferenciar o Bitcoin de outras criptomoedas e alerta sobre os riscos associados a muitas dessas criptomoedas que não têm uso real ou demanda na economia real.

Quem é Charles Mendlowicz?

Com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro e em empresas de varejo, Charles Mendlowicz tem experiência no ensino superior, lecionando em faculdades e cursos.

Ele também é um entusiasta de tecnologia e redes sociais, participando do mundo digital desde 1995. Nos anos 2000, teve sites e blogs, até decidir gravar vídeos contribuindo com a educação financeira no Brasil.

O canal do Economista Sincero no YouTube aborda temas relacionados à economia, política, finanças, investimentos inteligentes, bolsa de valores e fundos imobiliários. Seus vídeos são conhecidos por serem diretos ao ponto e por não hesitar em falar a verdade.

Mendowicz também é autor do livro “18 princípios para você evoluir“, onde ele compartilha experiências e aprendizados que deram certo e que precisam ser conhecidas por outras pessoas.

O Economista Sincero é um dos maiores defensores do Bitcoin no Brasil, com seu canal sendo reconhecido como um dos melhores sobre o assunto no país.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias