“Querido Hacker”, plataforma cripto implora dinheiro de volta após perder R$ 3 bilhões

Enquanto a carta pegou muita gente de surpresa e foi considerada engraçada por muitos, curiosamente o hacker começou a devolver o dinheiro, mas provavelmente por outros motivos.

Siga no

Existem muitos passos que uma companhia ou projeto podem dar após serem roubados ou sofrerem crimes cibernéticos. Alguns apostam na colaboração com autoridades e com a polícia, outros em companhias privadas de segurança, mas a Poly Network adotou uma estratégia interessante, implorando através de uma carta publicada no Twitter para que o “Querido Hacker” devolvesse o dinheiro.

Ontem o setor DeFi (Finanças Descentralizadas) viu o maior ataque hacker da sua história, com um roubo de mais de US$ 600 milhões da blockchain Poly Network. Diferentes entidades, como a Tether e a Binance tentaram diferentes ações para conter o estrago causado pelo ataque cibernético.

A Poly Network, para a surpresa de muitos, tentou apelar para o bom coração do criminoso, pedindo que o “Querido Hacker” estabelece uma comunicação com o projeto para conseguir solucionar o problema.

“Querido Hacker, nós somos a equipe da Poly Network. Nós queremos estabelecer comunicação com você e nós pedimos que você devolva os ativos hackeados.”

Querido hacker

A carta continua ao tentar pressionar o Hacker falando sobre o tamanho do ataque e o quanto isso seria “levado a sério” pelas autoridades e por isso ele deveria tentar entrar em contato com a equipe para solucionar a situação de forma amigável.

“A quantidade de dinheiro que você hackeou é a maior na história do DeFi. Autoridades em qualquer outro país consideraria isso como um grande crime à economia e você será perseguido.”

Como é de se imaginar, a tentativa de fazer uma carta para o hacker acabou virando piada entre muitos que estão acompanhando o caso e consideraram a carta como uma tentativa patética de solucionar a situação.

“Querido Hacker. Obrigado por nos mostrar as fraquezas das shitcoins. O mundo precisa aprender a diferença entre Bitcoin e o resto.”

Já outros deixaram claro que a tentativa estava sendo algo patético.

“Melhorem a suas situações pessoas. Vocês parecem patéticos no momento.”

Querido hacker meme
Querido hacker meme
Querido hacker meme
Querido hacker meme

Hacker “zueiro”

Enquanto a carta pegou muita gente de surpresa e foi considerada engraçada por muitos, curiosamente o hacker começou a devolver o dinheiro, mas provavelmente por outros motivos.

Desde o começo do ataque, a pessoa por trás do roubo demonstrou que estava querendo algo mais do que só dinheiro.

Em uma das transações é possível ver uma mensagem onde o hacker explica que o hack poderia ter sido bilionário se ele tivesse movido o resto das shitcoins.

Também afirmou que não estava interessado em dinheiro e estava considerando retornar parte dos ativos ou simplesmente deixá-los parados.

Mensagem que o hacker deixou em uma das transações dos ativos que ele roubou da Poly Network.

Em outra transação é possível ver a mensagem “E se eu criar um novo Token e deixar que o DAO decida para onde os ativos vão?” 

Ao que tudo indica, o Hacker pode ser um White Hat ou até Gray Hat que realizou o ataque como forma de dar uma “lição” na plataforma ou abrir os olhos dos investidores. E ele começou a fazer o que tinha falado, devolvendo os valores roubados, mesmo que “aos poucos”.

Por causa do ataque os desenvolvedores da Poly Network foram obrigados a identificar e corrigir uma falha que possibilitou o roubo. Sendo assim, o Hacker ajudou o projeto, mesmo que tenha destruído a confiança dele no processo.

De acordo com a Poly Network, o hacker já devolveu um total de US$ 4,7 milhões em ativos que foram transferidos para endereços controlados pela empresa.

O valor é bem baixo, cerca de 1% do que foi roubado, mas não se sabe se ele vai continuar devolvendo os valores roubados (o que é bem possível).

Ainda resta esperar para saber até onde o hacker vai devolver o valores roubado e se ele vai se pronunciar de forma mais aberta do porque ele fez isso. Essa não é a primeira vez um hacker devolve o dinheiro que foi roubado, tendo acontecido já com o Ethereum Classic e até mesmo com um hacker “bonzinho” devolvendo parte do dinheiro roubado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Entenda o que é Smart Contract, a tecnologia que veio pra ficar!

Os produtos e serviços tradicionais estão sofrendo fortes mudanças decorrentes da transformação digital, criando instrumentos inteligentes para as empresas e nosso cotidiano. Carros autônomos, robôs...
Pedro Cerize, gestor de fundos brasileiro e sócio da Skopos

Gestor de fundos brasileiro critica CFA por incluir criptoativos em prova

Um famoso gestor de fundos brasileiro criticou a instituição responsável pela certificação Chartered Financial Analyst (CFA) por incluir criptoativos na prova. Como uma prova...
Símbolo do Bitcoin próximo do McDonalds

Queda do Bitcoin faz presidente de El Salvador postar foto como funcionário do McDonald’s,...

A queda do Bitcoin nos últimos dias afetou duramente o mercado, levando o presidente de El Salvador a postar uma foto usando "uniforme" do...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias