Sony registra patente de plataforma eSports que aceita bitcoin

Na descrição do produto a Sony aponta que os gamers poderão apostar nos vencedores de partidas usando moeda fiduciária ou Bitcoin.

Siga no
Sony PS5. (Imagem: Divulgação)
Sony PS5. (Imagem: Divulgação)

Com o que recentemente aconteceu com o Bitcoin em relação com a Tesla, muitos estão de olho na relação da moeda digital com outras empresas. Além da MicroStrategy ter comprado a criptomoeda em plena queda, temos também uma menção surpresa ao Bitcoin em um registro de patente feito pela Sony. 

Uma das maiores empresas do Japão e responsável pelos consoles da família PlayStation, o Bitcoin foi citado como uma opção “para apostas em jogos eletrônicos.”

De acordo com a patente a Sony quer desenvolver nos EUA um instrumento que possa ser utilizado como uma forma de possibilitar apostas em jogos de eSports – as competições realizadas em diferentes jogos.

Este é um mercado que ganhou muitos fãs recentemente e que já movimenta milhões entre prêmios e torneios.

Na descrição do produto a Sony aponta que os usuários poderão apostar nos vencedores de diferentes partidas, em vencedores de rounds e até mesmo quais os próximos jogadores vão “morrer” dentro da partida. Tudo isso poderá ser feito através de várias formas, desde o uso de itens virtuais até dinheiro fiduciário ou Bitcoin.

“Apostas poderão ser pecuniárias, por exemplo, dinheiro ou Bitcoin, ou não-pecuniárias, por exemplo, dinheiro virtual em jogos, direitos digitais e produtos dos jogos.”

Como é de se esperar, essa é uma menção bem curiosa e que chamou a atenção de muitos do mercado. Mas também pode não significar muito e até não ser direcionado ao Bitcoin, já que o jeito que as palavras estão no documento apenas citam exemplos.

Vale mencionar também que o registro de uma patente não necessariamente indica que a Sony realmente vai desenvolver o que está sendo descrito. Mas a ideia em si é bem interessante e traria um caso de uso para o Bitcoin focado em micro transações.

Isso demonstra que as empresas estão buscando explorar as criptomoedas muito além do que simplesmente guardando elas em suas reservas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias