Staking de Stablecoins, conheça mais sobre esse tipo de investimento e os seus riscos

Uma nova alternativa: Staking de stablecoin

-

Siga no
Anúncio

Existem diferentes maneiras de ganhar dinheiro no criptomercado, claro, nenhuma é fácil ou pode ser feita sem muito estudo. Entre essas muitas formas, surge uma nova maneira de investir: O Staking de stablecoins.

A indústria continua gerando novas formas de investimento – algumas trazendo decepção um ou dois anos depois. A última moda é apostar – delegar moedas para ganhar recompensas de validação.

Este novo método é um modelo legítimo de renda passiva? E quais você deve escolher – moedas comuns com PoS como a Cosmos ou stablecoins como a USD Neutrino?

Anúncio

Nos últimos anos passamos por um número impressionante de idéias para enriquecer com criptomoedas. ICOs, mineração em nuvem, mineração PoS, masternodes, IEOs – cada um deles foi considerado “seguro” e “transparente”. Mas o tempo provou que não existe investimento seguro em criptomoedas. Até os IEOs, a tendência mais quente de 2019, resultaram principalmente em enormes perdas para a maioria dos investidores. 

A última idéia para conquistar a comunidade de criptomoedas é o staking (processo de manter criptomoedas para receber recompensas enquanto contribui para uma blockchain), que promete retornos de até 30%. Como funciona?

O que é o Proof-of-Stake?

Cada criptomoeda precisa de um algoritmo para validar transações. O Bitcoin e o Ethereum usam o Proof-of-Work (PoW) – um algoritmo seguro, mas extremamente dependente de energia, no qual os mineradores correm para resolver “quebra-cabeças” de criptografia.

Quem encontrar a solução primeiro recebe o prêmio, chamado de recompensa por bloco. 

Proof of Work vs Proof of Stake. Imagem: draglet

Em 2012, uma nova solução foi proposta, chamada Prova de Participação. Em vez de resolver quebra-cabeças, os nós seguram moedas (ficam guardadas) para validar transações e ganhar uma taxa. Quanto maior o staking, maiores são as chances de validar um novo bloco. Então, estatisticamente falando, aqueles com uma participação maior ganham mais. 

A “mineração” com PoS não é exatamente uma renda passiva. Não é necessário um hardware caro. Mas você precisará executar um software de validação no seu computador (de preferência 24/7) e atualizá-lo regularmente.

Todas as criptomoedas precisam de um algoritmo para validar as suas transações. No caso do Bitcoin e do Ethereum temos o Proof-of-Work, com a mineração ativa através da solução de equações complexas.

Plataformas de Staking: PoS 2.0

A indústria encontrou rápidamente uma forma de tornar a mineração PoS uma verdadeira “mina de ouro enquanto você dorme”. Nos atuais esquemas de Staking, você confia a outras pessoas a validação. Funciona da seguinte forma:

  1. O usuário compra criptomoedasmoedas para criar um Staking;
  2. Os direitos de validação associados às criptomoedas são delegados a terceiros (provedor de Staking);
  3. A plataforma de Staking executa um software de validação necessário;
  4. As recompensas PoS são divididas entre o proprietário da Staking e a plataforma. Você pode reinvestir suas recompensas para aumentar sua participação e ganhar um lucro composto.

Observe que todas as principais plataformas especializadas de Staking (em comparação com exchanges que oferecem Staking) não são custodiais, o que significa que os usuários mantêm o controle sobre seus ativos. As moedas são delegadas, não transferidas.

No entanto, esse é um processo que gasta muita energia, com isso, foi desenvolvido o Proof-of-Stake, onde moedas são travadas na rede para realizar essas validações de novos blocos e ganhar as recompensas. Quanto mais moedas em staking, mais chances de alguém conseguir a validação e a recompensa.

5 moedas PoS que podem ser feito Staking

Cada moeda tem sua própria taxa de transação, taxa de recompensa, tempo de validação, etc. Além disso, cada um desses projetos foi criado com um objetivo específico.

O tamanho da recompensa depende da moeda escolhida e da taxa da plataforma de Staking. Abaixo, descreveremos as 5 criptomoedas mais populares.

1) Tezos (XTZ)

Uma blockchain cujas regras podem ser alteradas pelos nós (usuários) por meio de um sistema de governança on-chain. 

Capitalização de mercado: US $ 1.915.622.722 (28 de maio de 2020) – atualmente a única moeda de apostas no top 20.

2) Cosmos (ATOM)

Um protocolo de interoperabilidade que deve permitir que diferentes blockchains ‘conversem’ entre si. 

Capitalização de mercado: US $ 491.738.275 (28 de maio de 2020)

3) Terra (LUNA)

Uma moeda projetada para e-commerce; 8 meses após o lançamento, já conquistou mais de 1 milhão de usuários

Capitalização de mercado: US $ 56.718.155 (28 de maio de 2020)

4) Loom Network (LOOM)

Uma plataforma interoperável para a criação de aplicativos descentralizados e escalonáveis ​​(dApps).

Capitalização de mercado: US $ 16.549.049 (28 de maio de 2020)

5) IRISnet

Uma infraestrutura de serviços construída sobre o Cosmos. 

Capitalização de mercado: $ 8.384.376 (28 de maio de 2020)

Em termos simples, quanto mais dinheiro é colocado no staking de uma rede, mais chances de ganhar com a mineração.

Esse tipo de mineração não é considerado lucro passivo, já que é preciso executar o software de validação, no entanto, permite que mais pessoas participem do processo de validação da rede, sem a necessidade de hardware especializado.

Uma nova alternativa: Staking de stablecoin

O principal problema com as moedas PoS é a extrema volatilidade. Por exemplo, o preço da ATOM caiu 40% desde o início de 2020, anulando os ganhos de Staking dos investidores. 

Uma solução lógica é criar stablecoins, cujo preço é atrelado a uma moeda fiduciária. Até agora, existe apenas uma moeda deste tipo – USD Neutrino (USDN). Ela tem um valor de mercado de cerca de US $ 12 milhões, está atrelada ao dólar e é apoiada pela WAVES.

Diferentemente do USDT, outras stablecoins conhecidas, o Neutrino é totalmente algorítmico, portanto, o processo de aplicação é completamente governado por um contrato inteligente, como XTZ, ATOM etc.

As recompensas são geradas em WAVES usando o LPoS (Leasing Proof of-Stake) e depois convertido para USDN. O ROI final depende do preço de mercado das WAVES e da participação do USDN apostado na oferta total. No momento da redação deste artigo, o ROI estimado (não nominal) era de 8 a 15%.

Ao fazer Staking de USDN na Waves.Exchange, o ROI pode chegar a 8-15% ao ano. Por exemplo, plataformas centralizadas de criptomoedas oferecem não mais que 8-8,5% em depósitos em USDC e USDT.

Esses depósitos também costumam ter um prazo fixo e não podem ser retirados antes do vencimento sem taxas de cancelamento. Mas o USD Neutrino pode ser retirado a qualquer momento e sem taxas, pois a Waves.Exchange permite que os usuários comprem USDN usando cartões bancários sem nenhuma comissão.

5 principais plataformas de Staking

Como destacamos acima, cada moeda tem sua própria taxa de recompensa. Além disso, toda plataforma de apostas cobra sua própria taxa administrativa como porcentagem da recompensa.

Isso resulta em diferenças de lucro visíveis ao apostar a mesma moeda em plataformas diferentes (consulte a próxima seção).

1) P2P.org 

Esta é a plataforma com o maior número de moedas suportadas – 11 no momento da redação. Ele também tem mais fundos de clientes apostados do que qualquer outra plataforma: cerca de US $ 32 milhões do total de US $ 43 milhões (com US $ 11 milhões em ativos próprios da plataforma).

Atualmente, a P2P.org possui 1431 clientes e já pagou quase US $ 2,46 milhões em recompensas. 

2) Dokia.Capital 

A plataforma permite que os usuários façam Staking de apenas 4 moedas: Cosmos, Kava, IRISnet e E-Money. Em maio de 2020, existem US $ 49,2 milhões em Staking. A Cosmos (ATOM) representa 35% do valor. Vale ressaltar que mais de 60% dos fundos com Staking na plataforma são ativos próprios da empresa – mais uma vez, 35% deles são investidos no ATOM. 

A Dokia ocupa o segundo lugar na nossa lista pela quantidade de fundos apostados pelos usuários. Atualmente, existem 198 delegadores. 

3) Waves.Exchange

A plataforma oferece dois produtos: Staking de USDN (o rendimento estimado atual é de cerca de 24%) e o empréstimo por WAVES (taxa fixa de 6,5%). Um total de US $ 3,3 milhões em USDN foi investido no momento da redação, ou 28% da oferta total.

4) Certus.One 

O Certus.One se posiciona como o principal validador de PoS do setor. Atualmente, ele suporta 4 moedas PoS (Cosmos, Terra, Loom, IRISnet), com planos de adicionar mais 7.

Curiosamente, a Tezos está ausente da lista. Em maio de 2020, havia quase US $ 30 milhões em Staking na plataforma.

Além dos serviços de Staking, ele fornece uma solução Whitelabel para empresários que querem criar sua própria plataforma de Staking sem investir na infraestrutura. 

5) Staking Fish

A plataforma suporta 9 moedas PoS, incluindo Tezos, Cosmos e Cardano. Ele também faz Staking de seus próprios tokens nos nós do validador, não apenas nos de seus clientes. 

Comparação de lucro por plataforma

A tabela abaixo compara os retornos de diferentes moedas e plataformas ao investir US $ 1000 com juros compostos. Observe que ele não inclui o USD Neutrino, para o qual os retornos podem variar entre 8% e 15%, dependendo do preço das WAVES e da participação das moedas com Staking.

Comparação Staking
Comparação Staking

Recentemente, as plataformas de staking ganharam força no criptomercado como uma forma de gerar lucros.

Entendendo os riscos

As taxas de recompensa definitivamente parecem atraentes e o esforço é mínimo. No entanto – e não importa o quanto os fornecedores de Staking enfatizem sua segurança – essa ferramenta de investimento apresenta certos riscos:

1) Risco de volatilidade.

É comum que as criptomoedas percam ou obtenham grande parte de seu valor em pouco tempo. Por exemplo, a XTZ valia US $ 3,83 em 19 de fevereiro de 2020, mas em 13 de março o preço caiu para US $ 1,20 – uma perda de 68%.

Obviamente, a volatilidade também pode funcionar a seu favor. Por exemplo, se você comprou o XTZ quando chegou ao fundo em 13 de março, agora poderia vendê-lo por US $ 2,70 com um ganho de mais de 100%:

Preço XTZ: Imagem: Coinmarketcap.com
Preço XTZ: Imagem: Coinmarketcap.com

Mais um problema de volatilidade é que ela pode se espalhar a partir de um único ponto e  impactar toda a indústria. O mercado é dominado pelo Bitcoin, então quando o preço do BTC cai, as outras o seguem.

Assim, o valor do Staking pode diminuir rapidamente, mesmo que não haja nada de errado com a própria moeda.

A única opção à prova de volatilidade é o USDN (Neutrino). Embora o ROI possa variar dependendo do preço do ativo subjacente (WAVES), as recompensas são transferidas diariamente em USDN estável, protegendo automaticamente o risco do detentor.

2) Risco de fechamento do projeto.

Existem mais de 5000 moedas e tokens listados no CoinMarketCap – e o setor claramente não precisa de tantos. O CEO da Ripple Brad Garlinghouse recentemente previu que apenas 30 projetos serão realizados a longo prazo.

Se a solução tecnológica apoiada por uma determinada moeda de apostas não for bem-sucedida, o mercado perderá o interesse nela.

3) riscos de contrato inteligentes.

Cada moeda tem seu próprio contrato inteligente – e qualquer vulnerabilidade pode ser explorada por hackers.

4) Riscos do servidor.

Os prestadores de serviços de Staking hospedam seus nós de validação em servidores de terceiros – e esses podem quebrar ou sofrer ataques.

É muito cedo para dizer se o Staking como ferramenta de investimento ainda será viável dentro de alguns anos. Existe o risco de que os golpistas possam invadir o mercado, desacreditando todas empresas – exatamente como aconteceu com as ICOs e a mineração em nuvem.

Por enquanto, qualquer pessoa que esteja disposta a correr riscos faria bem em manter as moedas stablecoins e as principais moedas PoS – mesmo que moedas menores possam oferecer uma taxa de recompensa nominal mais alta.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Carvão e tecnologia blockchain

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...

Tone Vays: “investir em DeFi é idiotice”

Em uma recente entrevista para o canal russo Forklog o famoso trader e defensor do Bitcoin Tony Vays, falou sobre como é investir no...

Últimas notícias

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...

Grupo de hackers atacavam gamers para roubar Bitcoin

Um grupo de hackers baseado na China atacavam vários gamers em um elaborado plano. As autoridades que investigavam o grupo aponta que há anos...

Doações de Bitcoin começam a chegar para combater queimadas no Pantanal

Algumas doações em Bitcoin começam a chegar para apoiar o combate às queimadas no Pantanal. O dinheiro está sendo arrecadado em uma campanha pela...