Criador do Ethereum recebe 25 trilhões de criptomoeda, vende tudo e faz preço despencar 67%

Tal criptomoeda, SHIT está ligada a um projeto de NFT chamado ShitBeast (besta da merd*) criado por ShitDeployer (implementador da merd*), ou deus da merd*, como prefere ser chamado. Portanto, é uma shitcoin que finalmente admite ser uma.

Criador do Ethereum Vitalik Buterin
Criador do Ethereum, Vitalik Buterin

Mesmo implorando para que investidores não lhe enviem criptomoedas, a carteira de Vitalik Buterin continua recebendo doações de shitcoins. O motivo é a facilidade de encontrar seu endereço através do nome vitalik.eth, usada como uma espécie de marketing para tais projetos.

No passado, o fundador do Ethereum despejou US$ 6,7 bilhões em Shiba Inu (SHIB) no mercado em uma “missão no estilo James Bond”, como ele mesmo descreveu.

Já na madrugada desta quinta-feira (4), Buterin vendeu 25 trilhões de SHIT (merd*, em inglês), recebendo cerca de 33 mil dólares (R$ 172.000) em troca.

Apesar do gênio por trás do Ethereum não ter divulgado informações sobre o que fará com o montante, é difícil imaginar que vá usá-lo para benefício próprio. Afinal, além de doar os bilhões de dólares em SHIBA para o combate à Covid-19, o jovem também devolveu criptomoedas que recebeu de um hacker em junho deste ano.

Token SHIT despencou 67%

Com a venda de 25 trilhões de I will poop it NFT (SHIT), representando 25% da oferta total da criptomoeda, seu preço despencou 67% em menos de uma hora.

Vitalik Buterin provoca queda de 67% em shitcoin. Fonte: TradingView.

Tal criptomoeda, SHIT está ligada a um projeto de NFT chamado ShitBeast (besta da merd*) criado por ShitDeployer (implementador da merd*), ou deus da merd*, como prefere ser chamado. Portanto, é uma shitcoin que finalmente admite ser uma.

Segundo informações do U.Today, tais tokens permaneceram na carteira de Vitalik por 60 dias após serem enviados a ele por um usuário chamado pieceofshit (pedaço de merd*).

Pela venda dos 25 trilhões de SHIT, o fundador do Ethereum conseguiu cerca de 20 ETH, trocados por 33.138 USDC (R$ 172 mil) na mesma transação da exchange descentralizada Uniswap.

Por fim, a carteira de Vitalik Buterin já possui 584 tokens. A maioria são golpes se passando por grandes empresas como Nike, Google e Samsung, sem nenhum valor.

Por não ter comentado sobre a venda dos tokens, é possível imaginar que seu foco esteja na migração do Ethereum para Proof-of-Stake, programada para o próximo mês. Tal atualização é esperada há 7 anos pela comunidade e promete agitar o mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias