68% dos americanos investidores em criptomoedas começaram a investir em 2021, diz Huobi

Pessoas segurando criptomoeda bitcoin
Pessoas segurando criptomoeda bitcoin

Um relatório realizado pela Huobi, uma das maiores exchanges do mundo, aponta que 68% dos investidores de criptomoedas entraram no mercado no ano passado. No total 3.144 americanos adultos foram abordados para responder as perguntas.

Já outra pesquisa, agora publicada pela Grayscale, apontou que 77% dos investidores de Bitcoin começaram em 2021. Desta forma, os relatórios publicados por empresas diferentes mostram quase o mesmo resultado.

Além disso, a Huobi também traz outros dados que nos ajudam a entender o mercado. Como os montantes investidos, casos de uso e quais são os meios utilizados para obter informações, entre outros.

Mais da metade começou a investir em criptomoedas 2021

Primeiramente, a pesquisa realizada pela exchange Huobi aponta que 47% das pessoas não possuem criptomoedas e não pretendem. Já 25% delas não possuem porém pretendem e, por fim, 28% dos americanos possuem criptomoedas.

Este é um número bastante expressivo, afinal o país possui cerca de 250 milhões de adultos, ou seja, 70 milhões possuem criptomoedas.

Já entre os que investem em criptomoedas, 68% deles começaram em 2021. Esta recente adoção pode estar ligada a acontecimentos como a aprovação do primeiro ETF de Bitcoin nos EUA, bem como por investimentos realizados por bilionários como Elon Musk e Tim Cook.

Quando as pessoas começaram a investir em criptomoedas. Fonte: Huobi

Outro ponto que pode ter induzido mais pessoas a comprarem criptomoedas como Bitcoin é a busca por uma proteção contra a inflação, que está no pico mais alto dos últimos 40 anos nos EUA.

Completando a informação, a pesquisa aponta que 46% dos entrevistados investiram montantes pequenos, de até 1.000 dólares. Isso é ótimo, afinal até mesmo o CEO da maior exchange do mundo recomenda que as pessoas comecem com pouco e então aumentem suas posições caso gostem destes ativos.

Quantidade de dinheiro investida em criptomoedas

Promessas do setor e outros dados

Indo além, o relatório também aponta que 19% das pessoas já acreditam que as criptomoedas transformarão a definição sobre o que é o dinheiro. Apesar disso, 23% delas ainda acreditam que seja uma bolha ou golpe.

Quanto as moedas mais conhecidas, o Bitcoin (BTC) segue disparado no topo, seguido pela Dogecoin (DOGE) com um valor menos expressivo e em terceiro lugar está o Ethereum (ETH).

Em relação aos setores com mais potencial, boa parte dos entrevistados apontou que acredita que NFTs, DeFi e metaverso vieram para ficar. Embora estas palavras estejam na moda, é muito provável que bons projetos sejam duradouros e cresçam ainda mais.

Por fim, esta pesquisa nos mostra que os investidores de criptomoedas já são um grande número e com isso grandes empresas e bancos precisam se adaptar a esta demanda. Como exemplo, Visa e Bank of America já estão cientes disso e estão tentando explorar este setor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias