Inicio Ethereum Aplicativo na Google Play rouba criptomoedas de usuários

Aplicativo na Google Play rouba criptomoedas de usuários

-

Compartilhe
Aplicativo roubava criptomoedas no Android

O Google descobriu um malware responsável pelo roubo de criptomoedas em smartphones. O ataque acontecia através de um aplicativo disponível na Google Play. Com milhões de usuários que utilizam o sistema Android em seus smartphones, o ataque poderia ter feito milhares de vítimas em todo o mundo.

Segundo o Google, uma ferramenta maliciosa estava se passando pelo MetaMask. Dessa forma, os usuários não poderiam saber que estavam sendo atacados, já que muitos pensaram que era original o aplicativo descentralizado oferecido na plataforma Google Play. Sendo assim, o malware tentou fazer diversas vítimas através desse aplicativo, roubando criptomoedas de investidores que acessam suas contas através de smartphones.

Ataque de malware aconteceu através de aplicativo da rede Ethereum

O MetaMask é o aplicativo descentralizado (D’App) mais antigo em operação da rede Ethereum. Com o ataque, diversas informações podem ter sido acessadas pelos criminosos que aplicaram o golpe. Por outro lado, o ataque não afeta diretamente a rede Ethereum. O aplicativo MetaMask possui completa autonomia, mesmo funcionando através da blockchain da rede da segunda maior criptomoeda do mercado atualmente.

O ataque foi descoberto pelo Google recentemente que decidiu excluir o aplicativo. A descoberta só foi possível graças ao comunicado da ESET à empresa. Na última sexta-feira (8), a empresa especialista em segurança na internet publicou um comunicado sobre a descoberta. Desse modo, foi através da empresa que o Google pode identificar o problema, que roubava dados de usuários em busca de acessar carteiras contendo criptomoedas.

Aplicativo MetaMask já foi atacado por criminosos outra vez

Existem diversos tipos de ataques envolvendo o roubo de criptomoedas. Cada vez mais hackers se especializam nesse tipo de crime. De exchanges à criptomoedas, várias empresas já foram atacadas, inclusive a rede Ethereum. Contudo, esse não foi o primeiro ataque sofrido pelo aplicativo Metamask.

Um dos primeiros problemas enfrentados pelo aplicativo aconteceu em julho de 2018. Após a versão original do Metamask ser retirada do Google Play, vários aplicativos falsos foram disponibilizados na plataforma. Isso fez com que usuários acessam os aplicativos maliciosos acreditando que aquela aplicação fosse a verdadeira. Segundo uma verificação do próprio aplicativo, essa confusão aconteceu de forma acidental e teve o envolvimento de desenvolvedores do Google.

Em busca de criar mais segurança para seus usuários, o MetaMask decidiu lançar uma aplicação móvel em novembro de 2018. Porém, esse aplicativo foi o que recebeu o recente ataque.

Segundo a ESET, o ataque envolvendo o MetaMask aconteceu através da modalidade “clipper”. Os criminosos acessavam dados dos usuários de contas envolvendo a criptomoedas Ethereum (ETH). Enquanto os usuários realizavam operações, rooubo de chaves privadas e até mesmo alterações em endereços de transferências podiam ser realizados através do ataque. Endereços envolvendo transações de Bitcoin (BTC) também podem ter sofrido com a invasão do aplicativo MetaMask da rede Ethereum.

XDEX:Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado.Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Visa, Uber e Paypal vão apoiar a criptomoeda do Facebook

A criptomoeda do Facebook ganhou importantes aliados, como a Visa, Uber e Paypal. As três empresas anunciaram que apoiam a GlobalCoin. A previsão é...

Innova Mine: A cidadela da mineração e trade de criptomoedas

A Innova Mine é um novo projeto da indústria de criptomoedas que opera um modelo de negócios revolucionário. A empresa está sediada na Austrália...

Bitcoin atinge mais de 1 milhão de usuários ativos diariamente

O Bitcoin bateu mais um recorde em 2019, além de atingir preços não vistos desde maio de 2018, superando a marca de US $ 9.000,...

Bitcoin ganha destaque em novo modelo de política econômica no Brasil

Um avanço na modernização econômica do Brasil cita o bitcoin. Além da criptomoeda, a tecnologia blockchain faz parte do que seria uma nova ação...

Facebook lançará testnet do projeto Libra na próxima semana

O aguardado projeto da criptomoeda do Facebook, que está há mais de um ano em desenvolvimento, será divulgado no início da próxima semana. O Facebook...

O preço do Bitcoin vai ultrapassar U$ 10 mil essa semana?

Vários rumores sobre o futuro do preço do Bitcoin tem surgido com a nova alta do último fim de semana. Além disso, visões otimistas...

Preço do bitcoin subiu 15%: confira a análise semanal da criptomoeda de 9 a 14 de junho

O preço do bitcoin vivenciou momentos importantes na semana. A análise mostra a seguir que uma variação de cerca de 15% foi observada entre...

Mercado Livre aceitará criptomoeda do Facebook como forma de pagamento

O Mercado Livre está trabalhando com o Facebook no projeto de criptomoeda Libra, de acordo com uma confirmação de um executivo da empresa de e-commerce...

Bitcoin pode valer U$ 13.500 em poucas semanas

O Bitcoin novamente pegou o criptomercado de surpresa ao romper a marca de U$ 9 mil por unidade. Com isso, a valorização do Bitcoin...
 

COMENTÁRIOS

Compartilhe