Bitcoin cai R$ 2.300 e a culpa pode ser de uma pirâmide

Pirâmide chinesa liquidando bitcoins por preços baixos

Siga no

Poucas horas depois de 13.000 bitcoins terem sido liquidados em serviços mixagem, o preço do bitcoin despencou US $ 500 ( R$ 2.313,50 ). O problema é que quem está por trás dos bitcoins é a pirâmide financeira PlusToken, conhecida como um dos maiores golpes no mercado de criptomoedas.

Os responsáveis pelos fundos utilizaram vários mixers para liquidar os bitcoins. Um mixer é um serviço que “mistura”os bitcoins com outros, “embaralhando” as transações para quem tente rastreá-los. Isso é, os golpistas por trás da empresa não querem ser identificados.

Quedas de preços relacionadas com altos volumes de negociação de bitcoin não são novidades. No ano passado o Livecoins noticiou que uma movimentação de um bilhão de dólares em Bitcoin fez o preço da moeda cair 15%. A estimativa é que a PlusToken ainda tenha mais de 160 mil bitcoins.

Bitcoin caiu 4% após transação

Antes da transação, a moeda digital estava sendo negociada por US $ 9.100, isto significa que os 13 mil bitcoins foram vendidos por nada mais nada menos que 118 milhões de dólares, ou, na conversão para reais, R$ 545.986.00.

Não é a primeira vez a que os detentores dos bitcoins roubados pela PlusToken são despejados no mercado. Em novembro do ano passado, por exemplo, um único endereço da pirâmide havia liquidado mais de 22.000 BTC (R$ 668.518.488,00 ), ou seja, 1.100 BTC ( R$ 33.425.924,00 ) por dia.

Isso representa apenas 11,8% dos 187.000 BTC que a PlusToken tinha sob posse.

bitcoin queda hoje

Em dezembro também os responsáveis pelos fundos liquidaram 105 milhões em bitcoin, eles usaram serviços de mixagem para não serem encontrados.

PlusToken vendeu 13.000 bitcoins nas últimas 24 horas

Um dos diversos analistas de criptomoedas que monitoram as carteiras da PlusToken observou que os autores por trás do esquema movimentaram 13 mil bitcoins.

A PlusToken é considerada a maior pirâmide financeira com criptomoedas que o mercado já viu. A empresa se apresentava como um serviço de carteira e investimento, mas não passava de um esquema ponzi.

Com o golpe, milhões de clientes enviaram bitcoins para a carteira do esquema, assim, durante o tempo em que funcionou, conseguiu arrecadar mais de 200.000 bitcoins, além de outras criptomoedas.

Quando os golpistas conseguem misturar com sucesso seus bitcoins ilícitos, eles são então despejados no mercado, geralmente por preços mais baixos que o atual, fazendo o preço geral cair.

Bitcoin e ações da Tesla são as maiores bolhas do mercado, dizem investidores

Não é de hoje que as criptomoedas, especialmente o Bitcoin, são definidos por alguns investidores como bolhas do mercado. Recentemente o banco alemão Deustche...

Ex-jogador do Real Madrid é o primeiro a assinar contrato pago com Bitcoin

O Bitcoin continua se tornando uma ferramenta para diferentes tipos de pagamentos, e não estamos falando apenas de transferências entre duas pessoas, já que...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ex-jogador do Real Madrid é o primeiro a assinar contrato pago com Bitcoin

O Bitcoin continua se tornando uma ferramenta para diferentes tipos de pagamentos, e não estamos falando apenas de transferências entre duas pessoas, já que...

Versículo da Bíblia é gravado no bloco 666.666 da blockchain do Bitcoin

Quando falamos em Bitcoin, dificilmente iremos associar a criptomoeda com algo relacionado a Bíblia. Contudo, há quem diga que o Bitcoin pode ser a...

Podcast AlterTalks sobre criptomoedas e economia começa no Brasil

A comunidade brasileira de criptomoeda acaba de ganhar um novo podcast sobre criptomoedas, o AlterTalks. Co-criado pelo fundador da Alter, fintech ligada ao criptomercado,...

Empréstimos DeFi com Peso Argentino? Startup lança novidade que pode chegar ao Brasil

A startup argentina Ripio Credit Network inovou mais uma vez no mercado latino americano de criptomoedas. Isso porque, nos últimos dias foi lançado o...