Bitcoin veio para ficar, diz CEO do Morgan Stanley

Em março deste ano, o banco começou a oferecer acesso a fundos de Bitcoin para seus clientes. Atualmente vários bancos estão correndo contra o tempo para tentar segurar clientes, que desejam investir em criptomoedas, ao oferecer tais serviços.

Morgan Stanley Building. Imagem: Wikimedia
Morgan Stanley Building. Imagem: Wikimedia

James Gorman, CEO do Morgan Stanley, adotou uma postura oposta a de seu concorrente Jamie Dimon, CEO do JPMorgan. Durante uma conferência sobre os resultados trimestrais da empresa, Morgan afirmou que o Bitcoin veio para ficar.

Mesmo não tendo certeza sobre o preço do Bitcoin, Gorman afirmou que ele não é uma moda. Discurso parecido com o do presidente da Rússia, Vladimir Putin, que afirmou que embora o Bitcoin ainda seja muito novo, tem muito potencial.

Hoje os clientes do Morgan Stanley já podem investir em Bitcoin através de dois fundos de investimento. Este é mais um banco que está apostando na tecnologia conforme a procura pela moeda só aumenta.

Criptomoedas não vão sumir

Ao contrário de Jamie Dimon, James Gorman mostrou-se interessado nas criptomoedas, em especial na tecnologia por trás dela, a blockchain. Segundo o CEO do Morgan Stanley, as criptomoedas vieram para ficar.

“Eu não acho que as criptomoedas sejam uma moda passageira. Eu não acho que elas vão sumir”

Muitas empresas estão focando em soluções de blockchain para trazer mais transparência, segurança e também diminuir custos de operações. Seu uso já vem sendo oferecido por grandes empresas como IBM, Microsoft e Amazon, além de estar sendo testado por outras, na outra ponta, como usuários.

Embora James Gorman afirme que não saiba qual valor o Bitcoin deveria ter, talvez por conta das suas grandes oscilações de preço devido a um mercado totalmente livre globalmente, ele afirma que as criptomoedas vieram para ficar.

“Eu não sei qual valor o Bitcoin deve ou não deve ter. Mas essas [criptomoedas] não vão sumir, e a tecnologia blockchain que dá suporte a elas, ela é obviamente muito real e poderosa.”

Clientes do Morgan Stanley já podem investir em Bitcoin

Em março deste ano, o banco começou a oferecer acesso a fundos de Bitcoin para seus clientes. Atualmente vários bancos estão correndo contra o tempo para tentar segurar clientes, que desejam investir em criptomoedas, ao oferecer tais serviços.

Outro relatório apontou que mais da metade dos maiores 100 bancos estão investindo em Bitcoin ou empresas com soluções de blockchain. Este é um marco da adoção desta nova tecnologia, que pretende ser tão impactante quanto o crescimento da internet.

Por fim, por hora o mundo aguarda uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin que poderá ocorrer ainda este mês. Podendo trazer mais dinheiro de instituições, que buscam uma melhor segurança em termos regulatórios, para o setor das criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias