CFO afirma que Paypal não tem interesse em criptomoedas

É como olhar um furacão vindo em sua direção e negar que ele irá lhe destruir.

-

Siga no
Anúncio

Certamente as criptomoedas ganharam destaque no mundo todo, principalmente como meio de pagamento. Entretanto, o CFO de uma grande empresa mostra resistência, ao afirmar que o Paypal não tem interesse em criptomoedas.

Além disso, a fala chama atenção para o fato que pelos últimos dois anos a empresa foi superada pelas moedas digitais. Desde 2017, o volume de pagamentos feitos com Bitcoin supera o Paypal.

Paypal não tem interesse em criptomoedas no atual momento?

Certamente o Paypal é uma grande empresa ligada ao setor de pagamentos. Vários websites adotam essa modalidade para receber por produtos e serviços. Entretanto, na era da tecnologia, nenhum reinado pode ser considerado permanente por muito tempo.

Anúncio

Isso porque as inovações com fintechs, e startups, estão a todo vapor construindo ferramentas novas, com custos atrativos.

Mas para o CFO do Paypal as criptomoedas ainda não são uma realidade para essa empresa. Entretanto, algo que fica claro é que as portas não estão fechadas para o assunto.

No último dia 07 de maio, o CFO John Rainey concedeu uma entrevista ao Yahoo Finance. Foi dito que “temos times claramente trabalhando em blockchain e criptomoedas também, e queremos participar disso de qualquer forma no futuro”. Ao que acrescentou:

eu só acho que é um pouco cedo agora.

Paypal investiu na Uber e está lutando para aumentar adoção

Rainey ainda afirmou que pretende construir uma plataforma de pagamentos junto com a Uber, gigante mundial de transportes. Além disso, para viabilizar a parceria o Paypal realizou um investimento de U$ 500 milhões na Uber.

Outro fato que achamou atenção é que o Paypal conseguiu uma patente relacionada aos ransonwares. Além disso, em 2018 a empresa apresentou um projeto ligado as criptomoedas, de modo a acelerar transações destas.

Na reunião de Davos em janeiro de 2019, o CEO da empresa realizou um ataque ao Bitcoin (BTC). Na visão da empresa na época, o “BTC não está sendo popular entre comerciantes”. Finalmente, fica claro que no momento a empresa não está neste mercado, mas é questão de tempo até sua entrada no setor.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Últimas notícias

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Primeira exchange a listar a brasileira Hathor HTR

A tecnologia brasileira da blockchain Hathor vem chamando cada vez mais atenção da comunidade global e já entrou nos Estados Unidos e na Ásia,...