CFO afirma que Paypal não tem interesse em criptomoedas

É como olhar um furacão vindo em sua direção e negar que ele irá lhe destruir.

Siga no

Certamente as criptomoedas ganharam destaque no mundo todo, principalmente como meio de pagamento. Entretanto, o CFO de uma grande empresa mostra resistência, ao afirmar que o Paypal não tem interesse em criptomoedas.

Além disso, a fala chama atenção para o fato que pelos últimos dois anos a empresa foi superada pelas moedas digitais. Desde 2017, o volume de pagamentos feitos com Bitcoin supera o Paypal.

Paypal não tem interesse em criptomoedas no atual momento?

Certamente o Paypal é uma grande empresa ligada ao setor de pagamentos. Vários websites adotam essa modalidade para receber por produtos e serviços. Entretanto, na era da tecnologia, nenhum reinado pode ser considerado permanente por muito tempo.

Isso porque as inovações com fintechs, e startups, estão a todo vapor construindo ferramentas novas, com custos atrativos.

Mas para o CFO do Paypal as criptomoedas ainda não são uma realidade para essa empresa. Entretanto, algo que fica claro é que as portas não estão fechadas para o assunto.

No último dia 07 de maio, o CFO John Rainey concedeu uma entrevista ao Yahoo Finance. Foi dito que “temos times claramente trabalhando em blockchain e criptomoedas também, e queremos participar disso de qualquer forma no futuro”. Ao que acrescentou:

eu só acho que é um pouco cedo agora.

Paypal investiu na Uber e está lutando para aumentar adoção

Rainey ainda afirmou que pretende construir uma plataforma de pagamentos junto com a Uber, gigante mundial de transportes. Além disso, para viabilizar a parceria o Paypal realizou um investimento de U$ 500 milhões na Uber.

Outro fato que achamou atenção é que o Paypal conseguiu uma patente relacionada aos ransonwares. Além disso, em 2018 a empresa apresentou um projeto ligado as criptomoedas, de modo a acelerar transações destas.

Na reunião de Davos em janeiro de 2019, o CEO da empresa realizou um ataque ao Bitcoin (BTC). Na visão da empresa na época, o “BTC não está sendo popular entre comerciantes”. Finalmente, fica claro que no momento a empresa não está neste mercado, mas é questão de tempo até sua entrada no setor.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
dolar rasgado e Bitcoin. Imagem: ShutterStock

Volume de transferências com bitcoin em 2021 deve superar PIB dos EUA

Pela primeira vez em menos de sete meses, o volume total de transferências com bitcoin ultrapassou US $ 15,8 trilhões. Como resultado, o volume...
CEFI vs DEFI

DeFi vs CeFi: Finanças Centralizadas vs Finanças Descentralizadas

Finanças descentralizadas (DeFi) são uma das fatias mais cobiçadas da indústria de blockchain hoje, mas a ideia em si tem origens muito mais humildes. Na verdade,...
Tokyo 2020

Emissora usa imagem do Bitcoin para representar El Salvador nas Olimpíadas de Tóquio

As Olimpíadas de Tóquio começaram oficialmente nesta sexta-feira (23), em meio às restrições da pandemia e atraso de um ano. O evento começou com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias