Comissária da SEC pede urgência de regulação clara sobre criptomoedas

Adoção acelerada do Bitcoin pode motivar uma regulamentação mais específica.

Siga no

O bitcoin está no meio de uma onda de adoção institucional, e para garantir a fluidez do momento, a comissária da SEC, Hester Peirce, pediu por uma regulamentação urgente com muito mais clareza em relação ao mercado de criptomoedas.

Recentemente a Tesla anunciou a alocação de parte das suas reservas em bitcoin, e o BNY Mellon, mais antigo banco dos EUA, também disse que custodiará a criptomoeda para seus clientes. Com nomes tão grandes envolvidos, é fácil entender a necessidade de garantir uma regulamentação mais clara para evitar problemas futuros e, principalmente, para incentivar que mais investidores deste porte adotem a moeda.

É justamente por causa dessa necessidade que a comissária da SEC, Hester Peirce, popularmente conhecida ‘Crypto Mom’, disse em entrevista à Reuters que é preciso uma clareza regulatória urgente.

“Não é apenas porque há vários investidores pedindo por mais clareza, mas também porque é um momento em que outros mercados parecem estar com um olhar renovado sobre o Bitcoin”

A clareza regulatória também é muito importante para que o mercado financeiro dos EUA não fique de fora dessa nova onda de investimentos. O bitcoin é um mercado bilionário e com muito potencial de crescimento, sendo assim, dificultar que esse dinheiro seja movimentado dentro do mercado dos EUA é um erro.

“Isso acrescenta a urgência de tomarmos alguma ação nessa área para providenciar mais clareza.”

Hester sempre foi uma defensora do bitcoin, desde do primeiro boom de 2017 ela pedia por uma regulamentação positiva sobre a criptomoeda, facilitando o investimento de players em diferentes ecossistemas.

Adoção acelerada do Bitcoin pode motivar uma regulamentação mais específica

Recentemente a comunidade de criptomoedas vem chamando a atenção para como o bitcoin vem evoluindo no setor institucional, que por sua vez também aquece o mercado varejista. Em um recente tuíte, um dos membros conhecidos do criptomercado destacou que a semana do bitcoin foi bastante movimentada:

“Grande semana para o Bitcoin: Tesla anuncia que o Bitcoin vai fazer parte das suas reservas, Twitter está estudando uso do Bitcoin, Mastercard está integrando com criptomoedas, BNY Mellon vai custodiar Bitcoin. Uma semana no Bitcoin parece um ano em todos os outros lugares.”

Yano Twitter
Yano Twitter

Com tanto interesse, é importante e iminente que diferentes governos busquem regulamentar a criptomoeda. O problema é o nível de regulamentação e o que cada governo pretende com essas regras, controlar o bitcoin ou garantir a segurança dos investidores?

Vale ressaltar que o bitcoin ainda não é “grande demais para falhar” e por isso é preciso sempre tomar cuidado com esse tipo de controle, como já foi alertado antes por um professor de Harvard. 

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias