Criptomoeda criada com ajuda do ChatGPT dispara 2.600% em apenas dois dias

A jornada pode ser acompanhada tanto pelo Twitter quanto pelo YouTube do criador do projeto.

Com um orçamento de 69 dólares, um usuário chamado Rhett Mankind pediu ajuda do ChatGPT para criar “a próxima grande criptomoeda meme” do mercado.

Talvez pela febre das memecoins após a explosão da PEPE, o projeto de Mankind parece estar indo muito bem. Em menos de dois dias, o preço de sua criptomoeda já cresceu mais de 2.600%, chegando a um valor de mercado de R$ 200 milhões. Nada mal para uma brincadeira.

A jornada pode ser acompanhada tanto pelo Twitter quanto pelo YouTube do criador do projeto.

Usuário documentou processo de criação da memecoin

Em uma série de tuítes, publicados a partir do dia 23 de abril, Rhett Mankind documentou sua interação com o ChatGPT e o Midjourney para introduzir mais uma memecoin no mercado.

“Você é o MemeCoinGPT, uma IA gênio das criptomoedas capaz de superar todo o hype atual das memecoins”, escreveu Mankind ao ChatGPT-4. “Você tem US$ 69 e seu objetivo é transformar isso na nova maior memecoin de sucesso, chegando ao top 300 no CoinGecko.”

Seguindo a conversa, o ChatGPT então sugeriu 10 nomes para o projeto. Por se tratar de uma memecoin, animais como girafa, guaxinim e raças de cachorro marcaram presença.

“Um nome bem escolhido pode contribuir para o sucesso da moeda ao capturar a imaginação de potenciais usuários e investidores”, notou o ChatGPT.

Com ajuda de seus seguidores do Twitter, o nome escolhido foi TurboToadToken (TTT). Ou seja, “token do sapo turbo”, em tradução literal. Mais tarde, eles também escolheram um nome para o mascote, chamando-o de Quantum Leap (Salto Quântico).

Desenvolvimento também contou com ajuda do Midjourney

Com um nome e um mascote, Mankind recorreu ao Midjourney, outra inteligência artificial, para criar o personagem.

“O GPT-4 descreveu o mascote, carinhosamente conhecido como Salto Quântico, como um sapo futurista. Eu mesclei isso com os 4 principais estilos no Midjourney.”

Após escolherem o mascote do canto superior direito, Mankind voltou para o ChatGPT para cuidar dos aspectos econômicos de sua moeda, popularmente chamado de “tokenomics”. Outro ponto escrito pela IA foi o próprio whitepaper do projeto, uma espécie de documento técnico.

Após ensinar Mankind a programar um contrato inteligente, o projeto parecia pronto. Como sugestão final, o ChatGPT recomendou uma auditoria do código, que foi realizada em seguida pelos seguidores do experimento.

Projeto ultrapassou o orçamento, mas parece ter compensado

Finalizando, Mankind aponta que os 69 dólares não foram suficientes já que precisou gastar US$ 140 em taxas de rede. No entanto, hoje o TurboToadToken (TTT) já possui um valor de mercado de R$ 200 milhões, algo surpreendente.

“Lançamento da mais nova memecoin. Construída do zero com o GPT-4 e pouco conhecimento de codificação blockchain”, comemorou Mankind.

Memecoin criada com ajuda de IA valorizou 2.600% nos últimos dois dias. Dexscreener.

Por fim, o criador do experimento usou o ChatGPT e o Midjourney para criar um site para sua memecoin. No momento desta redação, o TTT já possui mais de 5.000 detentores.

Rhett Mankind também gravou um vídeo nesta quarta-feira (3) explicando como usou IA para criar uma memecoin de R$ 200 milhões. O conteúdo pode ser assistido abaixo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias