Mineradores começam a leiloar lotes de placas de vídeo, derretendo preços

Embora mineradores antigos já tenham vivenciado este cenário em 2018, como mostrado no gráfico acima, a atual situação é diferente. Além da queda de preços, o Ethereum também está prestes a abandonar a mineração por placas de vídeo.

Placas de vídeo sendo leiloadas por mineradores. Fonte: Twitter / Reprodução.
Placas de vídeo sendo leiloadas por mineradores. Fonte: Twitter / Reprodução.

Embora a mineração de criptomoedas tenha ajudado alguns negócios a sobreviver as restrições da pandemia no ano passado, o quadro mudou drásticamente nestes últimos meses. Agora, com a queda de preços do Ethereum e outras criptos, mineradores estão criando uma enxurrada de placas de vídeo no mercado, derrubando o preço dos produtos.

Além do bear market, outro ponto que pode estar preocupando os mineradores é a migração do Ethereum para Proof-of-Stake (PoS). Programado para ocorrer ainda este ano, a transição fará com que placas de vídeo tornem-se inúteis.

Quanto à taxa de hash do Ethereum, chegou a cair cerca de 15% em relação ao início deste mês. Portanto, este é um bom indicador de que haverá ainda mais GPUs no mercado após a migração, derrubando ainda mais o preço das mesmas.

Mineração, mais volátil que as próprias criptomoedas

Além do setor de mineração ser dependente do preço das criptomoedas, é notável que os períodos de fartura não duram muito. Afinal, novos mineradores entrarão no negócio, até que o retorno não seja mais tão atraente.

No ano passado, uma situação atípica ocorreu. Enquanto governos fechavam estabelecimentos, o preço das criptomoedas disparava. Devido a isso, algumas LAN houses descobriram que a mineração poderia ser uma solução para evitar a falência.

Entretanto, após mais de um ano, a situação mudou drasticamente. Devido à alta concorrência, observável pela dificuldade ou hash rate da rede, e principalmente pelo bear market, a atividade de mineração não está sendo tão lucrativa.

Taxa de hash do Ethereum, mostrando interesse no setor. Fonte: 2Miners

Embora mineradores antigos já tenham vivenciado este cenário em 2018, como mostrado no gráfico acima, a atual situação é diferente. Além da queda de preços, o Ethereum também está prestes a abandonar a mineração por placas de vídeo.

Placas de vídeo começam a ser leiloadas

Devido aos pontos acima, alguns mineradores já começaram a despejar suas placas de vídeos usadas no mercado. Através do Twitter, o usuário Hassan Mujtaba nota que as LAN houses da Ásia e mineradores da China começaram a leiloar grandes quantias de GPUs.

“A inundação de placs de vídeo está aqui.”

Indo além, comenta que as 3060 TI da NVIDIA já podem ser encontradas por 300 dólares, equivalente a R$ 1.550. Como comparação, tal modelo chegou a ser vendido por R$ 7.000 no ano passado, um grande desconto para gamers.

Por fim, é esperado que mais placas de vídeo apareçam no mercado após a migração do Ethereum para PoS. Entretanto, é necessário tomar alguns cuidados na hora da compra, evitando comprar equipamentos que tenham sido expostos a calor excessivo, por exemplo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias