“Operação Faraó” denuncia BraisCompany como possível golpe

De acordo com Tiago Reis, empresa é mais uma pirâmide de Bitcoin. Empresa se defendeu dizendo que permanece firme.

Siga no
Site da Braiscompany, empresa alvo de denúncia pela Operação Faraó alerta
Site da Braiscompany/Reprodução

Tiago Reis é fundador da Suno, com 15 anos de experiência no mercado financeiro ele também é conhecido por denunciar esquemas de pirâmide com a conhecida “Operação Faraó“. A empresa denuncia da vez é a Braiscompany, que se apresenta em redes sociais como a “maior holding de blockchain” da América Latina. Para Tiago Reis, ela não passa de mais uma pirâmide no Brasil.

No site da empresa ainda é compartilhada a informação que o foco dos negócios seriam a criação de aplicações blockchain. Contudo, para Tiago Reis, tudo não passa de uma fachada para um esquema ponzi envolvendo Bitcoin no Brasil.

A sede da empresa é na capital da Paraíba, Campina Grande, com filiais em São Paulo, Fortaleza e João Pessoa. Após as primeiras denúncias do fundador da Suno, moradores da região começaram a enviar denúncias sobre o negócio.

Tiago criou a “Operação Faraó” como uma forma de chamar atenção contra esquemas de pirâmide no Brasil. Ao compartilhar dados sobre os negócios, ele afirma que apenas acelera a queda inevitável dos esquemas ponzi.

Tiago Reis explicou como funciona a Operação Faraó
Tiago Reis explicou como funciona a Operação Faraó/Instagram

Uma das empresas alvo dessa “operação” foi a Midas Trend, que já havia sido denunciada antes por diversos sites. No caso da Braiscompany, a denuncia começou pelo Instagram de Tiago Reis e rapidamente se espalhou pelas redes sociais. Os advogados que representam a empresa negaram que o negócio seja uma fraude.

Os líderes da Braiscompany, vale o destaque, são apresentadores do programa Batalha das Startups (Reality Show da Record News) e recentemente deram uma palestra sobre blockchain no programa. Procuramos a produção do canal para comentar sobre a possível fraude de um dos apresentadores, que inclusive é mentor de startups por lá, mas não houve resposta até o fechamento desta matéria. O espaço continua aberto para manifestação.

“Operação Faraó” denuncia as atividades da Braiscompany e Tiago Reis dispara: “é um esquema ponzi”

Nas últimas 24 horas, uma empresa chamou a atenção de Tiago Reis. Para ele, é certo que a Braiscompany é um esquema ponzi, que promete rendimentos descabidos com Bitcoin. Até o influencer Raiam, que recentemente se envolveu em uma polêmica com a Natura, ajudou a dar voz ao movimento contra a empresa de Campina Grande.

Raiam Santos crava que Braiscompany é pirâmide e pede para que pessoas saquem dinheiro
Raiam Santos crava que Braiscompany é pirâmide e pede para que pessoas saquem dinheiro/Instagram

Para Tiago Reis, no entanto, a possível pirâmide está perdendo força. Segundo denúncias que chegaram a ele, no início da Braiscompany eram oferecidos 15% ao mês para os clientes. No entanto, com a redução da rentabilidade das ofertas, o sinal é perigoso e Tiago pediu que os clientes da empresa saiam do negócio.

Tiago Reis recebeu denúncia que Braiscompany reduziu promessas de rendimento com o tempo
Tiago Reis recebeu denúncia que Braiscompany reduziu promessas de rendimento com o tempo/Instagram

Após o início das denúncias por Tiago Reis, começaram a surgir mais informações sobre os rendimentos fixos mensais. Essa prática, alertou o especialista em finanças que é comum apenas entre pirâmides.

Internauta questionou qual rendimento da Braiscompany há duas semanas, que afirmou ser de 3% ao mês
Internauta questionou qual rendimento da Braiscompany há duas semanas/YouTube

Promessas de rendimentos da Braiscompany seriam fixas, sugerem internautas após denúncia
Promessas de rendimentos da Braiscompany seriam fixas, sugerem/Instagram

Possível relação de líder da Braiscompany com a D9 Clube de Empreendedores

Uma das primeiras pirâmides que usou a imagem do Bitcoin para promover golpes no Brasil foi a D9. O seu fundador, Danilo Dubaiano, hoje vive uma vida de luxo em Dubai com o dinheiro dos ex-investidores do negócio.

De acordo com Tiago Reis, um dos seus seguidores ainda enviou que a Braiscompany tem como líder um ex-líder da D9. Apesar da denúncia anônima, não foi apresentada nenhuma prova do possível envolvimento e nem citado o nome do tal líder.

Tiago Reis, de qualquer forma, classificou as denúncias que recebeu nas últimas horas em seu inbox do Instagram como “coisa pesada”.

Tiago Reis recebeu denúncia que líder da Braiscompany participou da D9
Tiago Reis recebeu denúncia que líder da Braiscompany participou da D9/Instagram

Empresa é acusada de ter promovido criptomoeda estranha para clientes, que estão no prejuízo

Em meio a recente onda contra as supostas atividades fraudulentas da Braiscompany, o Reclame Aqui da empresa acabou vindo a tona. Por lá, a Braiscompany é acusada, por vários clientes, de ter promovido a criptomoeda “Easticoin”.

De acordo com o GAP (Grupo Anti-Pirâmide), em um post há cerca de dois anos, a Easticoin é um golpe claro. Pelo Reclame Aqui da Braiscompany, é possível ver que o cadastro foi feito há oito meses e a maior parte das reclamações têm relação com a “criptomoeda estranha”.

De acordo com informações obtidas por Tiago Reis, até a OAB de Campina Grande foi envolvida na situação. O analista até pediu que os advogados da região pressionassem a Ordem dos Advogados do Brasil para entender qual a relação dela com a empresa. Um dos seguidores de Tiago afirmou que vai denunciar o caso ao Ministério Público.

Ao tomar conhecimento do envolvimento com a suposta pirâmide, a OAB de Campina Grande emitiu uma nota pública na noite desta quarta (9). De acordo com a OAB, uma “empresa de investimentos” usou sua imagem e não há nenhuma relação ou convênio entre as partes. A OAB afirmou ainda que enviou ofício para a empresa, solicitando esclarecimentos sobre o caso.

Nota pública da OAB de Campina Grande explicando a situação com a Braiscompany
Nota pública da OAB de Campina Grande explicando a situação com a Braiscompany/Instagram

Braiscompany se defendeu das acusações através de seu escritório de advogados

De fato a “Operação Faraó” criou uma confusão a ser explicada pela Braiscompany, para a OAB, seus clientes e até para a produção do reality Batalha das Startups. Pelo Instagram, a empresa postou na manhã desta quarta que seus advogados já estavam se preparando para resolver o caso.

Após algumas horas, o escritório se posicionou. Confira a nota da Braiscompany, por meio do escritório Orlando Penha & Associados:

O mistério sobre a denúncia que pesa contra a Braiscompany criou um reboliço com clientes da empresa. Alguns já buscam o saque de aportes, de acordo com Tiago Reis, que se orgulha de atacar pirâmides. Em seu Instagram, ele declarou que tais negócios fraudulentos mancham a imagem do mercado financeiro e arrasam famílias.

A reportagem tentou contato com a Braiscompany, mas o Website estava fora do ar. O espaço fica aberto.

BraisCompany fora do ar
BraisCompany fora do ar

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Minerador de criptomoedas é morto após tentar impedir roubo de equipamentos

A mineração de criptomoedas tem sido ponto de discussão e preocupações em diferentes países, mas em alguns lugares a situação ficou crítica. Na Abecásia,...
Faraó-dos-bitcoins-moisés

Tribunal nega liberdade para o “Faraó dos Bitcoins” e frustra clientes

A liberdade do Faraó dos Bitcoins era um evento aguardado pelos clientes da GAS Consultoria, mas o Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro...

Tom Brady dá 1 Bitcoin para fã devolver bola de Futebol Americano

Tom Brady é um dos maiores nomes da história da NFL e do Futebol Americano, recentemente ele bateu o recorde de ter feito 600...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias