Petroleira entra no metaverso e quer vender gasolina virtual

Posto de combustíveis da Chevron.
Posto de combustíveis da Chevron.

A Chevron, uma das maiores empresas petroleiras do mundo, está entrando no metaverso das criptomoedas. Em sua aplicação, a empresa mostra seu desejo em vender itens como lubrificantes e gasolina virtual através de NFTs.

No pedido de patente encontrado no site USPTO, do governo dos EUA, é possível encontrar as intenções da petroleira, destacamos parte do texto abaixo. Portanto, caso a ideia vire uma moda, possivelmente jogadores precisarão pagar para se locomover também em mundos virtuais.

“Produtos virtuais descarregáveis, nomeadamente produtos de lojas de conveniência, gasolina, combustível, lubrificantes e produtos de energia renovável para uso online e em mundos virtuais online”

Seguindo, o texto aponta que tais itens utilizarão a tecnologia dos tokens não-fungíveis (NFT). Conforme não dita em qual metaverso deseja operar, é possível que seus produtos possam ser utilizados em diversos mundos virtuais.

Gasolina no mundo virtual

Embora a ideia de vender gasolina virtual pareça brincadeira, vale notar que diversas marcas famosas já estão apostando no metaverso tanto para marketing quanto na própria venda de tais produtos virtuais.

Como exemplo, podemos citar a Adidas e a Nike, duas das maiores empresas do setor de calçados. Além disso, a venda de um iate virtual por R$ 3,7 milhões também mostra o potencial deste mercado.

Falando em iates, é notável que eles precisam de combustível para funcionar. Portanto, a entrada da petroleira Chevron pode adicionar mais esta característica do mundo real nestes metaversos.

O grande problema é que o preço de combustíveis, tanto gasolina quanto diesel, está em alta nas últimas semanas, o que levanta questões sobre qual será o seu custo em mundos virtuais. Contudo, isso não deve ser problema para quem pagou R$ 3,7 milhões no iate citado acima.

Mais patentes da Chevron

Além de querer vender gasolina virtual no metaverso, a Chevron também está querendo oferecer colecionáveis digitais a seus clientes. Embora não especifique seu uso, é notável que tais itens podem ser usados como recompensa pela fidelidade de seus clientes tanto no mundo real quanto em virtuais.

“Cripto-colecionáveis e tokens de aplicativos usados e transferidos em software como serviço”

Por enquanto o pedido de patente, enviado no dia 2 de março deste ano, está esperando por análise. Contudo, é provável que seja aceito e que em breve precisaremos pagar por gasolina virtual em alguns jogos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias