Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

Nos últimos anos, agência havia vendido algumas moedas, obtendo lucros grandes com negociações.

Siga no
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin
US Marshals na vigilância do telhado

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital.

De acordo com a empresa, o processo de admissão pela agência de polícia demorou mais de um ano.

“Hoje, após o processo de mais de um ano, temos o orgulho de anunciar que a Anchorage Digital foi selecionada como fornecedora de custódia de ativos digitais e serviços financeiros para o United States Marshals Service (USMS), uma das principais agências de aplicação da lei de Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ).”

Agora, todas as criptomoedas que forem apreendidas em atividades criminosas pela polícia serão enviadas para a empresa. Além de custodiar, a “Anchorage será responsável por fornecer um conjunto completo de serviços de criptomoeda“, informou a empresa em um comunicado de imprensa.

Contrato da polícia americana com empresa para guardar bitcoins apreendidos é de R$ 33 milhões

De acordo com o portal Decrypt, o contrato da Anchorage com a US Marchals é de US$ 6,6 milhões, cerca de R$ 33 milhões.

A reportagem apurou que o departamento do governo dos EUA foi responsável por lidar com bilhões em Bitcoin nos últimos anos, em apreensões feitas por vários órgãos públicos. Uma das mais expressivas é a do Silk Road, que teve 144 mil bitcoins apreendidos, vendidos por US$ 48 milhões em 2017.

Para efetivamente apreender as criptomoedas, os agentes devem resgatar a senha que dá acesso ao saldo de um endereço, processo totalmente diferente de apreender dinheiro em espécie. Claro que o processo de confisco é mais fácil quando a soma está em corretoras, bastando para isso apenas uma ordem judicial.

Mesmo assim, ao contar agora com a ajuda especializada de uma empresa do setor, a polícia dos Estados Unidos demonstra que a atividade de apreender bitcoin é lucrativa, merecendo os devidos cuidados.

Vale o destaque que em abril de 2021, um contrato similar havia sido feito com a empresa BitGo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Criptomoeda suspeita com 69 setilhões de unidades vira tendência no Twitter

O Twitter se tornou um dos principais pontos de reunião e discussão sobre criptomoedas, e por isso muitas vezes vemos nomes famosos do setor...
Marca do Google e moeda de Bitcoin

De olho nas criptomoedas, Google contrata ex-PayPal e considera lançar “Crypto card”

Em conversa com a Bloomberg, Bill Ready, diretor de comércio e pagamentos do Google, confirmou a contratação de Arnold Goldberg, ex-PayPal. Afirmando que "esta...
Minerador de Bitcoin rindo próximo a máquinas

Projeto de lei prevê imposto zero para mineração de Bitcoin no Brasil

O Senado retomará a discussão sobre a regulação de Bitcoin em fevereiro de 2022, com o projeto prevendo imposto zero para equipamentos de mineração...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias