Cresce buscas por Bitcoin no Baidu, buscador chinês

Maior que o Google na China!

-

Siga no
Anúncio

A internet certamente possui milhares de informações espalhadas em sites, portais e blogs. Com a criação dos motores de buscas, usuários conseguem em segundos sanar uma dúvida sobre qualquer tema. Com isso, cresce buscas por Bitcoin no Baidu, um dos maiores em uso na China.

Os chineses utilizam mais esta ferramenta para sanar suas dúvidas. Por lá, o Baidu é maior até do que Google e Yahoo nas buscas, ou seja, é muito utilizado.

Cresce buscas por Bitcoin no Baidu

A China não é um país que é muito amigo do Bitcoin. Entretanto, de acordo com apuração do Baidu Search Index houve um crescimento de busca entre 20 e 26 de abril de 2019.

Anúncio

Além disso, o índice comparou as buscas feitas pelos usuários para os temas Bitcoin, Blockchain e Ethereum. Os resultados são relevantes, principalmente ao considerar que a maior população do mundo possui interesse em criptomoedas.

Certamente o Bitcoin (BTC) teve um período forte de queda de preços. Com isso, em comparação anual as buscas tiveram uma queda de 49% pelo termo. Porém, no período de abril analisado houve melhora de 2%, com cerca de 19 mil buscas diárias pelo termo.

Blockchain e Ethereum foram outros analisados

Outra a ser analisada foi a segunda maior do mercado de criptomoedas, a Ethereum (ETH). Essa teve um número diário de buscas ainda maior do que o BTC. Isso porque mais de 40 mil pesquisas por dia foram realizadas.

Da mesma forma que o Bitcoin, a Ethereum teve uma grande queda em seus preços. Com isso as buscas caíram cerca de 45% no Baidu. Mas na semana analisada, subiram 3%.

Por outro lado, a tecnologia blockchain não possui nenhum problema na China. Por lá o governo incentiva inovação nessa área, claro que sempre de olho em projetos de ICO ou criptomoedas que são proibidos.

Neste sentido, o termo blockchain teve um destaque junto com as demais pesquisas, com crescimento de 4% no período. Entretanto, também em relação ao período de um ano teve queda nas buscas em cerca de 75%.

Google também está de olho na criptoeconomia

Certamente que o Baidu reina na China como o maior buscador, mas o Google ainda é a referência mundial. Esse último que tem estado de olho na criptoeconomia, aumentando as ferramentas disponíveis para o mercado.

No início de abril de 2019, os trends do Google apontaram para um crescimento nas buscas por Bitcoin. Isso mostra que o mercado mundial tem estado de olho nas criptomoedas no mês de abril, até mesmo em países em que o BTC é proibido.

Mercado em queda? Pode até ser que os preços não tenham estado em seus melhores momentos, mas é um fato certo que tem chamado atenção das pessoas.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Verificador de saldo de endereços bitcoin

Verifique o Saldo de Endereços Bitcoin

O Verificador de Saldo de Endereços Bitcoin já está disponível. Desenvolvido no Brasil, o aplicativo permite verificar facilmente o saldo de diversos endereços bitcoin...
ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Últimas notícias

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...