Cresce buscas por Bitcoin no Baidu, buscador chinês

Maior que o Google na China!

Siga no

A internet certamente possui milhares de informações espalhadas em sites, portais e blogs. Com a criação dos motores de buscas, usuários conseguem em segundos sanar uma dúvida sobre qualquer tema. Com isso, cresce buscas por Bitcoin no Baidu, um dos maiores em uso na China.

Os chineses utilizam mais esta ferramenta para sanar suas dúvidas. Por lá, o Baidu é maior até do que Google e Yahoo nas buscas, ou seja, é muito utilizado.

Cresce buscas por Bitcoin no Baidu

A China não é um país que é muito amigo do Bitcoin. Entretanto, de acordo com apuração do Baidu Search Index houve um crescimento de busca entre 20 e 26 de abril de 2019.

Além disso, o índice comparou as buscas feitas pelos usuários para os temas Bitcoin, Blockchain e Ethereum. Os resultados são relevantes, principalmente ao considerar que a maior população do mundo possui interesse em criptomoedas.

Certamente o Bitcoin (BTC) teve um período forte de queda de preços. Com isso, em comparação anual as buscas tiveram uma queda de 49% pelo termo. Porém, no período de abril analisado houve melhora de 2%, com cerca de 19 mil buscas diárias pelo termo.

Blockchain e Ethereum foram outros analisados

Outra a ser analisada foi a segunda maior do mercado de criptomoedas, a Ethereum (ETH). Essa teve um número diário de buscas ainda maior do que o BTC. Isso porque mais de 40 mil pesquisas por dia foram realizadas.

Da mesma forma que o Bitcoin, a Ethereum teve uma grande queda em seus preços. Com isso as buscas caíram cerca de 45% no Baidu. Mas na semana analisada, subiram 3%.

Por outro lado, a tecnologia blockchain não possui nenhum problema na China. Por lá o governo incentiva inovação nessa área, claro que sempre de olho em projetos de ICO ou criptomoedas que são proibidos.

Neste sentido, o termo blockchain teve um destaque junto com as demais pesquisas, com crescimento de 4% no período. Entretanto, também em relação ao período de um ano teve queda nas buscas em cerca de 75%.

Google também está de olho na criptoeconomia

Certamente que o Baidu reina na China como o maior buscador, mas o Google ainda é a referência mundial. Esse último que tem estado de olho na criptoeconomia, aumentando as ferramentas disponíveis para o mercado.

No início de abril de 2019, os trends do Google apontaram para um crescimento nas buscas por Bitcoin. Isso mostra que o mercado mundial tem estado de olho nas criptomoedas no mês de abril, até mesmo em países em que o BTC é proibido.

Mercado em queda? Pode até ser que os preços não tenham estado em seus melhores momentos, mas é um fato certo que tem chamado atenção das pessoas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
Homem jogando dinheiro para cima bilionários do Bitcoin

Usuário compra bitcoin por 11 mil dólares durante flash crash da Binance

Durante uma queda repentina nos preços de várias moedas na Binance americana, onde o Bitcoin chegou a ser negociado por 8.200 dólares por menos...

Bitcoin atingiu novo recorde histórico, o que mudou na rede?

OÉ importante manter a conjuntura Macro clara, e para isso, os indicadores cíclicos continuam atualizar a cada dia que passa junto com o preço...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias