8 países se adequando a tecnologia blockchain

Palavra está na moda entre os governos!

Siga no

Uma tecnologia que surgiu há pouco tempo para governantes do mundo já tem mostrado que veio para mexer com as estruturas vigentes, essa é a Blockchain.

A blockchain é a estrutura por trás das criptomoedas e que serve para guardar informações de forma descentralizada e com características próprias marcantes, como imutabilidade dos dados e segurança feita por criptografia de ponta.

Visto sua relevância para o mundo, muitas empresas já colocaram seus departamentos de tecnologia para conhecer e implementar em seus processos que forem possíveis, como a Mastercard, Facebook, NASA, entre outras gigantes do globo.

Não é só as empresas que querem a blockchain, mas também governos. No Brasil, o BNDES já está trabalhando com a tecnologia. Confira a seguir os oito países que estão se adequando a essa tecnologia com mais entusiasmo.

1. Singapura

Este pode ser em breve o primeiro país a ter uma moeda digital emitida em blockchain por um banco central. O projeto é apelidado de UBIN, sendo que a Autoridade Central de Singapura está empenhada em testar a tecnologia. Querem utilizar seu projeto para pagamentos, com rumores de que poderiam criar uma stablecoin para tokenizar o dólar.

2. Coreia do Sul

O governo está acelerando sua pesquisa junto às startups locais, com foco em implementar a tecnologia no sistema bancário do país. Uma empresa privada chamada Blocko está apoiando a iniciativa com suas soluções blockchain-as-a-service (baas). Há vários testes na área de micropagamentos e votação pela blockchain, sendo um dos destaques do mundo na área.

3. Inglaterra

O Banco da Inglaterra já trabalhou junto com a iniciativa R3 um tempo atrás, sendo que em março de 2018 anunciou que estava estudando a tecnologia blockchain atentamente. O Banco já sugeriu que poderia criar a sua própria moeda digital nacional em um futuro próximo.

4. Emirados Árabes

Os cidadãos de Dubai em breve poderão pagar as taxas escolares, contas de serviços públicos e compras no varejo usando moedas digitais. O país ainda irá adotar uma criptomoeda nacional chamada de Emcash, o que mostra que a postura por lá é bastante positiva.

5. Kuwait

O Banco nacional do Kuwait é parceiro da Ripple, com muito interesse em atuar no setor de remessas financeiras que são fortes na Ásia e Oriente Médio.

6. China

Este país não gosta muito das criptomoedas, mas é bem receptivo ao ideal da blockchain utilizada de forma separada. Os bancos do país já estão experimentando a blockchain para empréstimos.

7. Japão

O Banco Central do Japão está trabalhando junto com o Europeu para conhecer os potenciais dessa tecnologia. Este país até o momento não tem interesse em criar uma moeda nacional e é bem receptivo ao Bitcoin.

8. Canadá

Um estudo sobre as moedas digitais nacionais está sendo conduzido pelo Banco do Canadá, que é cético em relação às criptomoedas mas acredita que poderia ter ganhos com a blockchain. Possui um projeto com a R3, chamado de Jasper, para entender mais sobre o tema.

Quando Satoshi Nakamoto criou o Bitcoin, o fez para evitar governos e empresas envolto a uma filosofia cypherpunk de liberdade através da criptografia, ou seja, ver governos de olho na tecnologia mostra que realmente mudanças já foram sentidas no mundo todo com a força das criptomoedas.

Além desses países, outros que estão sentindo o peso das sanções norte-americanas, como Irã e Rússia, também estão de olho nas criptomoedas.

Várias cidades são parceiras do Bitcoin no mundo, já sendo possível efetuar compras e muito mais em locais interessantes pelos países.

Fonte: CryptoHype

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...