Dois motivos pelos quais as criptomoedas podem falhar, segundo fundador do Twitter

Jack Dorsey, fundador do Twitter e CEO da Block
Jack Dorsey, fundador do Twitter e CEO da Block

Durante conversa com Roelof Botha no Twitter Space, Jack Dorsey, fundador do Twitter, apontou dois motivos que podem fazer com que a adoção das criptomoedas, como o Bitcoin, seja prejudicada nos próximos anos.

Tendo abandonado o cargo de diretor-executivo do Twitter, agora Dorsey está focado no Bitcoin através de sua outra empresa, a Block. Portanto, os dois alertas do bilionário tem a ver com isso.

Resumidamente, Dorsey afirma que, primeiramente, é preciso educar mais pessoas sobre o Bitcoin. Já seu segundo ponto aborda a perda da descentralização com a entrada de empresas de capital de risco.

Críticas ainda afastam usuários de criptomoedas

Em conversa com o ex-diretor financeiro do PayPal, Roelof Botha, Jack Dorsey aponta ser preciso educar as pessoas caso você queira que elas usem criptomoedas.

“Se as criptomoedas continuarem a ser enterradas em muitas críticas, significa que não estamos realizando um ótimo trabalho em mostrar como elas funcionam, educando sobre as críticas que as pessoas têm.”

Por exemplo, treze anos após a criação do Bitcoin, alguns influenciadores ainda acreditam que as criptomoedas sejam usadas por criminosos, já outros acreditam que o Bitcoin seja um esquema Ponzi. Finalizando, há quem acredite que Satoshi Nakamoto é Vladimir Putin, presidente da Rússia.

Sobre debates mais sérios, vale notar que há uma ampla força que critica as criptomoedas pelo seu consumo de energia. Portanto, temos que concordar com Dorsey, é preciso melhorar a reputação do Bitcoin e outras criptomoedas.

Re-centralização das criptomoedas

Já o segundo ponto abordado pelo fundador do Twitter está relacionado a perda da descentralização, principal característica das criptomoedas.

Segundo Dorsey, e indo de encontro com as declarações de Tim O’Reilly, um dos maiores riscos para as criptomoedas é que o Bitcoin, outras criptomoedas e a web 3 sejam controladas por poucas pessoas, acabando com seu motivo de existir.

“Se uma empresa ou um VC (empresa de capital de risco) em particular possui a maior parte desse novo espaço, falhamos completamente. Isso remonta a um modelo centralizado onde as pessoas não o possuem.”

Entretanto, vale notar que esta fala imediatamente recebeu críticas, afinal a conversa foi hospedada pela Sequoia Capital, uma empresa de capital de risco.

Por fim, Dorsey também falou sobre a adoção do Bitcoin fora dos EUA, em especial na América Latina, bem como abordou pontos como o crescimento da lightning network.

Quanto a educação sobre o Bitcoin, esperamos que cada vez mais pessoas aprendam sobre esta tecnologia, como lendo livros sobre o assunto. Afinal, quem estuda as criptomoedas percebe o valor que elas têm.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias