Stablecoin perde paridade com dólar e chega a US$ 1,20 na Binance

A stablecoin TrueUSD (TUSD) chegou a ser negociada por US$ 1,20 na segunda-feira (1) em um momento atípico do mercado. Afinal, quando stablecoins perdem sua paridade com o dólar, geralmente é para baixo.

O motivo da alta pode estar ligado a uma promoção da Binance, a maior corretora do mercado. Após o abandono forçado de sua própria stablecoin, a BinanceUSD (BUSD), a corretora de Changpeng Zhao está promovendo a TUSD.

Portanto, seu pequeno tamanho quando comparado a outras gigantes pode ter influenciado em seu preço. Apesar da alta, o movimento não é um bom sinal já que a função de uma stablecoin é manter-se estável.

Stablecoin TrueUSD (TUSD) chega a US$ 1,20

Quando se fala que uma stablecoin perdeu a paridade ao dólar, isso é motivo de preocupação para qualquer detentor da moeda. Afinal, geralmente isso significa que a stablecoin está valendo menos do que deveria, como aconteceu com a TerraUSD (UST) em 2022 e mais recentemente com a USDCoin (USDC) e a Dai (DAI).

No entanto, a TrueUSD (TUSD) passou pelo contrário na segunda-feira (1). Nos livros da Binance, por exemplo, a stablecoin chegou a US$ 1,20 por um instante.

Par TUSD/USDT mostra que TrueUSD chegou a ser negociada por US$ 1,20 na segunda-feira na Binance.

O motivo pode estar ligado ao lançamento da criptomoeda Sui (SUI). Em suma, a Binance estava dando SUI para quem depositasse BNB e TUSD em seu novo programa de farm.

Devido à baixa liquidez da pequena TUSD, o mercado acabou negociando a stablecoin a um preço premium. Outra criptomoeda que passou por uma situação parecida foi o próprio Bitcoin, que chegou a ser negociado por US$ 56.500 na corretora Bitfinex nesta terça-feira (2).

Setor de stablecoins está passando por grandes mudanças

Conforme seus preços são estáveis, salvando raras exceções como essa, o mercado de stablecoins parece estar sempre igual. No entanto, há muito acontecendo nesta indústria.

Como exemplo, a maior stablecoin do mercado, a Tether (USDT), está próxima de retornar ao seu topo histórico de valor de mercado após passar por uma crise de desconfiança que durou cerca de um ano.

Valor de mercado da stablecoin Tether (USDT) retornando ao seu topo. Atualmente existem US$ 82 bilhões em circulação.

O motivo desta retomada foi o banimento da BinanceUSD (BUSD) pelos EUA, bem como os problemas bancários de sua maior rival, a USDCoin (USDC). Desde março, a USDC já perdeu US$ 14 bilhões, cerca de 14% de seus depósitos.

Stablecoin USDCoin (USDC) passando por sua primeira crise.

Por fim, outra que está crescendo é a própria TrueUSD (TUSD). Hoje a quinta maior stablecoin do mercado, a TUSD já triplicou seu tamanho apenas em 2023. Um dos maiores motivos seria sua estratégia de evitar bancos americanos, mas o apoio da Binance também parece estar ajudando seu crescimento.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias