Binance e Stablecoins, mudanças no Tether e Bitfinex

Stablecoin Tether estaria muito volátil

Siga no

A Binance é a Top 1 em volume no mercado de criptomoedas, que alterou o formato das stablecoins que estão listadas em sua plataforma.

O anúncio saiu do fórum oficial da Exchange, que alterou o mercado de Tether para uma combinação de várias stablecoins.

A partir da alteração, os traders desta plataforma irão perceber a nova cripto estável USDⓈ ao invés do Tether (USDT).

Ainda não foram definidos os pares de negociação que serão negociados nessa nova modalidade de stablecoins, sendo que levarão em conta outras criptos no indíce, como TrueUSD (TUSD) e Paxos (PAX).

A Huobi, exchange concorrente e atual TOP 3 do mercado de acordo com informações do CoinMarketCap, já havia feito alterações nos pares de negociação com stablecoins dentro de sua plataforma.

As mudanças nas grandes operações do mercado cripto estão a acontecer em um momento em que a criptomoeda Tether está sob forte ataque, de forma que uma cesta de várias stablecoins dariam mais suporte a força de um índice, e também menos impacto em caso de o projeto USDT ter um fim trágico.

A Bitfinex é a exchange parceira do Tether, e que deveria ajudar a garantir de forma transparente os fundos da stablecoin, mas recentemente foi verificado que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA estariam de olho em ambas.

Em meio a tudo isso, a Tether anunciou ainda nesta terça, 27 de novembro, que é possível para investidores o resgate através de sua plataforma de moedas fiat, na proporção de 1:1 no USDT para o Dólar.

Ainda na mesma data 27, a Bitfinex anunciou em sua plataforma mais dois novos pares com stablecoins e em fiat money, que são: Tether Euros (EURT) com par Euro; e Tether USDT com par USD. Dessa forma as trocas na plataforma não irão seguir as proporções 1:1.

As stablecoins deveriam, pelo menos em teoria, ser ativos ativos de valor igual a um ativo “real”, e o Tether é lastreado em dólar, mas mesmo assim tem oscilado o ser valor em relação a moeda norte-americana.

No momento da escrita desta o Tether ocupava a 8ª posição, valendo cerca de U$ 0.98 cada unidade.

Fonte: https://coinmarketcap.com/

Recentemente, a rede Tether ficou sem validar transações por várias horas, assunto que deu mais receio a comunidade mundial sobre a iniciativa ser um golpe, ou ainda, um ativo que coloca o mercado em risco. A USDT é uma criptomoeda centralizada, e não tem nada a ver com a visão original de Satoshi Nakamoto sobre dinheiro digital.

Inspirado: cryptovest

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Ethereum queima 1 bilhão de dólares após atualização

A ativação do EIP-1559 ocorreu há 41 dias e hoje o total de ethers queimados chegou a marca de 1 bilhão de dólares, cerca...

Apple proíbe carteiras de NFTs

Ao tentar lançar a sua carteira para dispositivos iOS, a equipe da Gnosis Safe foi impedida de enviar o seu aplicativo para a App...
Palco com destaque a cadeiras e Bitcoin ao fundo Elon

Revista Time coloca Elon Musk, criador do Ethereum e Luiza Trajano em lista de...

A Time Magazine liberou nesta quarta-feira (15) a lista das "100 Pessoas mais Influentes de 2021", dando destaque a Elon Musk e Vitalik Buterin,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias