transações p2p de forma segura

O Bitcoin e demais criptomoedas foram criados para serem descentralizados, e funcionar com transações P2P de forma segura, veja aqui alguns detalhes dessa modalidade.

O que é P2P?

Quando pensamos em utilizar as criptomoedas no dia-a-dia, pagar contas com as mesmas, ou realizar uma compra em sites que aceitam as mesmas, pensamos em transações.

O “criador” do Bitcoin Satoshi Nakamoto, em seu paper, pensou que as transações deveriam se dar em um nível Peer-to-Peer (P2P), ou seja, sem utilização de intermediários nas mesmas.

Porém, com a falta de conhecimento sobre um P2P de confiança algumas pessoas se arriscam, e acabam por levar golpes de pessoas mal intencionadas.

A culpa não é da modalidade P2P, mas sim dos humanos que fraudam uns aos outros, e acabam por tornar algo inovador em uma possível dor de cabeça.

Para tanto, há opções que devem ser analisadas sempre que se for pensar em trabalhar com um vendedor P2P, e esse tema foi debatido na última Bitconf em 2018, inclusive conduzido por três profissionais de referência na comunidade atualmente: Jhonny Rich, Joeldo Holanda e Jéssica Lima, que deram várias dicas ao pessoal da conferência.

 

Uma opção de segurança para ambas as partes, é construir com o tempo uma reputação sólida, e com isso garantir que não haverá problemas, porém isso exige tempo e confiança, ou seja, volta-se a estaca zero para as opções.

Para tanto, voltamos a utilizar uma terceira parte para garantir a segurança das transações, e para isso há opções como Escrow, que podem ser por forma de Smart Contracts ou de um terceiro de confiança de ambas as partes.

Além disso, há a opção de utilizar uma plataforma de intermediação que seja reconhecida pela sua segurança. Atualmente existe a LocalBitcoins, que cada usuário vai construindo uma reputação dentro da mesma.

A Troca Ninja P2P também está com sua reputação em crescimento como plataforma, e pode ser uma ferramenta a mais para se ter em seu portfólio.

A FastP2P também é uma ferramenta que pode auxiliar as pessoas a conseguirem transações com privacidade e segurança.

Já citamos no Livecoins também a P2Plex, portanto atualmente são várias as formas de se negociar e não ter problemas em plataformas, mas lembre-se que aqui não estamos recomendando nenhum serviço, cada um deve estudar muito e conhecer os mesmos para não ter problemas, isso é a nova era de cada um ser o próprio banco e ter responsabilidade sobre as próprias finanças.

A ferramenta do Catálogo P2P ajuda bastante a comunidade a avaliar os P2P de confiança, ou seja, ficar atento ao consenso da comunidade sobre confiança faz parte do cuidado ao avaliar pessoas para essas trocas.

Além disso, na maior comunidade do Brasil foi criada uma lista sobre os P2P de confiança no país, para quem possuir Facebook pode conferir ela aqui neste link.

Cada P2P tem uma forma de trabalhar e um portfólio diferente para atender a seus clientes, portanto, converse com o mesmo em casos de dúvidas e cuidado com perfis falsos nas comunidades online que os mesmos participam.

Este foi um alerta da Jéssica Lima durante sua apresentação, que sofre muito com ataques a sua figura e alertou no evento sobre essas questões, ou seja, verifique sempre e valide com terceiros antes de perder dinheiro com golpistas.

Muitos P2P não pedem confirmação de documentos, portanto essa modalidade de transação também costuma ser com privacidade.

Uma forma de segurança a mais que deve ser evitada é a questão de negociações presenciais, ou seja, carregar quantias em espécie e ir a algum local combinado previamente não traz segurança a nenhuma das partes envolvidas em uma transação.

Por que é importante saber disso?

Estamos em um momento de adoção das criptomoedas no mundo todo, e com esse processo estamos correndo para trocar nossas moedas Fiat por criptomoedas, e de forma segura.

Por tanto, nunca utilize um serviço que não conheça, nunca negocie com pessoas sem reputação, na dúvida busque a comunidade para ter segurança.

O consenso sobre a qualidade da reputação é algo que é muito valorizado na comunidade das criptomoedas, pois um vendedor qualificado dificilmente deixará sua reputação cair para dar um golpe qualquer.

Se recomendo utilizar Exchanges para trocar suas moedas estatais? A situação é a mesma exposta aqui dos P2P, sempre busque ter segurança em suas transações, e saiba que você é o seu banco, logo você tem a sua responsabilidade por suas finanças.

Muitas exchanges já deram golpes e sumiram com as finanças dos usuários, e provavelmente ainda acontecerá novamente, lembre-se disso sempre.

Este tema sempre é debatido no evento Bitconf, e também foi um dos temas da V Bitconf em 2017 na cidade de Brasília, conduzido pelo P2P Rafael Felício esse debate, veja abaixo:

 

Sempre pesquise e estude, fizemos um compilado com várias ferramentas e possibilidades para que aprenda sobre o tema, daqui em diante você está pronto para prosseguir com cautela em próximas transações.