Michael Burry diz que SEC não tem QI para investigar a Coinbase

Sobre os recursos necessários, outro gigante da indústria também se posicionou em relação a isso. Segundo o investidor Mark Cuban, a SEC contratará mais advogados para lidar com questões como essa, e quem pagará a conta serão os cidadãos americanos.

Michael Burry, trader que ficou famoso por ganhar mais de US$ 800 milhões durante a bolha imobiliária de 2008, criticou a Comissão de Valores Mobiliários americana nesta terça-feira (26). Na oportunidade, Burry afirma que a SEC não possui recursos ou QI para investigar a Coinbase.

O alvo da investigação estaria relacionado a listagem de títulos mobiliários pela corretora e a notícia acontece poucos dias após o ex-gerente de produtos ser preso por acusações de insider trading.

Além de Burry, a notícia chamou a atenção de outros gigantes, como Mark Cuban. Outro destaque fica para Cathie Wood, que despejou as ações da Coinbase após as notícias negativas desta semana.

Michael Burry zomba da SEC

Embora a SEC tenha prendido três pessoas envolvidas em insider trading, Michael Burry não acredita que a agência consiga regular a indústria de criptomoedas. Vale lembrar que Burry é um grande crítico do Bitcoin e outras criptos, portanto, pode estar criticando a liberdade do setor.

Famoso por inspirar o filme A Grande Aposta (The Big Short), de 2015, o trader foi curto em suas palavras. Entretanto, sem explicar seu pensamento, conseguiu ofender a SEC de qualquer maneira.

“Tenho certeza de que a SEC não tem recursos ou pontos de QI para fazer isso corretamente”

Michael Burry, famoso trader que inspirou o filme A Grande Aposta, zombando da SEC.

No link de seu tuíte está um artigo da Bloomberg sobre a investigação da SEC sobre a Coinbase, matéria que fez as ações da empresa despencarem.

Sobre os recursos necessários, outro gigante da indústria também se posicionou em relação a isso. Segundo o investidor Mark Cuban, a SEC contratará mais advogados para lidar com questões como essa, e quem pagará a conta serão os cidadãos americanos.

Cathie Wood, terceira maior acionista da Coinbase, vende ações

Em maio a uma maré de notícias negativas, a Ark Invest, empresa de Cathie Wood, despejou mais de um milhão de ações da Coinbase no mercado, cada uma cotada a 58 dólares no momento desta redação. Até então, a Ark era a terceira maior acionista da corretora.

Com isso, suas ações despencaram mais de 30% em três dias de negociações, apresentando uma breve retomada nesta quinta-feira (28) após o Bitcoin voltar a subir após reunião do Fed sobre mudanças na taxa de juros.

Por fim, o futuro da Coinbase parece nebuloso. Por outro lado, a SEC também está sendo criticada, mostrando que as reclamações da exchange, que pede por mais clareza regulatória, fazem algum sentido.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias