O bixo está pegando para a Ethereum

Começo da semana do hard fork!

-

Siga no
Anúncio

A atual terceira maior cripto do mercado começa a semana do início de seu próximo Hard Fork com muitos fatores pesando negativamente, e literalmente o bixo está pegando para a Ethereum.

O próximo hard fork é a esperança para a comunidade desta cripto de que os principais problemas da rede se resolvam, mas mesmo assim alguns fatores não estão ajudando.

O próximo hard fork, que se inicia no dia 16 de janeiro, está sendo questionado pelos mineradores, que afirmam que a próxima atualização da rede poderá matar os mesmos, principalmente se os preços do mercado não crescerem.

Anúncio

Foi apontado pelo CEO da pool de mineração Poolin, ZHU Fa, que a rede pode perder cerca de um terço do hash se os incentivos financeiros forem baixos para os mineradores, que terão que concorrer por menos ETH em cada bloco minerado após o upgrade.

Uma observação importante em relação ao hard fork são os golpes que estão rondando o mesmo, que já foi noticiado pelo Livecoins anteriormente, pois tem algumas possíveis fraudes dizendo que na próxima atualização irão recompensar usuários, e isso não é verdade, pois não haverá criação de uma nova corrente com nova moeda.

Outro fator que está pesando na rede Ethereum nos últimos dias é a quantidade de transações pendentes na blockchain, ou seja, a rede está atualmente congestionada. No momento da escrita deste, mais de 32 mil transações estavam na fila para serem processadas.

Fonte> https://etherscan.io/txsPending

Isso faz com que transações fiquem mais caras e demoradas, um cenário que após o dezembro de 2017 quer ser evitado por vários traders. Em uma rede repleta de dApps, isso pode ser muito ruim.

Outro fator que é fundamental para a segurança da rede além da mineração são os Nodes, que nos últimos 8 meses teriam 50% a menos de nós de rede ETH, de acordo com um Twitter de Marty Bent.

O momento em que a rede Ethereum se encontra é determinante para os próximos passos do desenvolvimento do ecossistema, principalmente com o crescimento de suas concorrentes diretas como EOS e Tron.

Os fatores estão pesados para a rede Ethereum, mas podem mudar para o bem com a nova atualização, que foi amplamente apoiada por várias exchanges. Além disso, no último dia 12 foi anunciado que alguns desenvolvedores ligados a rede, estão trabalhando próximos a Nvidia e AMD para resolver o problema com os mineradores.

O mercado aguarda os próximos dias com atenção, mas a semana se revela tensa para a comunidade desta cripto.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Uniswap dispara 270% com distribuição de 400 tokens por usuários

O valor total bloqueado (TVL – de Total Value Locked a inglês) na corretora descentralizada Uniswap disparou mais de 270%, de R$ 2.7 bilhões...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...

Tone Vays: “investir em DeFi é idiotice”

Em uma recente entrevista para o canal russo Forklog o famoso trader e defensor do Bitcoin Tony Vays, falou sobre como é investir no...

Últimas notícias

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...