Justiça deixa Leidimar Lopes da Unick cumprir prisão domiciliar

Leidimar Lopes ficará em casa, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, segundo Justiça

-

Siga no
Anúncio

Assim como Danter Silva e Marcos Kronhardt, o presidente da Unick Forex, Leidimar Lopes, também teve a prisão preventiva revogada por causa do coronavírus.

Desde o final da semana passada, ele cumpre prisão domiciliar, sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, segundo decisão a qual a reportagem do Livecoins teve acesso.

A determinação foi dada pela juíza federal Karine da Silva Cordeiro, da 7ª Vara Federal do Rio Grande do Sul, e foi uma resposta a um pedido de habeas corpus feito pelo escritório Nelson Wilians & Advogados Associados, que defende Lopes e a Unick Forex.

“(…) DEFIRO o cumprimento da prisão preventiva decretada em desfavor de LEIDIMAR BERNARDO LOPES, DANTER NAVAR DA SILVA e MARCOS SILVA KRONHARDT na forma de prisão domiciliar (…)”.

Saúde do prisioneiro é mais importante que ordem pública, diz juíza

Anúncio

A juíza federal Karine é a mesma que negou, no final de janeiro, um habeas corpus impetrado em nome de Lopes. Na época, ela falou que o fundador da Unick Forex não deveria deixar a cadeia porque poderia continuar a captar recursos de forma irregular e interferir na investigação.

Na decisão atual, a magistrada citou que, apesar de a manutenção da prisão preventiva ser a medida ideal, a saúde de Lopes – que sumiu com o dinheiro captado de forma ilegal de investidores da Unick – deve ser priorizada nesse momento.

“Não obstante considere que permanecem hígidos os fundamentos da prisão preventiva decretada em desfavor de Leidimar Lopes, tenho que, no caso concreto, dada a natureza dos crimes supostamente cometidos, aliada ao decurso do tempo de confinamento, a preservação à saúde (e à vida) deve se sobrepor ao acautelamento da ordem pública, da aplicação da lei penal e da instrução criminal buscada com a segregação cautelar em estabelecimento prisional”, disse em sua decisão.

Decisão foi baseada em recomendação do STJ

A juíza baseou sua decisão em recomendações do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que pediram para os magistrados reavaliarem prisões preventivas por causa da pandemia do Covid-19. Uma das sugestões, por exemplo, é colocar em regime domiciliar aqueles presos que cometeram crime sem uso de violência ou grave ameaça.

“As recomendações levam em conta, sobretudo, a manutenção da saúde das pessoas privadas de liberdade, assim como a segurança e a saúde pública de toda a população, uma vez que estabelecimentos prisionais são propícios a contaminações em grande escala, inclusive para fora do ambiente prisional, o que, se ocorrer, certamente sobrecarregará o sistema de saúde, com efeitos trágicos a todos”, disse a juíza federal.

Lopes entregou passaporte e não pode acessar internet

Além de prisão domiciliar, a Justiça também pediu para Lopes entregar seu passaporte e comparecer à Polícia Federal e à 7ª Vara Federal de Porto Alegre sempre que for solicitado.

Também o proibiu de manter contato com os “demais réus, testemunhas e qualquer pessoa relacionada aos fatos objeto da investigação e da ação penal”.

A Justiça ainda citou que Lopes está proibido de acessar a internet e não pode abrir contas em qualquer instituição do Sistema Financeiro Nacional.

Histórico da Unick

CVM Alerta sobre atuação irregular da Unick – Empresa prometia dobrar capital investido

Polícia Civil fecha escritório da Unick

Polícia Federal prende 12 líderes da Unick

Líderes da Unick promovem Moguro

Polícia Federal investiga 1.200 líderes da Unick

Ex funcionário da Unick revela informações sobre empresa

Danter solto sem pagar fiança

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Pacientes de psicoterapia sofrem extorsão de hackers

Em 2020, principalmente após a pandemia da COVID-19, muitas pessoas começaram a buscar serviços online. Para alguns pacientes de psicoterapia, que agora sofrem extorsão...

É animador o fato de autoridades brasileiras discutirem criptomoedas, diz OCDE

Para a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é animador o fato de as autoridades financeiras brasileiras discutirem a regulamentação das criptomoedas. Além disso,...

Meu Pé de Bitcoin é alvo de reclamações de clientes

A empresa Meu Pé de Bitcoin, com sede em Caruaru, no interior de Pernambuco tem sido acusada por clientes de não honrar com as...