25% dos pequenos negócios planejam aceitar criptomoedas, aponta Visa

Siga no
Cartão da Visa com moeda física de Bitcoin
Cartão da Visa com moeda física de Bitcoin

Uma pesquisa realizada pela Visa com 2.250 proprietários de pequenos negócios apontou que 25% deles desejam aceitar pagamentos com criptomoedas. O relatório foi publicado pela Reuters nesta quarta-feira (12).

No total, a pesquisa obteve dados de nove países em diversas regiões. Como destaque temos EUA, Canadá, Singapura e, é claro, o Brasil.

Esta é mais uma declaração muito positiva da empresa em relação ao Bitcoin. No mês passado a Visa já havia afirmado que “continuará apoiando as criptomoedas”. Isso é um bom sinal também para seus acionistas, afinal a empresa está com uma boa visão sobre o futuro da economia mundial.

Pessoas estão mais confortáveis com as criptomoedas

O recente aumento na popularização do Bitcoin, tanto por indivíduos quanto instituições, foi notado até mesmo pelo FMI nesta semana. Além dele, a Visa também está confiante no futuro deste setor, como aponta Jeni Mundy, responsável pelo setor de vendas e aquisições da empresa.

“Acho que mais pessoas estão se sentindo mais confiantes com criptomoedas”

Embora os Estados Unidos sejam o país com a maior atenção dada, a pesquisa da Visa aponta que apenas 19% dos pequenos negócios nos EUA estão interessados em criptomoedas.

Já no Brasil, e outros países como Emirados Árabes Unidos, Singapura e Hong Kong, este número sobe para cima de 30%. Ou seja, há um interesse global em moedas como o Bitcoin.

O país com o menor número de interessados foi o Canadá, com apenas 8 a cada 100 pequenos empreendedores dispostos a trabalhar com criptomoedas, talvez por conta da sua moeda ser melhor que o nosso real.

Visa está confiante nas criptomoedas

Embora as criptomoedas também funcionem como um sistema de pagamento, sendo um concorrente direto da Visa, a empresa parece estar querendo tomar as rédeas ao permitir que pessoas usem seus cartões para realizar compras com criptomoedas.

Em outro relatório, publicado em dezembro, a Visa afirmou que deseja atuar como um intermediário entre as criptomoedas e os mais de 80 milhões de comércios que trabalham com seus cartões.

Desta forma, o nosso ouro digital, o Bitcoin, pode funcionar como uma moeda sem depender totalmente de seu próprio sistema. Por fim, esperamos que estes pequenos comerciantes comecem a trabalhar logo com criptomoedas, afinal embora holdar seja bom, também é preciso gastar alguns satoshis de vez em quando.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.

Bitcoin dispara 10% após queda marcante

O Bitcoin surpreendeu com sua volatilidade de mercado e opera em alta de 10% nesta terça-feira (25), após várias quedas marcantes nos últimos dias....
Criptomoedas

5 criptomoedas para ficar de olho em 2022

O mercado de criptomoedas tem se mostrado cada vez mais promissor, cenário que deve se expandir ainda mais em 2022. À medida que esse...
Bitcoin sob pressão na Rússia, mineração, negociação, compra e venda

Além da Rússia, mais países pretendem banir o Bitcoin, diz minerador brasileiro

A mineração de Bitcoin poderá ser banida por mais países além da Rússia, segundo o minerador brasileiro Ray Nasser, CEO da Arthur Mining. No...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias