Bitcoin deu certo em El Salvador, diz Ministro da Fazenda

Moeda de Bitcoin ao lado de mapa focando em El Salvador.
Moeda de Bitcoin ao lado de mapa focando em El Salvador.

Quase um ano após El Salvador adotar o Bitcoin como moeda legal, seus resultados ainda parecem um mistério. Embora a adoção por salvadorenhos não tenha explodido, o Ministro da Fazenda afirma que isso é algo natural.

Como comparação, citou sites e negócios digitais, apontando que novas tecnologias levam tempo para serem aceitas. De qualquer forma, Alejandro Zelaya acredita que o Bitcoin esteja funcionando, mostrando que o plano segue vivo.

Em contraponto, vale lembrar que o país desistiu de lançar seus “títulos de Bitcoin” que tinham US$ 1 bilhão como meta de arrecadação. Entretanto, é possível que a ideia tenha sido apenas adiada.

Não ficaremos ricos da noite para o dia, diz ministro de El Salvador

Embora muitas pessoas tenham de fato ficado ricas rapidamente com as grandes valorizações do Bitcoin, El Salvador está presenciando um grande bear market logo em seu primeiro ano após adotar a criptomoeda.

Entretanto, Alejandro Zelaya, Ministro da Fazenda de El Salvador, está confiante com o futuro do Bitcoin, apontando que terá seu espaço assim como outras tecnologias.

“Não teremos resultados da noite para o dia. Não podemos dormir pobres e acordar milionários.”

“As novas tecnologias mostraram como as pessoas nos anos anteriores tinham medo de coisas como sites e negócios digitais,” declarou Zelaya à Bloomberg. “Mas foi demonstrado que a realidade se impõe ao longo do tempo.”

Tal pensamento pode ser visto em estudos que comparam o Bitcoin a outras tecnologias, como internet, smartphone e outros. Sendo assim, espera-se que o Bitcoin atinja a metade da população global nos próximos 14 anos.

Um dos motivos da lenta adoção, tanto em El Salvador quanto em outros países, é a dificuldade em entender os conceitos do Bitcoin. De qualquer forma, Zelaya crê que este futuro é inevitável.

“Para alguns, é algo novo e algo que eles não entendem inteiramente, mas é um fenômeno que existe e está ganhando espaço e continuará nos próximos anos.”

Títulos de Bitcoin ainda não sairam do papel

Chamados Bitcoin Bonds, títulos de Bitcoin ou Título Vulcão, estes consistiam um plano do país da América Central para arrecadar o equivalente a 1 bilhão de dólares para a construção da Bitcoin City.

Entretanto, o próprio Ministro da Fazenda anunciou o cancelamento do programa em maio deste ano. Como desculpa, citou a crise mundial e a queda do Bitcoin, notando que aquele não seria o melhor período para tal oferta.

Mesmo assim, Zelaya afirmou que a ideia ainda está de pé e que os títulos poderão ser ofertados no futuro. Por fim, a adoção do Bitcoin por El Salvador está sendo uma grande vitrine para que outros países sigam este modelo, portanto, sua responsabilidade é grande.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias