Elon Musk faz aniversário: relembre seu envolvimento com as criptomoedas

Enquanto alguns apontam que Elon Musk seja o herói das criptomoedas, outros tantos o rotulam como um vilão que só está buscando obter lucro sobre seus seguidores.

Elon Musk. Imagem: Pixabay
Elon Musk. Imagem: Pixabay

Completando 51 anos nesta terça-feira (28), Elon Musk é conhecido por empreender em diversos setores através de empresas como Tesla, SpaceX, Neuralink e SolarCity. Além disso, também tornou-se a pessoa mais rica do mundo e, quase ao mesmo tempo, começou a investir em criptomoedas.

Como presente de aniversário, Musk ultrapassou a marca de 100 milhões de seguidores no Twitter, mostrando a popularidade empreendedor que hoje é o sexto mais seguido nesta plataforma.

Entretanto, o bilionário não vive só de alegrias. Como exemplo, recentemente Musk foi processado por um investidor de Dogecoin (DOGE) que alega que Musk estaria promovendo um esquema de pirâmide com a criptomoeda. Entretanto, este é o mais recente capitulo de sua história, para entendê-la por completo, é preciso voltar ao início.

Em 2020, revelou possuir 0,25 BTC

Após explicar que a força do Bitcoin está ganhando reputação devido à emissão maciça de moedas fiduciárias, Elon Musk revelou, em 2020, que ainda possuía 0,25 BTC em sua carteira.

Tal fração de Bitcoin teria sido enviada para o bilionário há alguns anos por um amigo. Entretanto, parece não ter pesquisado o assunto a fundo, ignorando a criptomoeda por um longo período.

Acabou comprando

Já em dezembro de 2020, Elon Musk mostrou-se curioso sobre o Bitcoin após a MicroStrategy comprar 1,3 bilhão de dólares em BTC naquele ano, levantando rumores de que a Tesla poderia comprar a criptomoeda.

Após perceber o quão fácil era comprar Bitcoin para compor o caixa de sua empresa, a Tesla acabou comprando 1,5 bilhão de dólares em BTC em fevereiro de 2021. Até o momento, ela é a segunda empresa pública com o maior número de BTC em caixa, 42.902, atrás apenas da MicroStrategy, que possui 3 vezes mais.

Além disso, a Tesla começou a aceitar Bitcoin como forma de pagamento por seus carros elétricos, um grande reconhecimento de que o Bitcoin pode ser tanto uma reserva de valor quanto uma moeda.

Entretanto, ativistas ambientais pressionaram Elon Musk para não aceitar BTC devido ao alto consumo de energia da mineração, e o bilionário acabou cedendo. Com isso, criou-se um grande debate em relação ao tema.

Elon Musk e Satoshi Nakamoto

Outro ponto curioso é que muitas pessoas acreditam que Elon Musk seja Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin. Tal crença poderia estar baseada no envolvimento de Musk com o PayPal, ou por ser um empreendedor eclético.

Entretanto, Musk não só negou ser Satoshi Nakamoto como também deu sua opinião sobre quem poderia ser o criador do Bitcoin.

O amor pela Dogecoin

Embora tenha entrado no mundo das criptomoedas pelas finanças, Elon Musk parece ter ficado pelos memes. Afinal, seu maior número de menções no Twitter não é sobre o Bitcoin, e sim sobre a Dogecoin.

Seu envolvimento com a Doge parece ter começado como uma brincadeira, quando brincou ser o ex-CEO da Dogecoin. Entretanto, a piada ganho engajamento e fez o preço da criptomoeda disparar.

Desde então, Musk começou a publicar mais memes sobre a Doge e está sendo representado na Dogecoin Foundation pelo seu sócio Jared Birchall.

Apesar de o envolvimento de Elon Musk ter agradado muitos investidores da Doge, outros não acham graça alguma. Peter Schiff, por exemplo, acusou Musk de manipular o preço da Doge, assim como tantos outros que seguem o homem mais rico do mundo.

Elon Musk compra cão da raça Shiba Inu e criptomoeda dispara

Além da Dogecoin, Elon Musk ajudou a impulsionar outra criptomoeda meme, a Shiba Inu (SHIB). Após anunciar que estaria adotando um cão da raça Shiba Inu, a comunidade pensou que Musk estaria comprando a criptomoeda que leva o mesmo nome.

O impacto foi tanto que quem investiu 1 dólar em SHIB acabou vendo este valor se transformar em R$ 2 milhões em um ano. De qualquer forma, Musk continuou apoiando a Dogecoin e nunca deu muita atenção à Shiba.

Briga com fundador da Binance

O amor de Elon Musk pela Dogecoin parece tão grande que o bilionário chegou a arrumar confusão com Changpeng Zhao, fundador da Binance, devido a atrasos nos saques de DOGE.

Durante agressões nas redes sociais, Musk chamou Zhao de desonesto, que rapidamente respondeu com um artigo sobre uma falha de segurança nos carros da Tesla.

Por fim, a briga parece ter acabado tão rápido quanto começou e a Binance aliou-se a Musk durante a compra do Twitter, que, por sinal, ainda não está fechada.

Nem herói, nem vilão

Enquanto alguns apontam que Elon Musk seja o herói das criptomoedas, outros tantos o rotulam como um vilão que só está buscando obter lucro sobre seus seguidores.

A verdade é que Musk não é nenhum dos dois e sim apenas um investidor comum que aproveita e sofre com as oscilações do mercado. De qualquer forma, é melhor tê-lo como um apoiador do que como um crítico como outros bilionários são.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias