Monero não será incomodado pela SEC, afirma Riccardo Spagni

Moeda pode estar livre desta!

Siga no

Um dos líderes de desenvolvimento da criptomoeda Monero (XMR) é Riccardo Spagni. Este entusiasta afirmou que a SEC não irá incomodar o projeto.

A Securities and Exchange Commission (SEC) é o órgão dos EUA que fiscaliza ativos financeiros. A opinião deste órgão pode impactar alguns projetos, principalmente os que poderiam ser considerados “ações”.

Mas para Riccardo Spagni, a SEC nunca irá atrapalhar o desenvolvimento da Monero (XMR). Essa crença é baseada no fato que essa moeda nunca teve um financiamento inicial, processo conhecido como ICO.

Monero é uma criptomoeda descentralizada

O lançamento da criptomoeda XMR no mercado mundial seguiu os mesmos trâmites que o Bitcoin (BTC). Isso porque essa moeda, desde o seu primeiro bloco, é minerada por sua comunidade.

Tal forma de lançamento impede que a moeda, pelo menos teoricamente, se enquadre como um ativo. A Monero não teve um financiamento coletivo em seu processo, e nem pré-vendas.

Finalmente, na visão de Riccardo, a SEC não poderia intervir no projeto uma vez que este não possui nenhuma característica que o impede.

A SEC já se posicionou, ainda que de forma informal, contra a crença de que o Ethereum (ETH) seja um ativo. Diferente do Monero, o Ethereum passou por um processo de financiamento inicial.

Monero é uma criptomoeda privada

Apesar da crença de que a SEC não poderia intervir no desenvolvimento deste projeto, outras situações ainda existem. Vários países têm estado de olho em projetos de criptomoedas que trabalham com transações privadas.

O Bitcoin é uma moeda anônima, mas ainda sim pode ter suas transações rastreadas por alguém com tal interesse. Isso é claro, se quem utiliza a moeda não tomar cuidados extras.

Entretanto, criptomoedas como a Monero, Zcash (ZEC), Dash (DASH), entre outras, possuem formas de transações privadas. Isso já se dá pelo protocolo das moedas, o que dificulta o rastreio de terceiros.

Países como o Japão, Índia, e outros mais, não gostam de tais projetos. Isso poderia impactar, por exemplo, a listagem dos mesmos em corretoras (exchanges).

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Dono da maior corretora de criptomoedas da Rússia é preso

Dmitry Vasiliev, ex-CEO e fundador da exchange de criptomoedas da Rússia, Wex, foi preso no começo de agosto pela Interpol e levado para um...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Mais de 60 corretoras de bitcoin deixarão de funcionar na Coreia do Sul

A Comissão de Serviços Financeiros (FSC) da Coreia do Sul, como muitas outras jurisdições, está aumentando o cerco regulatório em relação as corretoras do...
Gráfico de preço da Cardano em alta

99% dos contratos inteligentes da Cardano continuam inativos

A atualização da rede Cardano para que ela passasse a ter contratos inteligentes foi um dos momentos mais aguardados pelos investidores da moeda digital....

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias